Como Aumentar Em 24x As Visualizações Do Seu Post no LinkedIn - teknabox
Como Aumentar Em 24x As Visualizações Do Seu Post no LinkedIn
19 de julho de 2018
12 Estratégias de Marketing de Conteúdo Para Seu Site Crescer - teknabox
12 Estratégias de Marketing de Conteúdo Para Seu Site Crescer
26 de julho de 2018

Como Usar Vídeos Nativos no LinkedIn Para Aumentar o Engajamento

Como Usar Vídeos Nativos no LinkedIn Para Aumentar o Engajamento - teknabox

Como um empreendedor, você é forçado a se adaptar e melhorar diariamente.

E provavelmente você espera que seus funcionários, sócios e clientes também se adaptem.

Mas e suas mídias sociais?

Você espera que isso se adapte?

O LinkedIn provou que eles têm a intenção de permanecer sendo uma parte relevante do sucesso dos empreendedores.

Eu acredito que o marketing de conteúdo no LinkedIn é mais importante agora do que nunca.

E o melhor jeito de mostrar isso foi com a adição de vídeos nativos no LinkedIn.

Eles estão se adaptando para capitalizar nas maiores tendências de marketing no momento certo, e você também deveria.

Eu quero compartilhar algumas ideias fáceis de implementar que vão te inspirar a começar a usar os vídeos nativos no LinkedIn.

Melhor ainda, essas ideias irão ajudar você a impulsionar seu engajamento e gerar mais negócios pelo seu perfil do LinkedIn.

Mas antes de começarmos, vamos falar sobre o quão poderosos esses vídeos nativos do LinkedIn podem ser.

O vídeo nativo do LinkedIn vale a pena?

O marketing de vídeo já existe há anos, e está comprovado que é rentável em qualquer plataforma e por qualquer motivo.

Surpreendentes 84% dos consumidores relataram que eles foram convencidos a comprar depois de assistir um vídeo da marca.

E esse mesmo estudo descobriu que 97% dos negócios acreditam que seus vídeos ajudaram a aumentar o entendimento do usuário sobre o produto ou serviço.

Isso significa que o tipo certo de vídeo irá te ajudar a vender e engajar mais.

E a tendência de consumo geral de vídeos mobile não pode ser ignorada pelas marcas modernas.

170221 mobile versus PC video consumption

Quando mais de dois terços de usuários da internet estão assistindo e esperando assistir mais, fica claro que o vídeo é um formato vencedor.

Se você precisar de mais provas, descobriu-se que uma porcentagem significante de consumidores online preferem conteúdo mais curto, de fácil acesso e em formato de vídeo.

content preferences

Isso significa que o seu público, até mesmo os usuários no LinkedIn, estão procurando por conteúdo de vídeo que seja engajador, divertido e educacional.

Mas onde entra o LinkedIn nessas estatísticas?

Para empresas, não há um site social de promoção de conteúdo melhor do que o LinkedIn.

shared content spaces

Como você pode ver acima, o LinkedIn fica atrás apenas do email como o canal favorável para compartilhamento de conteúdos relacionados a empresas.

E vários estudos mostraram que o LinkedIn é o melhor lugar para empresas B2B encontrarem e converterem leads.

Então, os sinais são simples, tirar vantagem dos vídeos nativos do LikedIn é um ótimo jeito para as empresas engajarem com seus públicos.

Apesar dos vídeos nativos do LinkedIn serem relativamente novos, ainda é um grande trunfo para profissionais de marketing B2B, defensores de marca ou donos de negócios.

Por enquanto, existem poucos lugares onde você pode usar vídeo no LinkedIn.

Sua primeira opção é incluir um vídeo em um post de blog que é carregado pelo Editor do LinkedIn.

Para começar, clique no botão “Write an Article” no feed do seu LinkedIn.

published post

Isso te levará ao Editor do LinkedIn, onde você pode começar a escrever seu conteúdo, adicionar imagens e agora vídeo.

No lado esquerdo do Editor há um pequeno botão que você precisará clicar para incluir mídia no post.

published video

Clicar nesse botão faz surgir uma pequena barra de ferramentas que, como você pode observar, agora tem a opção para incluir um vídeo.

published video 2

Nesse ponto, insira na janela que surgir o link do vídeo que você quer compartilhar e salve o vídeo no seu post.

Pelo o que eu vi até agora, os links do YouTube, Vimeo, Ustream e Brighcove aparecem melhores em posts assim.

published video 3

Se você tem o hábito de incluir vídeos nos seus posts (como eu), isso é uma ótima notícia.

Poder variar seu conteúdo permite que você ofereça mais informações e profundidade ao seu público do LinkedIn sem ter que empurrá-lo para o blog do seu site.

E mesmo que você deva continuar tentando converter visitantes para o seu site, isso remove um pouco do atrito que os profissionais de marketing experimentavam no LinkedIn.

Mas os posts não são o único lugar onde você pode compartilhar o vídeo.

Também é possível carregar e compartilhar o vídeo diretamente nas atualizações do seu feed.

Simplesmente vá ao seu feed, e à direita do botão “Write an Article” você verá um botão que diz “vídeo”.

video to feed

Essa opção permite que você carregue um vídeo que tenha entre 3 segundos a 10 minutos de comprimento diretamente no seu feed.

Isso significa que o seu público pode começar a assistir o seu conteúdo imediatamente.

É assim que um post finalizado aparece:

video on feed

E se isso não for o suficiente para você, o app do LinkedIn também te permite gravar e carregar um vídeo diretamente do seu celular.

linkedin app video

Depois de postar um vídeo, você pode ver análises como o número de visualizações, curtidas e comentários que o seu vídeo recebeu.

Mas também é possível ver informações de público: as principais empresas, títulos e localizações de quem visualiza.

Você encontra essas informações na seção painel do seu perfil do LinkedIn em ambos mobile e desktop.

Tudo o que precisa fazer é clicar no menu suspenso que diz “Me” e descer até ver “Posts and Activity.”

feedback 1

Quando clicar aqui você estará em um feed de todos os posts que você já carregou no LinkedIn.

No final do post você verá uma repartição das curtidas, comentários, compartilhamentos e visualizações do seu post.

feedback

Com essa informação você pode começar a entender se está alcançando as pessoas e empresas que importam para sua marca.

E antes de postar, tenha em mente todas as outras práticas para impulsionar o engajamento no LinkedIn.

Poste com frequência, espalhe seus posts e faça posts diferentes durante o dia.

Você verá maior engajamento e ajudará a gerar receita para o seu negócio a partir do LinkedIn.

Apenas lembre-se de que o vídeo é uma ótima forma de criar toques pessoais e poderosos que você pode usar para impulsionar engajamento com sua marca.

Mas agora que você sabe como carregar vídeos, uma pergunta permanece:

Que tipo de vídeo nativo do LinkedIn você pode criar e compartilhar que irá engajar com seu público no LinkedIn?

É isso que quero compartilhar com você a seguir.

Eu encontrei seis das melhores ideias de vídeos nativos do LinkedIn que você pode copiar ou melhorar para sua própria marca.

E a primeira é algo que você pode começar a fazer imediatamente.

Método #1: Conte a todo mundo o que está acontecendo hoje

Atualizações diárias são fáceis de filmar e carregar sem muito problema, são simples mas uma ótima forma de manter seus clientes e os potenciais atentos à sua marca.

É especialmente excitante se você está trabalhando em um projeto que o seu público está antecipando, atualizações frequentes e consistentes te ajudarão a criar a expectativa para o futuro lançamento.

Seja o que for que pareça para o seu negócio, se engajar dessa forma é de longe o jeito mais fácil e o que menos consome tempo.

Um exemplo legal disso foi compartilhado pelo Rutger Hofma, um freelancer mestre em amarração e reboque que, nesse vídeo, estava rebocando uma turbina eólica.

Essa é a ideia mais simples de vídeo que você pode ter.

Ela se consiste em um timelapse do nascer do sol atrás de alguns navios.

Mas não é incrível?

Apenas assistir uma turbina eólica sendo carregada em um barco à medida que o sol nasce atrás diz muito sobre o modo que esse profissional se sente sobre o trabalho dele.

Sem dizer uma palavra, ele faz você se envolver e te ensina sobre o que ele faz para viver.

E a próxima vez que você precisar de um reboque especializado, em quem você vai pensar primeiro?

Eu aposto que vai ser no Rutger Hofma.

Mas eu entendo que nem todos nós temos um trabalho que nos ofereça locais como esse regularmente, então eu quero te dar outro exemplo que é um pouco mais próximo de casa.

Esse vídeo vem de uma empresa de soldagem e mostra um talento especial de um dos novos contratados.

Provavelmente não é o que você esperaria ouvir de um soldador, mas essa é a beleza.

De vez em quando, surge um talento especial no local de trabalho que alegra o dia que todo mundo, como esse soldador talentoso e sua voz angelical.

Vídeos como esse humanizam sua marca.

Eles mostram aos profissionais no seu feed do LinkedIn que você e seus funcionários são apaixonados, motivados e talentosos de várias maneiras.

Atualizações simples como essa não são intensivas no tempo, mas são o toque perfeito para marcas que querem mostrar um pouco de vulnerabilidade no feed.

Ao se abrir e se conectar, você está pedindo aos outros que façam o mesmo.

E esse é um dos melhores jeitos de aumentar o engajamento com sua marca quase que imediatamente.

Método #2: Entreviste pessoas apaixonadas

Pessoas apaixonadas são aquelas que movem empresas, fazem grandes coisas e normalmente estão na linha da frente da sua indústria.

Isso as torna um recurso valioso que pode ajudar seu engajamento e gerar infinitos fluxos de vídeo para o seu LinkedIn.

Sejam elas parte da sua organização ou não, elas podem te ajudar a criar um vídeo simples que oferece valor a qualquer pessoa que assisti-lo.

Tudo o que você precisa fazer é encontrá-las, fazer algumas perguntas e carregar o vídeo no seu feed.

Como nesse exemplo, onde a vice presidente do Content Marketing Institute, Cathy McPhillips, é entrevistada pelo CEO da TrackMaven, Allen Gannett.

Ao criar um vídeo simples de 35 segundos, Allen conseguiu aproveitar a paixão e experiência que Cathy tinha a oferecer.

Pegar a oportunidade de se conectar e compartilhar as ideias dela mostra alguns pontos poderosos sobre Allen.

Primeiro, ele está interessado em aprender mais sobre conteúdo porque ele está na conferência Content Marketing World.

Segundo, o público dele recebe informações de um profissional apaixonado sobre reaproveitamento do próprio conteúdo.

Mas o mais importante, esse vídeo mostra que Allen é capaz de se conectar com outros.

E fazendo isso, ele quer ir além da superfície da informação que ele está recebendo na conferência. Ele quer se aprofundar.

Você vê como isso é transmitido no vídeo?

E não foi dito explicitamente. Você simplesmente sabe.

Isso é muito valioso para a imagem de uma marca.

Outro ótimo exemplo desse tipo de vídeo que eu vi recentemente veio do influenciador Richard Branson, e não foi nem feito por alguém de alguma empresa.

Foi feito por um menino de oito anos para uma tarefa escolar.

Quando você chega ao ponto em que crianças em escolas criam vídeos sobre a sua vida, você sabe que chegou no nível de influenciador global.

Mas esse não é o ponto aqui.

O ponto é que alguém de nenhuma forma envolvido com o Richard Branson está falando apaixonadamente em favor das suas realizações.

É orgânico, natural e indiscutivelmente fofo.

Mesmo que não seja necessariamente relevante para um funcionário ou projeto, ilustra o nível de interesse que ele atraí.

Até o Oliver que tem 8 anos quer compartilhar a mensagem.

Não apenas procure a criança mais próxima com idade escolar para falar sobre a sua marca.

Mas se alguém na sua comunidade criar um conteúdo de vídeo como esse que seja favorável a você, use-o no LinkedIn.

Isso irá engajar, inspirar e atrair mais pessoas apaixonadas para sua causa.

Método #3: Dê uma amostra do próximo projeto

Você está animado sobre algo que está no horizonte, então por que não compartilhar?

Será o vídeo perfeito para compartilhar com sua rede no LinkedIn e criar expectativa para o seu próximo evento.

Esse vídeo curto, fofo e pessoal feito pela CEO do All Star Code, Christina Lewis, foi compartilhado para dar ao público dela uma amostra de uma palestra que ela estava se preparando para dar.

Eu adoro esse exemplo porque é enérgico, honesto e mostra a quantidade perfeita de personalidade e paixão.

O objetivo principal, como você pode perceber ao assistir, é dar uma amostra simples da palestra da Christina.

Mas você também recebe uma visão maior da vida dela, e se conecta com ela em um nível mais profundo.

O resultado é que o vídeo recebeu uma tonelada de curtidas e visualizações para ajudá-la a divulgar sua palestra.

E como vimos com os outros exemplos, você pode alcançar esse método de formas diferentes.

Um exemplo mais produzido e formal vem do Public Service Credit Union, que tem um evento anual, Suits for Soldiers, que homenageia os atuais ou antigos membros do serviço ajudando-os a encontrar um novo terno quando eles saem das forças armadas.

Mesmo sendo um evento anual, a PSCU decidiu criar um vídeo promocional nesse ano para ajudar a espalhar a conscientização.

Eles ganharam mais de mil visualizações dentro de alguns dias.

Embora isso não pareça muito, significa bastante aos membros militares que o PCSU ajuda no longo prazo.

E isso retorna de forma que ajuda sua comunidade e marca.

Se você está sem ideias, tente esse tipo de vídeo.

Encontre o próximo evento ou meta no calendário e compartilhe com seu público.

Método #4: Dê uma introdução – ou aprofunde

Quando você está cultivando seu público e engajando no LinkedIn, você quer garantir que as pessoas com quem você engaja entendam você, sua marca e o que você espera alcançar.

Que jeito melhor de fazer isso do que com um vídeo de introdução?

É o jeito perfeito para engajar e educar sem pedir muito tempo do público.

E não precisa ser chato. Na verdade, alguns usuários do LinkedIn criaram alguns dos conteúdos mais engajantes ao criar a introdução deles.

Você já tentou cantar seu currículo para um potencial empregador? A Page Kemna tentou.

Esse vídeo se tornou viral com mais de 14 mil curtidas e quase um milhão de visualizações, e ele é divertido uma introdução válida da Page.

Até o CEO do LinkedIn, Jeff Weiner, se manifestou dizendo que ficou impressionado.

ceo reply

Você acha que a Page vai ter dificuldade em encontrar um emprego? Eu duvido.

Então mesmo que você não tenha o talento musical para fazer um desses, ainda vale a pena mostrar seu rosto e fazer uma introdução para sua marca.

Isso traz novas conexões e lembra aos outros na sua rede de contatos o que você tem a oferecer.

E então, quando todo mundo souber o que você faz, você pode levar as coisas para outro nível e mostrá-los como você faz.

O designer da Universal, Edwin Rhemrev, que publicou um time lapse do processo que ele usa para fazer seu trabalho.

timelapse

É simples, curto e além de tudo, impressionante.

O que faz com que se destaque dos outros conteúdos que você vê no feed.

E lembra ao público dele do talento único que ele usa todos os dias.

É bom para ele e para a marca da Universal.

Método #5: Compartilhe um momento

Às vezes, um momento é bom demais para não ser compartilhado.

Quando isso acontece, acesse o LinkedIn e comece a gravar para seu público.

Entrevistando no momento, compartilhando uma apresentação ou simplesmente mostrando para o seu público o que você está testemunhando do seu cubículo são formas perfeitas de compartilhar um pouco de amor com suas conexões no LinkedIn.

O profissional de marketing do LinkedIn, Viveka von Rosen, fez um trabalho incrível disso em uma apresentação recente dela.

Você não pode conseguir mais meta do que isso.

Ela criou um vídeo de como você pode usar o vídeo nativo do LinkedIn enquanto fazia uma apresentação de como usar o vídeo nativo do LinkedIn.

Ela atraiu seu público físico puxando o telefone e gravando.

E então ela compartilhou o momento com o público online dela.

O resultado foi um alto nível de engajamento e uma chuva de comentários no post.

É um ótimo exemplo de se ensinar com um exemplo.

Mas você não precisa estar fazendo uma apresentação para um público para compartilhar.

Às vezes, uma simples interação é suficiente para preparar um vídeo rápido pro seu feed.

Como esse momento tocante entre a Dr. Dalal Akoury, MD e uma paciente em recuperação.

Isso não aquece seu coração?

Essa interação é uma das muitas que a Dr. Akoury tem diariamente, mas ela decidiu postá-la para ajudar o seu público do LinkedIn a ver uma das várias alegrias do seu trabalho.

Não é uma explicação técnica de nada.

Não é uma venda.

É só um momento perfeito e envolvente que faz com que você queira ver mais.

Método #6: Libere alguma sabedoria

Às vezes você aprende algo que simplesmente precisa ser compartilhado.

Mentoria é uma maneira de todos crescermos, e o LinkedIn é a plataforma perfeita para criar relacionamentos profissionais de mentoria.

E eu sei por experiência que encontrar qualquer tipo de orientação ajuda muito a construir sucesso.

Veja essa mensagem esperançosa, cortesia de Daniel Shapero, por exemplo.

Ela é dedicada aos estudantes sobrecarregados e esperançosos que logo entrarão no mundo profissional.

E por ser tão impactante, essa mensagem gerou mais de 180 mil visualizações e mais de mil curtidas.

Tudo o que ela faz é espalhar uma única mensagem que faz o público-alvo se identificar

E fornece insight de alguém que está do outro lado da equação.

Alguém com experiência.

Seu público quer ver esse tipo de sabedoria da sua marca e liderança.

A melhor forma de alcançar isso é encontrar um  clipe de um local de impacto que simplesmente mostre sua experiência.

Até mesmo vídeos curtos como esse podem ser impactantes.

E se você não tem um clipe como esse, simplesmente faça o vídeo da sua mesa.

Conte ao seu público sobre as frustrações que você teve, e finalize com alguma sabedoria que eles possam utilizar.

Você conseguirá se envolver melhor com seus seguidores.

Com o bônus adicional de ser visto como um influenciador e líder de pensamento da sua indústria.

Conclusão

Mesmo que o vídeo nativo no LinkedIn seja jovem, ele já se provou um veículo para melhoria de envolvimento e a construção de reconhecimento de marca.

O marketing de vídeo como um todo é rentável para marcas B2B mundialmente, e o começo do LinkedIn como uma plataforma de vídeo abriu as portas ainda mais do que antes.

Você pode compartilhar atualizações, entrevistas com pessoas apaixonadas, ou dar ao seu público uma amostra do seu próximo projeto.

Ou, você pode fazer uma introdução sobre você, compartilhar um momento especial, ou espalhar sua sabedoria duramente conquistada para as massas.

Apenas comece a criar e compartilhar vídeos para ajudar os outros a se envolverem com sua marca.

Experimente diferentes métodos e descubra o que funciona para você.

E então use o LinkedIn para gerar mais engajamento e dar início a um burburinho sobre sua marca digno de compartilhar.

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/videos-nativos-no-linkedin/

Comentários

comentários

Tiago Curcio
Tiago Curcio
É Coach e empreendedor nas áreas de saúde e tecnologia. Especialista em Inteligência de Negócios e em Programação Neurolinguística (PNL), adora pedalar e ficar com a família.

Os comentários estão encerrados.

Orçamento