(32) 3061-1694

Você tem o costume de monitorar a concorrência? Sabe o que as outras marcas ou empreendedores que atuam no seu nicho de mercado estão fazendo?

Se você respondeu não para alguma dessas perguntas, sentimos muito, mas está está perdendo grandes oportunidades de negócios.

Monitorar os concorrentes é uma atividade muito importante para manter a competitividade de uma marca. A ideia aqui não é espionar os outros negócios, mas ficar por dentro das tendências de mercado, observar como o público reage e gerar insights que vão ajudar a otimizar suas estratégias.

Quer aprender a analisar a sua concorrência e descobrir maneiras de se destacar no seu segmento? Então confira as dicas que separamos para você neste texto!

Por que monitorar a concorrência

Hoje em dia, todo empreendedor estar um passo à frente das mudanças do mercado em que atua. Dessa maneira, você consegue acompanhar e se adaptar às transformações e o desenvolvimento do seu nicho.

E quando lembramos que, por causa da transformação digital, essas mudanças acontecem com muita velocidade, acompanhar as tendências de mercado é ainda mais fundamental.

Uma maneira de fazer isso é acompanhar o que os negócios concorrentes estão fazendo. Desse jeito, você identifica quais os produtos e serviços eles oferecem, se antecipa aos seus lançamentos e fica de olho em suas estratégias de marketing e vendas.

Ao reunir informações dos seus concorrentes, fica mais fácil descobrir brechas para atuar e oferecer produtos e serviços diferenciados, fazendo com que seu negócio fique mais competitivo.

Mas como acompanhar o que os outros negócios estão fazendo da maneira certa? É o que veremos a seguir.

Dicas para monitorar concorrentes do jeito certo

Você já entendeu que monitorar a concorrência é uma estratégia essencial para o crescimento do seu negócio. Mas como fazer isso na prática?

Bem, graças à internet, reunir informações sobre os negócios concorrentes ficou muito mais fácil.

Basta uma rápida pesquisa no Google para encontrar o site de qualquer marca, suas redes sociais e até blogs que falam bem ou mal dos produtos e serviços que ela oferece.

Só que tanta informação disponível, fica difícil separar o que é útil ou não para a sua estratégia. Quando você sabe quais dados são realmente relevantes, consegue otimizar o seu tempo.

Pensando nisso, separamos algumas dicas que vão ajudar você a acompanhar a concorrência com mais eficiência.

Confira:

Faça as perguntas certas

Antes de buscar pelo nome do seu concorrente na internet, você precisa elaborar as perguntas certas.

Como já explicamos, nem toda informação é verdadeiramente relevante para o seu negócio. Assim, é preciso coletar e analisar apenas os dados que ajudarem a melhorar os seus produtos e serviços.

Imagine que o seu concorrente tem um canal de sucesso no YouTube, porém um site desatualizado. Nesse caso, seu foco deve ser descobrir quais as estratégias que ele aplica no YouTube.

2. Analise os canais de comunicação dos concorrentes

Analisar o website do concorrente é uma ótima maneira de entender como eles se relacionam com o público.

Que tipo de conteúdo eles postam? Com que frequência? O site é responsivo?

Essas são perguntas que podem te ajudar a ter insights para melhorar o seu site e oferecer uma experiência mais completa para o seu usuário.

Outra opção é identificar os pontos positivos e negativos do site do seu concorrente para entender se voCê consegue adaptá-los para o seu negócio.

Vale lembrar que adaptar não é o mesmo que copiar ou plagiar. Todas as suas ações devem ser pautadas pelos interesses da sua persona e pelo porte do seu negócio.

Monitore redes sociais

Outro lugar para ficar de olho na concorrência são as redes sociais. Lá, você consegue conferir em primeira mão o tipo de discurso que o seu concorrente usa para vender e se comunicar com o público. Além disso, esse canal revela a percepção dos usuários sobre a marca, entre outros fatores.

A dica para otimizar essa análise é criar uma tabela (pode ser no Excel ou em arquivos na nuvem) para listar o nome de todos os concorrentes e o endereço do perfil ativo em cada uma delas.

Você pode começar pelo Facebook, que é a rede social com mais usuários no mundo. Em seguida, acompanhe perfis em outras plataformas, como YouTube, Twitter e Instagram, dando prioridade para aquelas com maior número de clientes em potencial.

Para identificar o nível de influência do seu concorrente, você pode usar o Klout. Trata-se de uma ferramenta que cruza as informações de diversas redes sociais e dá um valor de 0 a 100 ao perfil com base no engajamento dos usuários.

Ou seja, não adianta uma página ter milhões de seguidores se apenas uma pequena fatia dessas pessoas interage com a marca.

Foque nos concorrentes que você quer superar

Pode parecer óbvio, mas o processo de monitorar a concorrência consiste em encontrar meios de superar empreendedores e negócios que vendem 

Se você se preocupar em acompanhar todas as empresas que vendem produtos parecidos com o seu, não vai sobrar tempo para administrar o seu próprio negócio.

Portanto, tenha foco e determine quais são os concorrentes que oferecem um produto com alto padrão de qualidade, que te inspiram ou que você quer superar.

Faça uma pesquisa de palavras-chave e descubra quem são os 10 primeiros colocados para os termos que você quer ranquear,

São esses os sites que você precisa acompanhar de perto para descobrir as estratégias mais funcionam para o seu negócio.

Dica: Quanto mais específica for a sua palavra-chave, menor a concorrência e, portanto, mais fácil será liderar as buscas. Assim, evite termos muito vagos na hora de fazer sua pesquisa.

“Fotografia”, por exemplo, é uma palavra-chave bastante ampla e muito concorrida. Isso significa que os sites que aparecem nos primeiros lugares das buscas são domínios consolidados e com muita autoridade.

Por sua vez, o termo “fotografia subaquática” é mais específico. Assim, a concorrência é menor e é mais fácil liderar as buscas.

Inscreva-se para receber conteúdo do seu concorrente

Para saber como os seus principais concorrentes se relacionam com o público, uma super dica é acompanhar os conteúdos que eles oferecem para a base de leads.

Você pode, por exemplo, se inscrever na newsletter dessas marcas e até entrar em contato com a equipe de suporte e interagir nas redes sociais.

Essas interações vão ajudar você a entender como os concorrentes nutrem o relacionamento com os consumidores, além dos tópicos e tom de voz que agradam o público-alvo.

Registre os dados

Monitorar a concorrência não pode ser algo pontual. Esse é um trabalho que deve ser realizado periodicamente, principalmente no mercado de produtos digitais, onde as coisas mudam em um piscar de olhos.

Mas não basta só conferir esses dados periodicamente. É preciso usar com inteligência todas as informações coletadas para elaborar um plano de ação e otimizar o seu negócio.

Por isso, registre os dados (pode ser em uma planilha ou documento de texto) e use as informações para gerar insights relevantes.

Melhores ferramentas para monitorar a concorrência

Se você chegou até aqui, já entendeu porque precisa monitorar os concorrentes e como fazer isso do jeito certo.

E provavelmente, deve estar se preocupando com a quantidade de trabalho que terá pela frente, certo?

Mas pode ficar tranquilo, você não vai precisar coletar todos esses dados manualmente. Existem diversas ferramentas que farão o trabalho duro por você,

Vale lembrar que a maioria delas oferece versões gratuitas, porém limitadas. Para ter acesso a todas as funcionalidades e coletar mais dados, é preciso adquirir uma licença.

Sem mais delongas, confira abaixo 7 ferramentas para monitorar a concorrência:

1. Google Alerts

Google Alerts é uma ferramenta que permite receber relatórios diretamente em seu e-mail sempre que um determinado termo for citado na internet.

Ou seja, você pode criar um alerta com o nome de um corrente. Assim, sempre que essa marca for citada na internet, seja em texto ou link, você receberá um alerta em sua caixa de entrada.

Além disso, o Google Alerts também permite:

  • descobrir em quais canais os seus concorrentes estão sendo citados na internet;
  • monitorar palavras-chave estratégicas para o seu nicho de mercado;
  • acompanhar as menções feitas à sua marca, inclusive reclamações
monitorar a concorrência - google alerts

2. SEMrush

Nossa segunda sugestão de ferramenta para monitorar a concorrência é o SEMrush. Ela é uma das favoritas dos profissionais de marketing digital, já que oferece uma série de relatórios e insights muito úteis.

Você pode, por exemplo, digitar uma palavra-chave e obter um relatório completo sobre o volume de busca, tráfego e principais sites que ranqueiam para esse termo.

Além disso, é possível digitar a URL de um concorrente para acessar uma série de informações sobre ele, como as palavras-chave para as quais ele ranqueia, quantidade de backlinks que ele possui, entre outros dados relevantes.

Outra função interessante que o SEMrush oferece é a descoberta de concorrentes com base nas palavras-chave que o seu site utiliza.

3. Moz

Moz é uma plataforma de marketing digital focada em soluções e melhorias para o site do usuário. Mas apesar disso, ela também possui algumas funcionalidades que podem ser utilizadas para monitorar negócios concorrentes.

Com o Open Site Explorer, por exemplo, você pode comparar a qualidade dos backlinks que levam para o seu site com os backlinks que levam para o site dos concorrentes.

Fresh Web Explorer, por sua vez, pode ser utilizado para rastrear menções ao seu negócio e ao do concorrente, similar ao Google Alerts.

monitorar a concorrência - moz

4. SimilarWeb

SimilarWeb permite analisar o tráfego de qualquer site, identificando seu posicionamento no ranking mundial, por país e até o número de visitantes semanais que aquela página recebeu nos últimos seis meses.

Também é possível descobrir de onde vieram os visitantes daquela página: redes sociais, buscadores ou anúncios.

Essas informações ajudam a descobrir quem são seus principais concorrentes do seu negócio e indicar os melhores meios para divulgar o seu produto.

5. Buzzsumo

Para monitorar a concorrência, também é importante ficar de olho no que ela publica nas redes sociais. E o Buzzsumo é uma ótima opção nesse sentido.

Essa ferramenta permite, por exemplo, descobrir quais as publicações com maior engajamento de uma determinada página.

Dá ainda para gerar relatórios automáticos comparando a performance dos conteúdos da sua página com os concorrentes.

Além disso, ainda dá para configurar o programa para enviar alertas sobre que o concorrente publicar algum conteúdo com uma determinada palavra-chave.

6. Mention

Mention é uma ferramenta focada em blogs, vídeos e redes sociais e pode ajudar na análise da concorrência.

Basta cadastrar um termo ou palavra-chave para ver tudo o que está sendo dito sobre o assunto na internet. Vale até mesmo inserir o nome do concorrente ou da sua marca.

O funcionamento do Mention é bastante parecido com o do Google Alerts, já que é possível receber reports via e-mail.

7. Socialblade

Por fim, o Socialblade é uma ferramenta essencial para quem trabalha com influenciadores digitais. Ela analise o engajamento de alguns perfis de criadores de conteúdo no Twitter, Instagram e YouTube.

Dessa maneira, fica mais fácil identificar os perfis mais influentes nas redes sociais e ficar de olho nas últimas tendências de mercado.

Com o Socialbase, você consegue ver dados sobre o crescimento de seguidores e o volume de interações que uma conta gerou.

monitorar a concorrência - socialblade

Fique de olho na concorrência, mas não esqueça o seu negócio

Monitorar a concorrência e analisar a sua estratégia é algo que deve fazer parte da rotina de qualquer empreendedor.

Reunir esses dados permite acompanhar as últimas tendências de mercado, além de identificar os pontos fortes e fracos dos seus concorrentes.

E se depois de monitorar seus concorrentes você quiser usar os dados de maneira ainda mais estratégica, precisa ir além.

Fonte: https://blog.hotmart.com/pt-br/como-monitorar-a-concorrencia/

Comentários

comentários

Share This