(32) 3061-1694

Artigo escrito por Henrique Carvalho, fundador do site Viver de Blog.

Você não precisa reinventar a roda para construir todo o seu caminho do zero.

Leia esse conteúdo como um guia. Como um seguro para você acionar assim que perceber que está caindo em um desses 3 erros.

E, em caso de emergência, “quebre o vidro” e use as 3 lições que aprendi na marra cometendo esses 3 erros ao longo de quase uma década no mundo online.

E você pode ter certeza:

Você não está sozinho.

Cometi todos esses erros ao longo da minha jornada como empreendedor…

… e como mentor direto de mais de 150 pessoas, esses erros ficam claros como a água.

Erro #1: Não Criar Conteúdos com Consistência…

  • Com mais de 3.8 bilhões de pessoas usando a internet…
  • Com 1.3 bilhão de sites criados…
  • Com 5.4 bilhões de pesquisa todos os dias no Google…
  • Com 6.1 bilhões de vídeos visualizados no Youtube…
  • E mais de 2 bilhões de usuários ativos no Facebook…

Você pode imaginar que a competição por atenção na internet é muito acirrada.

Porém, esse pensamento é como o copo de água pela metade:

Ele está metade cheio ou metade vazio?

Depende de como você enxerga…

Hoje em dia você não precisa da permissão das grandes mídias, como emissoras de TV e Rádio, para atingir seu público com conteúdos personalizados.

Tudo o que você precisa já está em suas mãos.

Pelo blog, uma lista de e-mail e redes sociais populares como Facebook, Youtube e Instagram, você tem a garantia de que seu público está ali presente.

E seu trabalho agora é criar conteúdos memoráveis para eles.

O conteúdo que você cria é com um feixe de luz no meio da escuridão.

Os passos a seguir são muito simples:

  1. Criar conteúdos para ganhar visibilidade.
  2. Com mais visibilidade, você se torna referência, autoridade.
  3. Com mais autoridade, você consegue vender muito mais facilmente seus produtos e serviços.

Agora… produzir conteúdos de qualidade e gerar valor para sua audiência requer consistência.

Pois, da mesma forma que sua audiência descobriu você pela iluminação dos conteúdos, ela pode esquecer você nas profundezas da escuridão no momento que você parar completamente de gerar valor para eles.

Vamos ver esse exemplo pessoal:

Em 2015, o Viver de Blog ficou sem novas publicações por 2 meses.

O resultado?

Dá uma olhada nesse gráfico:

grafico-com-queda-trafego

Uma queda brutal no número de sessões no blog.

Esse foi um aprendizado muito importante. Não imaginava que a perda seria tão dolorosa como foi.

E a recuperação após esse período se provou ainda mais difícil.

Imagine que você tenha 100 mil reais investidos e você perde 50% desse valor, ficando somente com 50 mil.

Qual o percentual você precisa ganhar para recuperar o seu dinheiro?

Se você respondeu 50%, veja que metade de 50 mil é 25 mil.

Ainda faltam outros 25 mil para chegar no valor total.

A resposta correta é 100%.

Ou seja, você precisa dobrar seus resultados.

Ao criar conteúdos, a realidade é semelhante.

Você desce de elevador quando perde consistência, mas sobe de escada para ganhar novamente a atenção da sua audiência.

É por esse motivo que reforço conceitos como o calendário editorial de postagens: uma sequência clara de quando, o que e como você posta conteúdos em diversas mídias.

Mesmo se você acreditar que sua audiência ainda é pequena, mantenha a consistência a todo custo.

Os resultados vão aparecer e daqui a 6 meses você vai me agradecer por ter lido essa lição hoje.

Erro #2: Criar e Vender 1 Único Produto ao Longo de Vários Anos…

Empreendedores experientes sabem que seu faturamento aumenta drasticamente quando você vende novos produtos para clientes antigos.

A lógica é simples:

Segundo Philip Kotler, o custo de aquisição de um novo cliente é 5 a 7 vezes mais caro em relação ao custo de aquisição para uma base já existente de clientes.

Logo, se você tem apenas um produto ou um serviço para oferecer, você está gastando, em média, 5 a 7 vezes mais tempo e dinheiro para crescer.

Quem já fez uso, pelo menos uma vez, de um upsell sabe o que estou falando.

Fazer uma segunda oferta logo após a compra do primeiro produto/serviço tem uma conversão média de 20%.

Em nossas campanhas, conseguimos uma taxa média de 28.11% para o primeiro upsell e 28,85% para o segundo upsell.

Portanto, se você vende apenas um produto ou serviço para sua audiência, você não aproveita o poder do upsell (compra seguida de nova oferta) e do cross-sell (nova oferta de um produto semelhante ao já adquirido).

Por muito tempo eu acreditava que ter um único produto era importante para ter foco.

Porém, você não deve ficar preso à maneira que você começou a gerar receita com seu negócio.

Desenvolver um ecossistema de produtos é o que irá garantir uma lucratividade muito maior para sua empresa.

O ideal é você montar progressivamente esse caminho.

Comece com 2 ofertas e, com o tempo, vá crescendo para ter cinco, sete, dez…

Até o ponto em que você consiga atender muito bem todos os pontos de necessidade do seu cliente.

Erro #3: Querer Fazer Tudo Sozinho (O Mito do Empreendedor)…

No início da jornada como empreendedor, achamos que sabemos fazer tudo sozinho, principalmente quando estamos dando os primeiros passos.

Mas querer fazer tudo sozinho pode trazer um problema invisível para você.

Uma pedra desconfortável no seu sapato.

Consequências como:

  • Sobrecarga de trabalho. Mais stress na sua vida.
  • Desenvolvimento de habilidades que não geram crescimento rápido para sua empresa.
  • Tempo perdido com o aprendizado de tarefas que você irá executar apenas uma única vez no trabalho.

Então, você demora demais para contratar pessoas para te ajudar na empresa.

Demora essa que está ligada à diversos pensamentos (limitantes) como:

“Eu faço mais rápido, então faço sozinho mesmo”.

“Eu faço melhor, então faço sozinho mesmo”.

“Eu gosto de fazer essa tarefa, então faço sozinho mesmo”.

“Não confio em alguém para fazer isso, então faço sozinho mesmo”.

“Demora muito tempo pra explicar a tarefa, então faço sozinho mesmo”.

“Eu vou ter que conferir a entrega da tarefa, então faço sozinho mesmo”.

“Eu nem sei como fazer a tarefa, como vou delegar pra alguém?”

“Eu tenho medo de não ter dinheiro para conseguir pagar essa pessoa.”

“Eu não quero ferir os sentimentos de outra pessoa precisando demitir ela no futuro.”

Você se identificou com esses pensamentos?

Quanto mais tempo você demorar para delegar uma tarefa que não é prioridade para você na sua empresa, mais tempo você levará para crescer.

teoria de prioridade operacional (Louis Allen)

Ok Henrique, mas o que deveria ser uma prioridade para mim na empresa?

Seguinte: olhe para as tarefas que você faz hoje.

Faça numa planilha (ou papel) as 4 seguintes colunas:

  1. Descrição da Tarefa.
  2. O quanto gosto de fazer essa tarefa?
  3. O quanto essa tarefa é importante para o crescimento da empresa?
  4. O quanto sou bom em fazer essa tarefa?

Em seguida, dê uma nota de 1 a 4 para cada uma das três perguntas.

Some tudo e veja quais são as tarefas com menor nota.

Essas são as tarefas que você deve delegar.

Então, Se Você Deseja Prosperar no Mundo Online…

Hoje são 3.8 bilhões de pessoas conectadas a Internet.

E dentre os nichos que mais pegam uma fatia enorme do faturamento vindo desse alto volume de transações por pessoa, temos o mercado de educação online.

Estamos falando de um mercado de $165 bilhões.

Hoje é extremamente simples vender a sua paixão, a sua grande habilidade no formato de cursos online.

Estou nesse caminho desde quando praticamente ninguém estava presente nesse mercado.

Vi todas as fases de desenvolvimento dele e acredito fortemente que ainda há muito espaço para crescer.

Porém…

O formato de entrega desses cursos parece ter parado no tempo.

E, por conta disso, a maioria dos produtores digitais sofrem com um grande problema: desistência e desengajamento dos alunos em seus cursos.

De acordo com papers da Universidade de Warwick e da Open University na Inglaterra, menos de 13% das pessoas que compram cursos online assistem as aulas até o final.

O motivo principal?

Uma péssima experiência de entrega online.

As reclamações mais comuns, segundo pesquisas, são:

  • A plataforma é confusa para mexer.
  • Não consigo navegar facilmente entre módulos e aulas.
  • A aula é somente em vídeo e não possui materiais complementares como áudio e PDFs.
  • Se compro dois cursos do mesmo produtor preciso entrar em 2 áreas de membro diferentes, com login e senhas diferentes.
  • Não há nenhuma interatividade como avaliação das aulas para eu passar meu feedback para o produtor.
  • Não tenho estimativa de quando as aulas serão liberadas, nem quando um webinário será realizado.

Certamente você concorda com um ou mais destas reclamações em algum momento.

Muito se investe no marketing para vender cursos e pouco se investe na experiência de entrega do curso.

Sempre procurei sonhar alto com os pés no chão e sabia da importância de oferecer uma entrega que fosse de fato personalizada.

É por esse motivo que desde 2016 eu já investi mais de 300 mil reais numa plataforma própria de educação online.

Uma área de membros que fosse simples de usar, linda do ponto de vista de design (UX/UI) e que tivesse recursos que facilitem o dono do curso entender onde ele precisa trabalhar para melhorar sua entrega.

Assim nasceu o Apollo, a área de membros (plataforma EAD) da Viver de Blog, para transformar o ensino a distância com a inteligência do time de Experiência de Aprendizado, o design incrível da equipe de Criação e a precisão cirúrgica em cada detalhe da equipe de Desenvolvimento.

plataforma apollo Viver de Blog

E de lá pra cá, consegui crescer ainda mais o meu negócio melhorando a experiência de entrega dos meus cursos.

Diminui a taxa de cancelamento.

Aumentei a taxa de conclusão do curso o que proporciona mais prova social, mais indicações e aumento das vendas de cross sell.

E isso só foi possível com a ajuda de várias ferramentas importantes do Apollo para que fosse possível equilibrar a balança de vendas e entrega e crescer o seu negócio a partir dos alunos que já existem, como:

Cursos Ilimitados. Não limitamos sua criatividade.

Alunos Ilimitados. Sua comunidade. Pequena ou grande, nos seus próprios termos.

Vitrine de Cursos. Sua área de membros unificada. Dê adeus às ilhas de cursos, separados no nascimento.

Acessos personalizados. Dê permissão aos seus alunos somente para o que você decidir.

Várias turmas para o mesmo curso. Pare de duplicar cursos e duplicar seu trabalho.

Entrega de Conteúdo Programável e Automatizada. Não dependa de alarmes e calendários para esse controle.

Plataforma 100% White Label. Use nossa tecnologia com total controle sem ser forçado a exibir botões e logos de quem a desenvolveu. Seus cursos. Suas regras.

Tecnologia SmartManager VDB. Use nossos sistema inteligente de Tags para gerenciamento de acessos e permissões.

Métricas. Descubra o engajamento das suas aulas e cursos.

Afinal, o Apollo é uma plataforma profissional de produtores de conteúdos para produtores de conteúdos.

Sobre o autor: Henrique Carvalho é fundador do site Viver de Blog. Tem como missão mostrar o universo de blogs como um negócio digital, transformando milhares de pessoas através de dicas práticas com infográficos, ebooks e guias completos.

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/licoes-do-mundo-online/

Comentários

comentários

Share This