(32) 3061-1694

O trabalhador autônomo ganha cada vez mais espaço com a tecnologia. Um ótimo exemplo desse crescimento é o serviço de delivery de comida. Se antes era necessário ser contratado por um restaurante para ser um entregador, hoje, com um aplicativo de celular, o motoboy pode atender diversos estabelecimentos em um só dia, montando sua própria rotina de trabalho.

As mais diversas profissões, ainda que em nada ligadas à tecnologia, foram impactadas pelas possibilidades da internet. Um encanador, por exemplo, não precisa de aplicativo ou 4G para colocar a mão na massa e trabalhar, certo? Mas ele também poderá usar as redes sociais para aumentar o seu público-alvo e chegar mais facilmente aos possíveis clientes! Ou seja, são inúmeras as possibilidades para quem quer trabalhar por conta própria hoje. 

Preciso de muito investimento para trabalhar por conta própria?

Trabalhar de casa ou ser um profissional autônomo prestador de serviço pode demandar um investimento financeiro bem menor do que efetivamente abrir um negócio. Mas, independentemente do ramo escolhido, será preciso desembolsar uma quantia para comprar matéria-prima, ferramentas, equipamentos e até mesmo para investir em propaganda. 

O valor vai depender do que você escolher fazer, claro. Mas alguns custos e despesas são válidos para quase todas as ideias para trabalhar por conta própria, como o dinheiro para deslocamento, seja carro particular ou transporte público. E, caso você não precise sair de casa para atender os clientes, deverá colocar no papel o que pagará a mais na conta de energia elétrica e gás, caso escolha entrar no ramo alimentício. 

A rotina e o planejamento na hora de trabalhar de casa

Não é possível falar sobre trabalhar por conta própria sem citar as responsabilidades dessa escolha. Se muitas vezes pensamos apenas nos pontos positivos, como ser o seu próprio patrão e ter horários flexíveis, é preciso lembrar que as contas também serão sua responsabilidade quando estiverem no vermelho e ninguém além de você, profissional autônomo, será responsável por conquistar novos clientes e manter as vendas! 

Para quem vai trabalhar de casa é ainda mais importante planejar as horas de trabalho e separar os momentos dedicados à rotina pessoal da rotina profissional. O ambiente caseiro é cheio de possíveis distrações, ainda mais para quem trabalha sozinho. Monte uma rotina e lembre-se que a baixa produtividade afetará o seu próprio orçamento. 

A importância da propaganda para o profissional autônomo

Qualquer uma das ideias para trabalhar por conta própria precisam ser bem divulgadas. Não se esqueça que você não será contratado de uma empresa responsável por chegar até os clientes, você será a própria empresa e deverá encontrar caminhos de conquistar os consumidores. Desta forma, é importante dedicar um tempo para as redes sociais, onde é possível montar uma espécie de vitrine dos seus produtos ou serviços.

Além disso, ao trabalhar por conta própria também é preciso cuidar da satisfação dos clientes, porque eles serão responsáveis pelas boas recomendações do seu trabalho para outros possíveis clientes. Quem faz um excelente serviço pode pedir sem medo para que os consumidores deixem comentários na internet para que mais pessoas tenham acesso à recomendação. 

Preciso estudar ou me especializar para trabalhar por conta própria?

A resposta para essa pergunta parece óbvia, mas nem sempre sua importância é considerada. Na correria do dia a dia daquele que escolhe trabalhar por conta própria, às vezes não é possível pensar em se tornar ainda melhor naquilo faz, já que a mesma pessoa será responsável não apenas pela execução do serviço ou produção do produto, como também pelo seu controle financeiro, trabalho de divulgação e atendimento ao cliente. 

Estudar ou se especializar em uma área é uma forma de trazer inovação para os consumidores e se manter firme no mercado escolhido. Por exemplo: ao decidir trabalhar por conta própria com o ramo de alimentação, é preciso não ficar para trás nas novidades do setor. Se você já é uma ótima cozinheira de pratos salgados, por que não investir em melhorar os seus doces para aumentar o portfólio e conseguir mais clientes? 

Não sabe por onde começar? Separamos 23 ideias para trabalhar por conta própria. Escolha aquela que melhor se encaixar com o seu perfil ou com a sua profissão: 

  • Manutenção e mão de obra

Você tem habilidades nas áreas de conserto, reparação ou melhoria da casa? Então foque no público que mora sozinho e que não tem tempo ou aptidão para fazer coisas básicas, como trocar a resistência do chuveiro, pendurar uma nova cortina ou instalar quadros na casa.

  • Eletricista

O profissional eletricista autônomo muitas vezes já teve experiências em empresas antes de decidir ser seu próprio chefe. É preciso colocar na conta os custos com a matéria-prima, equipamentos e ferramentas necessárias para trabalhar por conta. Invista também em um cartão de visitas. Além de entregá-los para os clientes, faça parceria com lojas de materiais de construção, por exemplo, e deixe algumas unidades no local. 

  • Encanador

Assim como o profissional eletricista, é possível ser um encanador autônomo. Você poderá atender tanto clientes pessoa física quanto empresas, caso tenha seja formalizado como um Microempreendedor Individual, por exemplo, e consiga emitir nota fiscal. A forma de cobrar pelo serviço prestado pode ser pela demanda inteira ou por horas de execução. 

  • Pintor

Ainda dentro da categoria de conserto e manutenção de imóveis, o pintor de paredes pode ser solicitado tanto em obras gerais quanto para atender um pedido único, como a pintura de apenas um cômodo. Você pode ser um pintor de residências ou também prestar serviços para empresas. 

  • Pedreiro

É comum contratar um pedreiro autônomo. Esse profissional, na maioria das vezes, não arcará com os custos de materiais e ferramentas, mas poderá ter de levar seus próprios objetos de segurança pessoal. As formas de pagamento podem ser por dia ou por toda a empreitada. 

  • Marmitas

Existem muitas ideias para trabalhar por conta própria com comida sem abrir um restaurante. A alimentação é um ponto de atenção cada vez maior para as pessoas que buscam uma vida saudável. Nem todo mundo, porém, tem tempo de fazer aquela comidinha caseira, e é aí que o profissional autônomo pode atuar. As marmitas são porções individuais suficientes para uma refeição, que podem ser vendidas congeladas e em combos semanais ou mensais!  

  • Comida fit

A marmitinha de quem quer perder peso pode ser um setor próprio para explorar. Vender porções com pouco carboidrato, focadas em alimentos com poucas calorias, também é uma ótima ideia para quem quer trabalhar por conta própria e em casa. Também é possível adaptar um cardápio de acordo com a escolha do cliente! 

  • Comida para pets

O mercado de pets não para de crescer no Brasil e a alimentação dos bichinhos também é uma preocupação dos donos que não querem oferecer apenas rações. Por isso, o setor de comidas para animais domésticos pode ser uma boa ideia para quem quer trabalhar por conta própria. Pesquise as opções que já existem no mercado e também sobre a clientela próxima.

  • Bufê para eventos

Para quem já tem uma estrutura maior, servir refeições para eventos pode ser um bom negócio para trabalhar por conta própria. Note que, como a quantidade de comida costuma ser grande, é preciso ter utensílios que atendam as necessidades de cada cliente!

  • Doces e salgados para festas

Receber encomendas de salgadinhos e docinhos para festas pode render uma grana extra para quem sabe fazer essas guloseimas e até ser um ótimo trabalho para quem quer se virar por conta própria. A diferença é que, caso seja apenas uma maneira de ganhar um dinheiro a mais no fim do mês, não é preciso se preocupar muito com a periodicidade dos pedidos. Já se for seu trabalho principal, pense em oferecer as receitas para bares e restaurantes para não ficar refém das festinhas. 

  • Bolos caseiros

Bolo simples, recheado, com muita cobertura, com desenho, para festa, para café da tarde, para receber uma visita… Os bolos caseiros atendem situações muito diferentes! Se você tem experiência nas massas, pode ter um negócio para trabalhar em casa. Além de receber encomendas também é possível vender as receitas para estabelecimentos como mercadinhos de bairro, bares e cafés. 

  •  Doces personalizados

Muitos docinhos são usados como parte da decoração de festas. É possível fazer diferentes tipos de doces personalizados para cada cliente enfeitar a mesa, como cupcake, biscoitos e pirulitos! 

  • Desenvolvedor de sites e softwares

Ter seu próprio site hoje em dia é algo muito comum e até necessário para empresas e outros profissionais. Se você tem algum conhecimento em programação, pode prestar serviço como autônomo para montar as páginas dos clientes ou fazer softwares para essas empresas. Caso goste da área mas nunca tenha estudado, procure por oportunidades de estudo. Muitas empresas estão formando profissionais para atender a crescente demanda do mercado. 

  • Produtor de conteúdo

Os profissionais da área de jornalismo ou publicidade e propaganda conseguem trabalhar por conta própria em casa produzindo conteúdo para agências, revistas e empresas. Isso porque, hoje, essas empresas também focam na produção de textos e vídeos como forma de atrair mais público. Cursos online de branded content, redação e de marketing digital podem te ajudar a engatar a carreira. 

  • Designer gráfico

Quem trabalha com artes gráficas também consegue facilmente trabalhar por conta própria. Com um notebook com acesso à internet é possível criar produtos como layouts, cartazes, folders para os mais diferentes clientes. Plataformas como a 99Freelas podem ajudar na busca pelos primeiros projetos. 

  • Fotógrafo

O fotógrafo é um profissional que, muitas vezes, se desloca até a casa do cliente ou vai até uma locação para fazer os cliques. Por isso, ter um estúdio próprio não é indispensável. Essa é uma das ideias para trabalhar por conta própria que podem começar com um investimento médio, uma vez que os equipamentos não são muito baratos, mas que reserva uma boa remuneração para quem consegue se destacar no mercado. 

  • Professor particular

Ensinar é um dom que muitas pessoas têm, ainda que não tenham seguido uma carreira acadêmica para ser professor. Se você está em busca de uma opção para trabalhar por conta própria e tem uma habilidade que outras pessoas gostariam de ter – e pagariam para adquirir esse conhecimento, essa é uma boa oportunidade. Aqui cabem diversas matérias: de ensinar conteúdos do ensino médio como forma de reforço escolar até dar aulas de programação de computadores, línguas ou de ioga. 

  • Cabeleireiro

Embora a primeira imagem que apareça na cabeça quando pensamos em cabeleireiros é um salão de beleza, a profissão também pode ser executada por um profissional autônomo que não tem um espaço próprio. Com portfólio, boa divulgação e boca a boca dos clientes, é possível atender ocasiões especiais, como casamentos, festas de aniversários e eventos corporativos. Lembre-se que é preciso ter o material necessário para fazer o atendimento!

  • Manicure

Assim como o cabeleireiro, a pessoa manicure também não precisa necessariamente ter um salão para abraçar a ideia de trabalhar por conta própria fazendo as unhas dos clientes. É possível trabalhar em casa ou ir até a casa dos consumidores. Invista na divulgação do seu negócio e no feedback dos clientes que já conhecem o seu trabalho!

  • Passeador de cachorros

Em um país onde o crescimento do mercado pet é uma realidade, aqueles que gostam de cachorros e outros animais e querem trabalhar por conta própria podem oferecer o serviço de passeador ou cuidador. Para quem consegue receber um pet em casa para cuidar por uns dias, plataformas como a DogHero ajudam na conexão com os donos dos pets.

  • Consultor ou revendedor

Entre as ideias para trabalhar por conta própria, a categoria de revenda e consultoria de produtos é muito atrativa. Na SumUp, por exemplo, os consultores podem fazer as vendas 100% online, com um link para os clientes comprarem. Além de poder trabalhar em casa, o investimento inicial para ser um representante de venda costuma ser baixo.

  • Entregador de aplicativo

Plataformas como Ifood, UberEats e Rappi permitem que os profissionais autônomos façam entregas de comidas (e outras coisas no caso do Rappi) montando o seu próprio horário de trabalho. Com carro, moto ou bicicleta é possível atender diversos restaurantes na região que preferir. 

  • Motorista de aplicativo

Também é possível ganhar dinheiro com aplicativos de celular sendo motorista particular com a Uber e a 99, por exemplo. Para trabalhar por conta própria com esse tipo de serviço é preciso ter carteira de motorista válida e habilitar a opção de trabalho remunerado com o carro.

E você? Já trabalha por conta própria? Conte para nós a sua experiência!

Fonte: https://www.donodonegocio.com.br/comece-o-sonho/23-ideias-para-trabalhar-por-conta-propria/

Comentários

comentários

Share This