(32) 3061-1694

No dia 7 de fevereiro, especialistas em SEO de todas as partes do mundo reportaram sobre um possível core update do Google, o qual estaria impactando páginas de resultados de forma drástica.

“O Google performa inúmeras atualizações diárias em seu algoritmo”. Todos os especialistas e interessados em SEO já estão bem familiarizados com essa máxima. 

Mas o que acontece quando observamos grandes flutuações nas SERPs, evidentes quedas ou incríveis aumentos no tráfego sem qualquer confirmação do buscador sobre o lançamento de um core update?

A resposta é: caos.

E esse tem sido o melhor termo para definir o status do cenário do SEO nos últimos 6 dias. 

Quer entender o porquê de todo esse alvoroço? Então confira em detalhe do que se trata esse core update, como ele tem afetado os sites e como você pode lidar com isso.

Core update em fevereiro de 2020: mito ou verdade?

Para contextualizar, desde o dia 7 de fevereiro, um sábado, estão sendo reportadas mudanças constantes e de alto impacto nas páginas de resultado.

De acordo com as principais ferramentas de acompanhamento de atualizações do Google, a mudança ocorrida foi grande:

Mozcast:

Mozcast

SEMrush:

SEMrush

Rankranger:

Rankranger: ferramenta de acompanhamento de resultados do Google.

Todas elas evidenciam grandes flutuações que se iniciam no final de semana e que se fazem constante ao longo desta semana. Segundo a maioria delas, a atualização não se relaciona com as mudanças focadas em UI, nem mesmo com a retirada dos resultados duplicados de featured snippets.

Além dessas ferramentas, especialistas em SEO em todo o mundo comentaram sobre a mudança e os seus impactos em blogs próprios e de seus clientes. Veja o que os grandes nomes da área têm falado a respeito:

No entanto, o Google demorou a se pronunciar sobre o tema e, quando o fez, afirmou que não se tratava de um novo core update, como o ocorrido em janeiro. Seria, na verdade, apenas mais algumas das várias atualizações feitas frequentemente.

Essa confirmação foi feita por Danny Sullivan, um dos porta-vozes do buscador:

“Nós fazemos atualizações o tempo todo. Eu sugiro que releia nosso conselho geral sobre o assunto:

Algumas pessoas têm perguntado se nós realizamos alguma atualização na busca do Google na última semana. Nós fizemos, na verdade, várias, assim como fazemos atualizações no algoritmo em qualquer semana, regularmente. […]”

Quais podem ser as causas de todo esse impacto?

Ao mesmo tempo que tudo isso tem acontecido, foram anunciadas duas atualizações possivelmente relacionadas. A primeira seria do Google Search Console, visando notificar os produtores de conteúdo sobre problemas com dados estruturados. 

Essas notificações podem ter ajudado a ajustarem suas páginas, conquistando featured snippets com maior facilidade.

Já a segunda seria sobre a atualização no feed de descobertas, que acabou permitindo que páginas antes retiradas devido a conteúdo ofensivo aparecessem novamente. 

O que fazer se fui impactado negativamente pelo update?

Relembrando a frase que deu início a este texto, as atualizações ocorrem diariamente. E sim, esse é o normal do Google. São raros os momentos que não vamos observar flutuações nos rankings, modificações no design ou no próprio algoritmo.

Dito isso, se você faz parte do grupo que foi afetado negativamente, pratique a paciência ativa, ou seja, aguarde mais alguns dias antes de tomar qualquer decisão drástica — ou se dar por vencido — e continue acompanhando de perto os seus números.

Identifique padrões, páginas que mais perderam posições e, a partir disso, entenda como elas poderiam ser ainda melhores. Afinal, como afirmou Roger Montti, do Search Engine Journal, não pergunte o que você fez de errado, mas, sim, o que o seu concorrente está fazendo certo.

Até mesmo o Google reafirma essa posição ao concluir que, depois de uma atualização, não se deve perguntar o que é preciso consertar. A melhor posição nessas situações é sempre proativa, e não reativa.

Pensando em tudo o que foi apresentado sobre o possível core update e o posicionamento do próprio buscador, reforçamos o conselho de analisar cuidadosamente as suas páginas nos próximos dias.

Fonte: https://rockcontent.com/blog/core-update-do-google-fevereiro-de-2020/

Comentários

comentários

Share This