(32) 3061-1694

Todos os blogueiros são escritores, mas nem todos os escritores são blogueiros.

Essa é uma realidade difícil para muitas pessoas que querem produzir conteúdo online porque as pessoas entendem que ser uma coisa é ser a outra.

Mas há muito mais para blogar do que ser um bom escritor.

Na verdade, você poderia ser um escritor razoável e ainda ganhar dinheiro como blogueiro. Eu vejo isso acontecer o tempo todo.

Nem sempre é sobre a habilidade.

Para algumas pessoas que não se consideram boas na escrita, isso pode ser realmente uma benção disfarçada.

Porque a verdade é que qualquer um pode ser um blogueiro. Sim, qualquer um.

Isso exige alguma habilidade na escrita, mas exige algumas outras habilidades que nem todo bom escritor tem.

Aqui está o que quero dizer.

Por que alguns escritores trabalham como blogueiros
Você pode ver exemplos de uma boa escrita em qualquer lugar.

Pegue qualquer parte de um site como o The New Yorker, e você vai ver em primeira mão como o poder das palavras pode transformar ideias simples em algo incrível.

Can Wine Transform China s Countryside The New Yorker
É o suficiente para te deixar enciumado. Algumas pessoas têm o dom.

Mas como Jeff Goins da Copyblogger disse uma vez, você realmente não precisa de “talento” para ser um bom blogueiro.

Você pode ser um “blogueiro produtivo e um escritor mediano” e ainda assim ter sucesso (o que, com certeza, frustra o “talentoso”).

É verdade. Você pode ser um blogueiro bem-sucedido e um escritor razoável se você entender que blog pode ser um negócio.

Blog exige habilidades que os escritores nem sempre têm, como marketing, SEO, redes sociais, branding e gerenciamento de tempo.

Dê uma olhada em qualquer grande influenciador no mundo do marketing, e você vai entender o que quero dizer.

Ann Handley, chefe de conteúdo da MarketingProfs, é um grande escritor, mas também é experiente em mídia.

31 Influencers to Follow in 2017
Ela regularmente publica para as redes sociais. Ela convida blogs. Ela escreve para MarketingProfs. Ela envia por email boletins informativos.

Ela é um pouco de tudo em toda parte.

ann handley Google Search
Isso é o que é preciso para ser um blogueiro bem-sucedido. Você precisa estar em todos os lugares.

Você precisa se vender.

Isso significa que você não pode ser um bom escritor e um blogueiro? Vale a pena ser ambos, na verdade.

Os bons escritores sabem como o blog irá causar um enorme impacto em seu espaço.

Você só precisa aprender todas as outras habilidades de marketing que acompanham o processo.

Aqui está o que você precisa fazer.

1. Comprometer-se a publicar conteúdo regularmente
Uma coisa que muitos dos melhores escritores do mundo compartilham é o bloqueio ou a falta de inspiração para escrever.

Os escritores tendem a trabalhar apenas quando se sentem inspirados (“desbloqueados”).

Um blog bem-sucedido não vai poder esperar que você se sinta inspirado. Você deve publicar conteúdo mesmo quando não se sentir assim.

Isso significa criar um agendamento de postagem regular e colocar conteúdo de 3-4 vezes por semana.

De acordo com o relatório do Estado de Inbound da HubSpot, quanto mais você publica, mais tráfego, leads e vendas você recebe.

How Often Should You Update Your Blog Writtent
Então, se você quiser ter um blog de sucesso, você deve olhar no mínimo 2-3 vezes por semana ou diariamente se quiser acompanhar o crescimento.

Isso não leva em consideração as promoções de mídia social com base na escrita real.

O buffer faz um resumo da frequência com que você deve postar em cada rede social:

How Often Should I Post on Social Media Buffer Blog
Então, em seu blog, você precisa investir tempo nas postagens das mídias sociais.

Você precisa verificar suas estatísticas para se certificar de que suas postagens estão gerando tráfego.

E em algum momento, você provavelmente terá que fazer um ou dois relatório do Google Analytics.

Basicamente, é muito trabalho.

É uma grande quantidade de escrita diariamente.

E sabe como você não se sentirá todos os dias? Inspirado.

E por isso é tão importante comprometer-se a publicar conteúdo porque você nem sempre sentirá vontade de fazer isso.

2. Gerencie seu tempo e crie um cronograma
Com tanto trabalho acontecendo, uma das habilidades essenciais que você vai precisar ter é gerenciamento de tempo.

Você terá prazos e as postagens do blog levam um tempo para serem produzidas.

As publicações em médias levam entre 2-3 horas para serem escritas.

hubspots survey of marketer
E isso não inclui editar, fazer upload para o seu site, criar postagens em redes sociais, etc.

Digamos que todo o processo leva cerca de 4 horas para uma única postagem no blog.

Se você estiver publicando três postagens por semana, isso significa que você precisa de 12 horas do seu tempo semanalmente apenas para investir no blog.

Como você vai gerenciar esse tempo com tudo o que você tem a fazer?

Você vai precisar de um plano.

TIME MANAGEMENT
E isso não é tudo.

De acordo com Coschedule, existem três grandes compromissos de tempo em que os blogueiros devem prestar atenção:

O tamanho médio de suas postagens: Escrever um post de 1.500 palavras levará muito mais tempo do que escrever um post de 500 palavras, por exemplo.
Quantos gráficos cada postagem vai precisar: Se você estiver criando seus próprios gráficos (banners de sites, imagens de redes sociais, etc), você vai precisar de tempo para isso.
Promoção e distribuição de conteúdos : O compartilhamento social, a adaptação e qualquer distribuição de conteúdo vão exigir investimento de tempo.
É importante organizar seu tempo para ter certeza de que conseguirá fazer tudo.

Você pode usar diferentes ferramentas para ajudá-lo a gerenciar seu tempo.

Lembre-se que o The Milk pode ajudá-lo a gerenciar suas tarefas diárias:

Remember The Milk Online to do list and task management
E usar o Teambox e o Google Calendar podem manter você organizado ao longo da semana.

3. Network com outros blogueiros
Você também terá que dedicar algum tempo para criar network.

Sim, network.

Os blogueiros que se mantêm sozinhos geralmente não atingem os mesmos objetivos que os que se associam a outros blogueiros.

É importante construir uma rede de contatos, clientes e recursos que possam ajudar você.

O primeiro passo é procurar outros blogueiros.

Você pode usar ferramentas como o Pocket para marcar blogs, vídeos e outros sites que você gosta:

unnamed
Uma vez que tenha alguns sites salvos, você pode começar seu trabalho comentando esses blogs, retweetando os autores e, assim, criando relacionamento com eles.

004 scott barry kaufman
Apesar de se sentir intimidado no início, você pode construir relações orgânicas com influenciadores de renome.

Você só precisa se esforçar.

Mas se ainda não estiver pronto para isso, também pode usar sites como Scoop.it para publicar conteúdo de outros blogueiros em seu blog.

scoopit 750×373
Isso lhe dará a chance de se conectar com outros blogueiros que estão fazendo o mesmo que você sem o fator de intimidação.

No entanto, não há nenhuma estratégia para network.

O objetivo é apenas conhecer outras pessoas e cultivar relacionamentos de alguma forma.

Network tem alguns benefícios maravilhosos que incluem:

Construir uma nova audiência de outros blogueiros que vão promover seu conteúdo para o público.
Dar oportunidades para colaborações e postagem de convidados (mais tráfego).
Fornecer conteúdo para o seu site se eles postarem no seu blog.
Promovendo-se mutuamente com links de grupos e rentabilizar seu blog.
Também é bom ter outras pessoas ao seu lado para dar conselhos.

A criação de network vai servir para um gerenciamento de tempo bem sucedido.

Catherine Oneissy tem algumas sugestões para novos blogueiros que tentam encaixar o network em suas agendas:

Beginner Bloggers Guide to Networking Catherine Oneissy
E você deve tentar trabalhar em sua agenda.

Isto vai acrescentar de 3-5 horas em sua semana de trabalho como blogueiro (agora você tem até 15 horas).

Esse tempo extra inevitavelmente vai valer a pena no final, no entanto, não perca o foco.

4. Procure novas oportunidades de blogs
Os blogueiros bons (blogueiros de sucesso) fazem mais do que apenas escrever.

Eles se aprofundam em todos os tipos de conteúdo, como livros auto-publicados, e-books e cursos online.

Eles usam marketing afiliado. Eles anunciam.

how much do you make blogging
Você pode ganhar muito dinheiro como blogueiro fazendo mais coisas além de apenas blogar.

Os blogueiros bem-sucedidos não estão apenas escrevendo conteúdo para seu próprio site.

Eu costumo dizer que uma das melhores maneiras de aumentar sua influência é se tornar um Guest Blogging.

Blogueiro convidado (ou Guest Blogging) significa expor sua ideia em outro blog ou editor como Huffington Post, Forbes, Fortune e assim por diante.

É mais do que apenas lançar um tópico de blog – você está se lançando.

Você deve se auto-promover. Você precisa se vender.

Quando Jordan Teicher, editor associado de Contently, perguntou como fazer um bom discurso para um guest post (postagem de convidado) em seu blog, ele disse:

“Se você tiver uma experiência e puder tecer isso durante toda a narrativa, você definitivamente terá minha atenção”.

Em outras palavras, se você puder mostrar que sabe o que está fazendo, você terá chance.

Tudo se resume a isso – mostre-se.

Mostre que você tem a experiência e que você pode fazer muito mais do que apenas escrever.

Se você nunca se arriscou como um guest poster, há muitos modelos que você pode usar para começar.

3 Guest Post Pitch Emails That Got the Gig
Não seja intimidado pelo processo.

Você é um bom escritor. E está aprendendo a ser um bom blogueiro.

Então, mostre que você pode ser aos dois.

(Não esqueça de incluir blogueiros convidados a sua contagem semanal. Digamos que você faça uma ou duas postagens mensais. Isso é mais duas horas livres por semana ou mais. Agora você tem mais de 17 horas).

5. Saiba como fazer SEO
Agora vem a parte mais difícil em ser um blogueiro – aumentar o ranking do seu site no Google.

Enquanto os blogueiros convidados se tornam amigos de outros influenciadores para ter um impulso, você precisa de uma fonte segura de tráfego.

Isso significa que você precisa ficar bom em SEO.

Então, por onde você pode começar?

Primeiro, configure seu site com o Google Analytics se você ainda não o fez.

googleanalytics
Dê um passo a frente, adicione o Google Search Console ao seu blog.

Isso lhe dará uma visão panorâmica das impressões do seu blog ao longo do tempo.

webmastertools
A análise será seu melhor amigo no mundo.

Sem isso, você não vai saber se o seu conteúdo está ou não sendo bem-sucedido.

Se o seu conteúdo não estiver tendo êxito, significa que você não está conseguindo ser um blogueiro, por isso, é essencial que você invista tempo em analisar seus dados.

(Você vai gastar mais ou menos de 2-3 horas em análises toda semana. Agora você tem até 20 horas).

O próximo passo é aproveitar todas as ferramentas de SEO para ajudar a fazer seu trabalho.

Se o seu site estiver sendo executado no WordPress, confira os plugins como SEO by Yoast, All in One SEO Pack e Google Sitemaps Plugin.

yoastseoinstalled
Cada pessoa tem um propósito diferente, mas todos têm um objetivo em comum: impulsionar seu SEO.

Você também pode considerar usar ferramentas como:

Google PageSpeed ​​Insights – Verifique a velocidade e a usabilidade do seu site (a velocidade afeta as classificações de SEO no novo algoritmo de busca do Google).
Keywordtool.io – Encontre sugestões de palavras-chave de SEO com base em uma única palavra.
Ferramentas do Google para webmasters – Obter análise de sites, alertas e relatórios de erros.
Open Site Explorer – Faça a análise do link para ver quem está vinculando seu site (backlinks).
Google Keyword Planner – Faça pesquisa de palavras-chave com base nos volumes atuais de pesquisa.
Google Alerts – Configure avisos para o seu site quando outros o mencionarem em seus blogs.
QuickSprout Website Analyzer – Execute uma análise completa do seu site para detectar erros ou possíveis problemas de desempenho.
Schema Creator – Personalize a forma como seus resultados de pesquisa aparecem no Google e criam rich snippets.
SERPs Rank Checker – Veja onde seu site classifica determinados termos de pesquisa.
Broken links – Descubra erros e outros links quebrados em seu site.
Você também pode usar o Google Trends para verificar mudanças de interesse para determinados tópicos ou palavras-chave.

google trends schedule social media 1024×649
Embora não seja uma ferramenta específica para SEO, pode te ajudar no planejamento de conteúdo.

Todas as postagens de blog que você criar deve de alguma forma ter SEO, mesmo que seja apenas otimização de palavras-chave ou boa velocidade móvel.

Se você é novo no processo de SEO, considere fazer algumas pesquisas a respeito.

Normalmente, os maiores fatores são palavras-chave, velocidade da página, marcação de dados (código em seu site), backlinks e tráfego.

Kissmetrics tem um excelente guia de SEO para iniciantes.

Se você se dedicar, pode realmente aprender muito sobre o SEO em um curto período de tempo.

6. Construa uma marca e descubra seu nicho
Branding é outra área chave que divide escritores dos blogueiros.

Os escritores tendem a se concentrar em seu byline (seu nome), enquanto os blogueiros expandem sua marca.

Por exemplo, Neil Patel é meu nome e meu byline. Aqui está em uma publicação que fiz para a Forbes:

Why I Spend 9 847 37 on Food Each Month
Mas também é minha marca.

É por isso que meu site, NeilPatel.com, tem meu nome. Mas vai além disso.

O andamento do meu site e do meu blog é um trabalho em tempo integral.

Os escritores dedicam seu tempo em obter o maior número de linhas possíveis.

Alguns escrevem com uma certa direção, mas na maioria das vezes vão escrever o que são pagos para escrever.

Os blogueiros, no entanto, se concentram em construir sua marca e encontrar um nicho.

Se eu fizer uma busca rápida por “blogueiros de marketing”, vou receber esses resultados:

marketing bloggers Google Search
Estas são marcas.

Digamos que eu clique naquele que parece mais com um “escritor”, que seria Brian Solis.

Aqui está o que eu recebo:

Brian Solis Google Search
Ele é um escritor, sim, mas também é uma marca.

É um magnata, na verdade.

Isso é o que você precisa se tornar se quiser falar seriamente sobre ser um blogueiro.

Parte desse processo é descobrir seu público-alvo.

Para quem você quer escrever e sobre o que essas pessoas querem ler? O que interessa a eles?

Primeiro, descubra o que os motiva.

Pelo que você está interessado? O que você conhece? O que você poderia escrever enquanto descansa?

Faça uma lista.

Então, descubra se esse é um nicho lucrativo.

Use o Google Keyword Planner e digite palavras-chave relacionadas ao seu nicho.

AdWords
Em seguida, procure o volume de pesquisa mensal para essas palavras-chave (é um nicho popular o suficiente?), bem como o custo por clique para qualquer anúncio. (é lucrativo?)

AdWords2
Você vai ter uma ideia se as pessoas estão ou não procurando as palavras-chave que você usa em seu conteúdo.

Também vai saber se o seu nicho é ou não popular ou lucrativo.

Se você for apaixonado por tecelagem, por exemplo, você pode estar um pouco decepcionado com o tráfego do seu blog.

AdWords3
Você precisa encontrar um equilíbrio entre as coisas que você gosta de escrever e coisas que vão torná-lo bem-sucedido.

Então, se você ama tecelagem, por que não transformar isso em um blog sobre decoração de casa DIY (faça você mesmo), em vez disso?

Uma busca rápida vai mostrar que “decoração do lar” tem muito potencial para o tráfego.

AdWords4
É bom ter mais de um nicho. Mas lembre-se de não se desviar muito.

Construir uma marca é focar em uma ou duas coisas que você realmente faz, e muito bem.

Portanto, não se preocupe tanto em ter um byline e encontre um nicho que funcione para você e sua marca.

7. Tenha um plano e visão para o seu blog
Você já deve ter percebido que ser um blogueiro é (no mínimo) um trabalho parcial.

Mas se você estiver realmente se situando com o trabalho, é mais como um emprego integral.

Sim, você pode ser blogueiro em tempo integral.

Isso significa que você está implementando um negócio – um negócio para o qual você precisa de uma visão.

Isso requer definição de metas.

SMART Goals2
Alguns objetivos iniciais a se considerar podem girar em torno do crescimento do seu tráfego, publicando pelo menos X vezes por semana e aumentando a taxa de opt-in de email.

Aqui está alguns exemplos:

Objetivo 1: Aumentar o tráfego do blog em 10% mensalmente durante seis meses.
Objetivo 2: Aumentar a taxa de opt-in de email em 50% durante três meses.
Objetivo 3: Publicar ao menos três postagens por semana durante 12 meses.
Objetivo 4: Conecte-se com três influenciadores / blogueiros nos próximos seis meses.
Objetivo 5: Guest post em dois blogs nos próximos três meses.

Cada um desses objetivos pode ser dividido em um plano que inclui uma linha de tempo.

O primeiro objetivo, por exemplo, pode ser uma combinação de anúncios pagos, pesquisa de palavras-chave e tráfego social para o crescimento de 10% a cada mês.

Você pode monitorar isso usando o Google Analytics ou uma ferramenta como o Alexa.

image161 700×367
Cada objetivo pode ser dividido em etapas móveis.

Essas etapas vão permitir que você crie um plano sólido para produzir e comercializar seu conteúdo, aumentando seu negócio.

E sim, vou repetir isso mil vezes:

Blogar é um negócio.

Você deve tratá-lo como tal. Tenha um plano.

E esse plano deve incluir:

Uma estratégia para pesquisa de palavras-chave.
Uma lista de sites e blogs onde possa postar como convidado.
Uma lista de postagens de blog que deseja criar.
Uma lista de postagens que podem ser promovidas com links de afiliados e anúncios pagos.
Uma lista de sites onde você pode incluir links de afiliados.
Metas para o seu blog durante 12 meses.
Um calendário de publicação.
Um horário de trabalho diário.
Se precisar de ajuda, considere fazer um plano de negócios real para o seu blog juntamente com um calendário editorial.

How to Create a Bangin Blog Business Plan Workbook Included Melyssa Griffin
Leve isso a sério.

A diferença entre um bom escritor e um bom blogueiro é o compromisso de fazer mais do que simplesmente escrever.

Conclusão
Ser um bom escritor não é o mesmo que ser um bom blogueiro, embora isso ajude a ser ambos.

Os bons blogueiros sabem como comercializar. Eles podem vender o que estão escrevendo e não só penas escrever.

Se você é um bom vendedor, provavelmente será um melhor blogueiro do que escritor.

Triste mas verdadeiro.

Se você já é um bom escritor e quer se tornar um blogueiro, você precisa incluir algumas habilidades de marketing ao seu repertório.

Crie um cronograma e publique constantemente (sim, mesmo que você não esteja inspirado).

Descubra como anunciar e usar o marketing afiliado para evidenciar sua marca.

Faça network com outros blogueiros e torne-se um convidado.

Aprenda SEO.

Mostre habilidades necessárias para ser um bom blogueiro, e você poderá fazer tudo.

Se você é um bom escritor, pode fazer ainda melhor.

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/como-ser-um-bom-blogueiro/

Comentários

comentários