(32) 3061-1694

Você anda frustrado porque ninguém te dá links? Você já tentou todos os métodos básicos de link building como mandar emails e viu que nenhum deles funciona para você?

Não se preocupe, todos nós já passamos por isso.

Todo mundo diz que você precisa escrever ótimos conteúdos para fazer link building. E, embora isso ajude, e se eu te dissesse que não é obrigatório?

Sim, link building é difícil, mas não é impossível.

E se você está tendo dificuldades para fazer link building, eu vou te mostrar as táticas que você precisa seguir… Mesmo que seu site, produto ou conteúdo não sejam tão bons quanto os dos seus concorrentes, essas táticas vão funcionar. 

Tática nº 1: Link Intersect

Se você manda um email para um site pedindo um link, tem grandes chances de te ignorarem. Eu recebo esse tipo de pedido o tempo todo… E eu também os ignoro.

Mas, por outro lado, se você manda um email para alguém que linkou para 3 ou 4 concorrentes seus, aumentam as chances de linkarem para você também.

Quando alguém linka para alguns dos seus concorrentes, isso quer dizer que ele não se importa de linkar para sites da área e que é mais aberto a linkar para outros sites, já que linkou para três concorrentes seus.

E como encontrar sites que linkem para pelo menos 3 dos seus concorrentes?

Você pode fazer isso indo até o Ahrefs e selecionando a funcionalidade “Link Intersect” (fica na opção “more” do menu de navegação).

link intersect

Você deve inserir o nome dos seus 3 principais concorrentes e depois seu domínio embaixo. Isso vai gerar um relatório de sites que linkam para os seus concorrentes, mas não para você.

link intersect report

Depois, você refina para páginas específicas para ver quais delas estão linkando para os seus concorrentes.

link intersect drill

Quando você encontrar alguns sites em comum linkando para concorrentes seus, você vai precisar se aprofundar um pouco para entender o contexto desses links.

Por exemplo, se alguém está linkando para os blogs de todos os seus concorrentes em uma página de recursos, você vai precisar ter um blog antes de entrar em contato. Afinal, se você não tem, por que eles te adicionariam à lista?

Depois que você tiver alguns sites que fazem sentido, você deve mandar um email para os donos deles, começar uma conversa e pedir um link.

Veja um exemplo que a minha equipe usou para um site meu:

link intersect email

E a resposta que obtivemos foi a seguinte:

response link intersect

A gente usa essa tática em uma escala grande. Para cada 100 sites que a gente enviou emails, conseguimos 9,7 links. Alcançamos essa proporção em um nicho competitivo sem nem mencionar meu nome.

Tática nº 2: Link building de imagens

As pessoas adoram imagens… É só ver redes sociais como o Instagram. Eles construíram uma empresa multibilionária ao incentivar as pessoas a tirarem mais fotos.

Quando você estiver postando no seu blog, pense em usar imagens personalizadas no seu site. E se você não for um grande designer, não se preocupe, você pode usar uma ferramenta como o Canva. Ou, se você tiver um pouco mais de dinheiro para gastar, você pode entrar no Fiverr e gastar um pouco mais pagando alguém para criar imagens personalizadas.

Um bom exemplo disso foi como eu criei uma série de gráficos personalizados sobre o Facebook para esse post. Os gráficos ficaram mais ou menos assim:

facebook image

Com o tempo, você vai perceber que outros sites vão começar a pegar suas imagens sem linkar para você. Isso pode parecer ruim, mas na verdade é ótimo, porque você pode entrar em contato com cada um deles e falar para te darem créditos e colocarem seu link.

Atenção, eu não estou te dizendo para “pedir”, eu estou dizendo que você deve afirmar que eles precisam linkar para você. 

É assim que se descobre quem pegou suas imagens:

Primeiro, vá até a Busca de Imagens do Google. Uma vez lá, clique no ícone de câmera.

google images

Depois de clicar nele, você vai ver uma caixa mais ou menos assim:

google image search

Ali, você pode colar a URL da sua imagem personalizada ou fazer upload dela. Depois de clicar em buscar, você vai ver uma lista dos sites que pegaram a sua imagem.

image results

Alguns desses sites vão ter linkado para você, enquanto outros, talvez não. Quanto a esses, envie um email mais ou menos assim…

Assunto: Violação de Direitos Autorais – [nome do site]

Olá [primeiro nome],

Vi que nessa URL [inserir a url do site deles que usou a sua imagem sem linkar de volta] você usou uma imagem que eu criei, e os direitos dessa imagem pertencem a mim.

Eu não me importo que você a use, mas, por favor, coloque o link para [URL do seu site onde a imagem pode ser encontrada] e me dê o crédito. Eu gastei bastante tempo e dinheiro criando as imagens do meu site, e adoraria que as pessoas soubessem que elas foram originalmente criadas por mim.

Por favor, faça essa mudança nas próximas 72 horas.

Obrigado

[insira seu nome]

De todas as táticas mencionadas nesse post, essa é a que tem a maior taxa de sucesso. É de quase 100%.

Se você enviar um email a alguém e não colocarem o link, tente mais algumas vezes.

Conforme a popularidade do seu site aumentar, mais pessoas vão roubar suas imagens, e isso vai tornar mais fácil de conseguir backlinks.

Tática nº 3: Reclamação de links

Conforme seu site se torna mais antigo, você vai notar que as pessoas naturalmente vão mencionar você e a sua empresa. Mas quando elas mencionarem o nome da sua empresa, elas nem sempre vão linkar para você.

Então por que não enviar emails para essas pessoas e pedir para que elas transformem essas menções em links?

É uma estratégia simples e que funciona muito bem.

Pense da seguinte maneira: se alguém mencionou você ou a sua empresa sem você precisar convencê-lo, provavelmente quer dizer que essa pessoa já gostou do que viu.

Então, quando você mandar o email, ela não só vai ficar lisonjeada, como muito provavelmente vai responder também.

Isso quer dizer que vai ser fácil convencê-la a linkar para você.

Mas quando você disparar o email, eu recomendo fortemente que você também compartilhe o conteúdo que mencione você nas redes sociais e deixe-os ciente disso.

Veja um exemplo de email:

Assunto: É uma honra, obrigado [insira o primeiro nome]

Olá [insira o primeiro nome],

Estou lisonjeado! Fico muito feliz com a sua menção a mim no seu site [insira o link para o artigo que o menciona mas não contém um link].

Eu só queria te dizer que eu compartilhei seu artigo no Twitter como forma de agradecimento.

Como observação final, eu adoraria se você pudesse ajustar a menção ao meu nome, “[insira o seu nome]” e transformasse em um link que levasse as pessoas até [URL do seu site].

Um abraço,

[insira seu nome]

PS: Me diga se eu puder fazer qualquer coisa por você.

Sua taxa de sucesso deve ser acima de 50%. A minha taxa fica próxima de 83%, mas muita gente no marketing sabe quem eu sou, então provavelmente sua taxa vai ser mais baixa.

A chave para se beneficiar dessa tática é mandar emails para as pessoas assim que elas publicarem um post que menciona seu site, mas sem conter um link.

Se você pedir as pessoas para acrescentarem um link a um post com mais de 6 meses, você vai acabar gerando só 1 link para cada 5 ou 6 emails enviados.

Em outras palavras, se você quer uma taxa de sucesso alta, você precisa estar no controle. A maneira mais fácil de fazer isso é criar alertas usando o Buzzsumo.

Faça o login e clique em “monitoramento”. Depois, clique em “criar novo alerta”.

buzzsumo monitor

Depois, clique em “menções à marca”.

alert

Preencha o nome do seu site ou empresa. Inclua também possíveis erros de digitação.

alert details

Selecione como você gostaria de ser notificado quando alguém fizer alguma menção a você.

alert emails

Clique em finalizar e você vai ver um relatório mostrando quantas menções houve ao longo da última semana, mês ou até dos últimos dois meses, bem como uma lista dos sites que mencionarem você.

mention report

report list

Mais uma vez, porque eu não canso de repetir isso: tente mandar emails para as pessoas até 24 horas depois de elas mencionarem você. Isso vai aumentar bastante suas chances de conseguir um  link.

Tática nº 4: Exposição na mídia baseada em performance

Você quer menções em sites como o TechCrunch e o Entrepreneur? E não, eu não estou falando de guest posts.

Sim, claro que você quer ser mencionado nesses sites. Mas como?

Existem empresas como a PRserve que oferecem exposição na mídia baseada em performance. Se elas conseguirem exposição na mídia para você, você paga. Se não conseguirem, você não paga nada.

A parte mais legal da PRserve é que é uma agência de RP de verdade. Eles não vendem links, eles não entendem de link building e não usam contas de autores ou guest posts. Eles procuram editores para escreverem sobre você e sua empresa.

Esses editores podem dizer sim ou não. Se eles disserem não, você não paga um centavo. Se eles disserem sim, a PRserve te cobra uma taxa baseada na performance, que vai variar dependendo do site (você negocia essa taxa com eles antecipadamente).

Mas tem uma coisa importante sobre a PRserve. Não existe nenhuma garantia de que, quando eles conseguirem um artigo sobre você, ele vai conter um link para a sua empresa. Por exemplo, se eles convencerem o TechCrunch a postar sobre você, não tem nenhuma garantia de que o TechCrunch vá colocar um link para o seu site. Eles vão te mencionar, mas não necessariamente colocar um link.

Mas se você juntar essa estratégia com a tática 3, vai ser bem mais fácil transformar essa menção em um link.

De todas as táticas, essa é a minha preferida, porque ela gera receita.

Quando sites como Venture Beat e TechCrunch falarem de você, prepare-se para conseguir mais leads, vendas e tráfego.

O cara com quem eu falei na PRserve se chama Chris. Antes de pegar um projeto, ele costuma saber o que ele consegue produzir e quanto tempo vai levar. Já fique sabendo que as coisas demoram um pouco, uma vez que ele está correndo atrás de editores de grandes publicações, que costumam ter agendas corridas.

Tática nº 5: Infográficos

Você já me ouviu falar de gráficos antes, mas essa tática tem um toque especial.

Veja, sempre que você cria conteúdo (seja posts no seu blog, vídeos, podcasts), nada garante que ele vai fazer sucesso.

Veja uma captura de tela dos meus últimos posts…

np blogs

Como você pode ver pela imagem acima, alguns posts fizeram bem mais sucesso do que outros. Dá para ver isso pelo número de comentários em cada post (quanto maior o número de comentários, em geral, mais sucesso fez o post).

Você consegue chutar por que alguns posts foram melhores do que outros?

Eu dedico bastante tempo a todos os meus posts, então não é isso. Para ser sincero, ninguém sabe ao certo a resposta. Marketing de conteúdo tende a ser um tiro no escuro, em que parte do seu conteúdo vai fazer muito sucesso, e outra parte, não.

Você vai errar muito mais do que acertar, e é por isso que eu vou explicar uma estratégia que só vai gerar acertos (pelo menos do ponto de vista de links).

Quero que você entre no Ahrefs, clique em “content explorer,” e digite palavras-chave relacionadas à sua área.

content explorer

O Ahrefs vai te mostrar todos os artigos em alta com base em compartilhamentos nas redes sociais e links. Procure artigos que contenham pelo menos 100 backlinks.

Veja um artigo que eu encontrei no content marketing vertical com mais de 3.600 backlinks.

hubspot

O que você deve fazer é ler o post e transformá-lo em um gráfico.

Você vai precisa citar a fonte original. Você pode fazer isso facilmente adicionando a logo deles no rodapé do gráfico, escrevendo ao lado “dados fornecidos por”.

Se você não souber como criar um gráfico, você pode pagar pessoas no Fiverr ou usar ferramentas como o Infogram.

Depois de criar o gráfico, poste-o no seu blog, e, claro, inclua o link para a fonte original. E aí, você deve enviar um email para cada um dos sites que linkaram para o artigo original, mencionando como você o transformou em um gráfico. Envie também o código para inserir no html.

O email deve ficar mais ou menos assim…

Assunto: Acho que você precisa ver isso

[inserira o primeiro nome da pessoa], você não concorda que as pessoas aprendem melhor com recursos visuais?

Imagino que sim. Todos nós tendemos a aprender melhor vendo imagens do que lendo textos. 🙂

Eu vi que você linkou para [insira o artigo para o qual ela linkou] e eu entendo por quê. É um ótimo recurso para os seus leitores. Eu também gostei bastante, e foi por isso que eu o transformei em um gráfico.

[insira o link para o seu gráfico]

Se você achar que vai ajudar seus leitores a processar melhor a informação, fique à vontade para inserir no seu blog.

Ah, e se você estiver se perguntando para onde você linkou [nome do artigo para o qual ela linkou], foi aqui [URL do artigo linkado].

Um abraço,

[insira seu nome]

PS: Me diga se tiver qualquer coisa que eu possa fazer por você.

Essa abordagem de link building requer algum trabalho, mas funciona bastante. Isso porque você não precisa ficar adivinhando o que as pessoas gostam.

Desde que você pegue artigos informativos que possam ser transformados em gráficos, e que esses artigos tenham pelo menos 100 links, você vai conseguir gerar links.

Mais uma vez, eu posso repetir isso milhares de vezes, você precisa procurar artigos com pelo menos 100 links. Alguns sites linkando vão ser uma porcaria e nem todo mundo vai inserir o seu gráfico… Então, buscar um site com pelo menos 100 links, em geral, deve te dar um retorno de 16 ou 17 links.

E se você não souber como criar um código de html para o seu gráfico, é só usar esse plugin do WordPress.

Um bom exemplo dessa estratégia é esse gráfico da ciência do horário nas redes sociais que a gente criou. Os dados foram coletados originalmente pelo Dan Zarrella. Nós só os transformamos em um gráfico visual. Essa estratégia me ajudou a gerar 1.070 backlinks.

infographic links

Tática nº 6: Método Moving Man 

Você tem ideia de quantos negócios fecham todo ano? Eu não sei o número exato, mas devem ser muitos, porque 7 em cada 10 negócios fracassam.

O fechamento desses negócios abre várias oportunidades de links… Portanto, link building de links quebrados existe. Mas hoje eu não vou falar sobre link building de links quebrados, porque vocês já conhecem o assunto.

Eu vou falar, na verdade, de uma estratégia parecida, com um toque especial, chamada Método Moving Man. Ela foi criada pelo meu amigo Brian Dean e o ajudou a gerar links com alta autoridade de domínio.

Se você quer aproveitar o Método Moving Man, você precisa encontrar negócios que:

  • Tenham mudado de nome
  • Tenham parado de atualizar seus recursos
  • Tenham descontinuado produtos ou serviços
  • Estejam lentamente deixando o negócio morrer por falta de dinheiro
  • Tenham anunciado o encerramento das atividades (mas ainda não tenham encerrado)

Brian usou essa estratégia para conseguir um link com autoridade de domínio de 87.

backlinko example

Se você quer aproveitar o Método Moving Man, você precisa primeiro encontrar sites da sua área que tenham feito uma das cinco coisas acima.

Por exemplo, na área de marketing, o Search Engine Watch costumava ser um site de pesquisas famoso, mas desde que ele foi comprado há alguns anos, os donos atuais não vêm fazendo muita coisa. O negócio não vai muito bem e eles não dedicam muito tempo ao site.

E a Blueglass já foi uma agência famosa de SEO até fechar suas principais operações nos EUA. Veja alguns exemplos de emails que o Brian enviou para obter links.

outreach

Na maioria dos casos, as pessoas respondem, porque você as está ajudando a garantir que o site delas vai ficar atualizado sem que elas linkem para URLs que não vão beneficiar os leitores, e, segundo, você as está dando uma nova opção de link, então elas não têm que perder tempo encontrando um conteúdo para substituir.

E a resposta que o Brian recebeu foi a seguinte:

email response

Essa estratégia funciona de maneira semelhante ao link building de links quebrados. Você só precisa pegar o link que atenda a um dos 5 requisitos acima e colocá-lo no Ahrefs.

search engine watch

Conclusão

Eu sei que é difícil fazer link building. Eu já estive na situação em que você está hoje. Você passa horas intermináveis tentando conseguir links, mas, por alguma razão, não consegue convencer ninguém a linkar para você.

Independente do quão tentador possa parecer, não procure atalhos como comprar links. Foque em estratégias de curto prazo, que vão garantir que você vai ter um melhor desempenho no Google a longo prazo.

E, se você estiver tendo dificuldades, comece com a primeira tática que eu citei nesse post. Ela tende a ser eficaz, e você pode usá-la em grande escala.

As táticas 2 e 5 requerem um pouco mais de esforço, mas elas também funcionam muito bem. Por exemplo, o gráfico que eu mostrei na tática 5 tem mais backlinks do que o artigo original. 😉

As táticas 3 e 4 também funcionam, mas não vão gerar centenas de backlinks. Você ainda deve usá-las, já que, quando mais links você conseguir, melhor para você. Você só precisa de paciência com essas duas.

E, por fim, a tática 6 também funciona, mas você nem sempre consegue controlar o timing. Isso porque você precisa esperar os sites da sua área atenderem a um dos 5 requisitos que eu cito nessa tática.

Se você está tendo dificuldades para conseguir links, use todas essas táticas. Elas funcionam bem e você vai perceber os resultados dentro de 30 dias.

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/como-conseguir-link-building/

Comentários

comentários

Share This