(32) 3061-1694

Marketing de conteúdo é uma coisa difícil de usar no mundo de hoje.

Existem tantas técnicas diferentes por aí que é quase impossível saber o que funciona e o que não funciona.

Novas e extravagantes técnicas de growth hacking que prometem a você 100000% de impulso em vendas e conversões estão quase sempre mentindo.

Você trabalha com blog? Você cria infográficos? E quanto ao conteúdo em vídeo?

Às vezes, apostar nos métodos comprovados é a melhor estratégia a seguir.

Então, o que funciona e o que não funciona? E para que serve o marketing de conteúdo?

É isso que vou compartilhar, apenas com métodos baseados em dados.

Aqui estão as 13 técnicas baseadas em dados para usar o marketing de conteúdo em sua estratégia e melhorar o seu ranking.

1.  Estabeleça objetivos para o conteúdo

Antes de mergulhar no marketing de conteúdo com a intenção de alavancar os rankings, leads e tráfego, você deve definir objetivos.

Entender os tipos de conteúdo a escolher normalmente vai depender de seus objetivos comerciais e de onde seus clientes estão.

A única maneira de criar conteúdo ativo que influencia rankings e links é segmentar com base nas fases do funil e separar conforme seus objetivos.

Antes de criar conteúdo, faça as seguintes perguntas:

Por que você está criando este conteúdo, para qual mercado ele apela e qual propósito ele vai servir?

Criar conteúdo apenas por criar é uma estratégia que vai desperdiçar seus recursos e seu tempo.

Ao invés disso, você deve ter um objetivo por trás de cada coisa que cria e deve entender para que serve  o marketing de conteúdo.

Por exemplo, recentemente escrevi um aprofundado artigo no blog sobre a indexação que prioriza dispositivos móveis do  Google:

pasted image 0 169

Fiz isso porque queria atrair mais pessoas interessadas em marketing e SEO para dispositivos móveis para o meu blog.

Se eu não quisesse esse tráfego, não teria me preocupado em escrever sobre isso.

Para qualquer coisa que você vá fazer em marketing, calcule seus riscos ao analisar o porquê por trás de suas ações.

2. Poste no blog com mais frequência do que você pensa que deveria

Escrever para o blog é uma ótima forma de trazer novos e orgânicos visitantes para o seu site.

E a maior parte das pessoas está escrevendo posts para seus blogs no momento, especialmente no nicho B2B.

Mas eles não estão fazendo isso de forma otimizada.

Escrever posts algumas vezes por mês pode gerar resultados surpreendentes e muito mais tráfego do que não fazer nada.

Mas se você está interessado em mais leads e mais tráfego (coisas que sabemos que você está), então você deve escrever posts com mais frequência.

Em 2017, uma pesquisa do HubSpot descobriu que postar de 0 a 2 vezes por mês em seu blog vai gerar uma média de 100 novas visitas.

pasted image 0 69

Mas as empresas que estão postando conteúdo 16 vezes ou mais por mês estão mais do que triplicando esse número.

Embora esse número não seja viável para todas as empresas, é um objetivo com o qual você pode trabalhar.

Não importa se você é uma empresa B2B ou B2C, postar conteúdo pode trazer mais tráfego:

pasted image 0 89

Além de tráfego, as empresas que postam conteúdo com maior frequência geram mais inbound leads:

pasted image 0 167

Se você está atraindo apenas 100 leads no momento com alguns posts, imagine apenas a quantidade que poderia atrair com mais de 16 por mês.

A chave para o sucesso é a seguinte:

Empresas de todos os tamanhos no mercado B2B e B2C podem se beneficiar com mais postagens de alta qualidade a cada mês.

Dica de Profissional: apenas lembre-se de manter a qualidade alta. Toda postagem deve ser longa e induzir a uma ação.

3. Crie conteúdo que atraia links

Quanto mais links você tiver, melhor.

De acordo com o Google, os dois principais fatores que influenciam os rankings são conteúdo e links.

Um estudo suplementar do Backlinko descobriu que isso é verdade, com os dados mostrando que os links externos tem uma correlação direta com rankings mais altos:

pasted image 0 97

O problema é que os links externos estão cada vez mais difíceis de conseguir.

Exige um  conteúdo perfeito e toneladas de compartilhamentos sociais para conseguir uns poucos links básicos.

Você deve fazer uma campanha para consegui-los quando se trata de seu site e blog.

Mas você pode combater o típico esforço de construção de links ao criar conteúdo que os atraia.

Conteúdo que atrai link é um conteúdo simples que gera links facilmente.

Por exemplo, infográficos. Ao construir o Kissmetrics, desde o início usei infográficos para gerar 2,512,596 visitantes e mais de 40,000 links externos.

Por que os infográficos funcionam? Porque 65% das pessoas são aprendizes visuais:

pasted image 0 64

Outros tipos de conteúdo que atraem links incluem:

  • E-books
  • Whitepapers
  • Estudos de casos
  • Videos

Esse tipo de conteúdo é conhecido por conseguir mais compartilhamentos do que uma postagem normal de seu blog.

Experimente usá-los para conseguir links mais rápidos e alavancar seus rankings e compartilhamentos sociais.

4. Teste seus títulos

Os títulos de postagens são uma parte complicada, porém poderosa, de qualquer planejamento de marketing de conteúdo.

Criar um conteúdo incrível mas promovê-lo com um título chato e de baixa qualidade pode levar a baixos resultados que vão te deixar confuso e desmotivado.

Mas o contrário também é verdade:

Escrever um título provocador pode aumentar a sua taxa de cliques e melhorar o poder de viralizar do seu conteúdo.

Além do mais, o CTR é um fator indireto de ranking. Embora não influencie diretamente os rankings, faz sentido que o Google coloque os conteúdos mais populares nos lugares mais altos dos resultados.

O problema é que escrever títulos é duro. É difícil saber o que tem apelo para o seus usuários e o que não tem.

Por essa razão, eu adoro usar o Headline Analyzer da CoSchedule:

pasted image 0 166

Basta inserir seu título no Analyzer e você verá uma pontuação de 0 a 100 que avalia o seu sucesso:

pasted image 0 143

Ao quebrar seus títulos com palavras poderosas e emotivas, essa ferramenta de título é incrível para aperfeiçoar sua abordagem.

Ela irá dizer o que falta em seu conteúdo e o que ele precisa para obter mais sucesso.

Experimente usá-la para testar títulos diferentes e ver quais deles tem maior apelo aos seus consumidores.

5. Complemente sua estratégia de conteúdo com publicações sociais (mas não como está fazendo agora)

Depois de publicar uma postagem em seu blog, ou um novo vídeo no YouTube, qual é seu primeiro passo para promovê-los?

Geralmente, as pessoas compartilham o conteúdo em todo e qualquer canal social possível.

E essa estratégia é um ótimo começo. O compartilhamento social me ajudou a conseguir toneladas de tráfego, compartilhamento e por fim, links.

Quanto mais usuários leitores do meu conteúdo, melhor.

Não apenas consigo mais tráfego, mas provavelmente vou conseguir mais links por ter ajudado mais pessoas que podem me referenciar depois.

Mas muitas vezes, estratégias de publicação em plataformas sociais não funcionam.

Por que? Bem, atualmente em plataformas como o Facebook, o alcance orgânico está diminuindo.

pasted image 0 171

Tem sido assim nos últimos seis anos.

Mas isso não significa que é impossível usar plataformas sociais para conseguir links e tráfego.

Significa apenas que temos que adaptar e mudar nossos planos de jogo.

O método padrão de compartilhar e fazer spam não funciona mais. Você não pode ficar publicando e publicando o mesmo conteúdo, ou postá-lo dez vezes ao dia.

Ao invés disso, siga a estratégia de posts no Facebook do Buffer para conseguir mais engajamento. Para combater o declínio do alcance orgânico, eles tentaram publicar com menor frequência no Facebook:

pasted image 0 151

No final de 2016 e no começo de 2017, eles começaram a publicar apenas uma ou duas vezes por dia.

Como resultado, viram um aumento de 30x no engajamento orgânico. Fascinante.

Eles conseguiram um reconhecimento pesado por postar melhores conteúdos com menos frequência.

O alcance orgânico deles começou a disparar:

pasted image 0 102

Em cima do alcance, mesmo o engajamento médio diário aumentou em dias em que eles não publicaram:

pasted image 0 136

Com plataformas sociais, experimente publicar apenas seus melhores conteúdos de marketing.

Se você continuar publicando toda pequena ação socialmente, você não verá grandes resultados.

Publicar menos pode aumentar seu alcance e engajamento, resultando em mais tráfego e mais links.

6. Reutilize conteúdo

Todo mundo quer mais conteúdo para gerar mais tráfego e vendas, mas ninguém quer gastar tempo criando isso.

Criação de conteúdo é uma tática de trabalho intensiva. De acordo com a OrbitMedia, uma simples postagem de blog leva em média 3 horas e 16 minutos.

pasted image 0 173

E isso é baseado numa postagem de blog de 1,000-palavras.

O que significa que se você está escrevendo uma postagem de 2,000-palavras, você pode estar gastando em média 6.5 horas para escrever o conteúdo.

Isso é apenas para as postagens de blog. Criar, editar e publicar um conteúdo em vídeo é ainda mais trabalhoso.

Não apenas leva um longo tempo para criar o conteúdo, mas também exige grandes ideias, muitas vezes difíceis de desenvolver por conta própria.

Ao invés de perder tempo escrevendo novos conteúdos e pensando em novas campanhas, atribua novos propósitos, reutilizando seu conteúdo atual em novas campanhas.

Eugene Cheng colocou em prática essa estratégia ao reutilizar o conteúdo de seu blog no Slideshare e publicar no LinkedIn.

pasted image 0 163

Isso gerou mais de 10,000 inscritos e milhões de visualizações.

Reutilização de conteúdo funciona. Os dados provam isso.

Experimente transformar o seu conteúdo existente em novas formas. Se você tem um conteúdo em blog, transforme em um slideshow, vídeo ou campanha de email.

Se você tem conteúdo de email, transforme em whitepapers exclusivos.

Sempre considere formas de reutilizar conteúdo para mais engajamento e tráfego com menos trabalho.

7. Use a pesquisa no local para alavancar os rankings

Às vezes, as ideias mais óbvias de conteúdo estão bem a sua frente.

Algumas que, se aproveitadas, podem se transformar em ótimos resultados para o seu negócio.

Se você tem funcionalidade de pesquisa no local, deve sempre verificar o relatório de Termos de Pesquisa no Google Analytics:

pasted image 0 170

O relatório de pesquisa no local detalha todas as pesquisas exatas que foram feitas em seu site.

Ele contém as palavras-chave exatas que as pessoas pesquisam em seu site.

Analise a lista e veja se você tem algum tópico que não está coberto em seu site.

Essas palavras-chave podem facilmente informar qual deverá ser seu próximo conteúdo, permitindo que você satisfaça a pesquisa na próxima vez.

8. Mencione influenciadores em seu conteúdo

Conseguir links é bem difícil. Mas você não pode usar qualquer link.

De acordo com o Backlinko, você precisa de links de fontes de alta qualidade na Internet. Sites com alto domínio de autoridade:

pasted image 0 161

Se você quer ser o primeiro no ranking com conteúdo e trazer mais leads, links de domínios com alta autoridade devem ser um grande alvo em sua estratégia de marketing.

Uma das melhores maneiras de consegui-los é simplesmente mencionar influenciadores ou criar postagens do tipo ping pong onde você entrevista especialistas em seu nicho.

Por exemplo, fui recentemente entrevistado para um post no Shopify e fui mencionado no LinkedIn por isso:

pasted image 0 147

Com minhas citações usadas na peça, consigo reconhecimento pessoal de uma nova audiência, mas também dei vários backlinks na peça por ter mencionado meu nome.

Solicitar aconselhamento dos melhores especialistas no seu nicho para o seu próximo artigo vai aumentar as chances de que eles vejam, compartilhem e façam link de volta para você.

9. Escreva conteúdos mais longos

E se eu te contar que você provavelmente não deve apenas ter como meta mais de 16 postagens no blog por mês, mas que você também precisa escrever conteúdos mais longos?

Parece mais uma batalha para vencer, mas vale a pena.

Deixa eu explicar por quê.

O tamanho médio de uma postagem de blog em 2016 foi um pouco acima de 1,000 palavras:

pasted image 0 74

Mas estar na média não vai direcionar rankings e conversões de grandes inbound leads.

Não quando estudos mostram que conteúdos perto de 2,000 palavras tem ranking mais alto nos resultados de pesquisa do Google:

pasted image 0 111

Conteúdos mais longos estão dominando a cena agora.

Eles vencem porque são abrangentes. Podem cobrir múltiplos assuntos e subtemas com a mesma publicação, o que significa que o usuário não terá que ficar pesquisando cada tópico e definição.

Se você quer criar conteúdos mais longos, tente usar a caixa “Pessoas também pesquisam por”. Toda vez que você clica em uma nova questão, mais questões relacionadas são geradas.

pasted image 0 157

Você pode pegar essas questões comuns e dividi-las em linhas gerais para novos conteúdos:

  • Preenchimento de Palavras-chave e SEO
  • Meta Descrições 101
    • Como otimizar suas tags para SEO
  • Densidade de Palavras-chave: Isso importa?
    • O que é spam de palavras-chave?

Use o Google para gerar ideias mais rápidas para novos conteúdos que você poderá transformar em postagens longas para o blog ou mesmo em e-books.

10. Foque em conteúdo em vídeo

Atualmente, toda atenção está focada está em postagens de blog quando se trata de marketing de conteúdo.

E por uma boa razão:

Elas te ajudam a ter ranking para palavras-chave específicas e direcionam novo tráfego inbound que de outra forma poderia nem ter ouvido falar de você.

É uma grande adição para qualquer campanha de aquisição de consumidores.

Mas geralmente, os profissionais de marketing se concentram muito em blogs, ao invés de colocar foco em meios comprovados e bem sucedidos como o vídeo.

Atualmente, o YouTube está vendo um crescimento explosivo, com mais de 1.5 bilhões de usuários ativos por mês:

pasted image 0 165

A base de usuários está crescendo rapidamente, e os usuários estão consumindo conteúdo como loucos.

Os usuários ativos do YouTube assistem mais de uma hora de conteúdo em vídeo na plataforma diariamente.

Esses fatos foram a razão principal por trás do meu esforço de colocar mais do meu orçamento em conteúdo de vídeo do que em esforço concentrado apenas em postagens de blog:

pasted image 0 119

Agora publico múltiplos e informativos vídeos em dezenas de tópicos de marketing toda semana.

Isso ajudou meu negócio a crescer, trazendo mais tráfego de outras fontes além da busca orgânica.

Com vídeo, você não precisa de um orçamento enorme como pode estar pensando.

Você pode começar fazendo vídeos informativos de conteúdo Como Fazer, mostrando para alguém como otimizar corretamente o SEO para pesquisas no local, por exemplo.

Usando um gravador de tela gratuito, você pode facilmente capturar vídeo em seu computador, ajudando pessoas com problemas iniciais comuns em seu nicho.

pasted image 0 106

Ou considere fazer diversos conteúdos em vídeo que se parecem com infográficos. Usando Biteable, você pode criar diferentes formas de conteúdo em vídeo com os modelos grátis que eles oferecem:

pasted image 0 93

Comece pequeno e construa seus seguidores e tráfego até você conseguir mover seu orçamento e investir em equipamentos de alta qualidade.

Mas por enquanto, ferramentas gratuitas estão disponíveis para qualquer um procurando começar sua campanha de vídeo online.

Além disso, os vídeos do YouTube estão conseguindo rankings mais frequentes para milhares de diferentes pesquisas no Google:

pasted image 0 140

Agora é a hora de investir em vídeo para diversificar seu conteúdo e alavancar de forma disparada seu tráfego.

11.  Use ferramentas como Grammarly e Hemingway para melhorar seu conteúdo

Escrever conteúdo de fácil leitura e gostoso de ler no mundo do marketing é duro. É difícil transformar dados técnicos e táticas em algo divertido e conciso.

Como é que eu sei disso? Bem, em primeiro lugar, por experiência própria.

Eu costumava ser péssimo em escrita. Ficava maluco.

Mas agora, eu amo isso, e parece fácil produzir conteúdo para qualquer tipo de assunto.

Em segundo lugar, a maior parte das pessoas dá uma breve olhada/faz leitura rápida do conteúdo quando está lendo online. O que significa que o seu conteúdo tem que ser extremamente legível se você quiser ter sucesso.

Usar blocos de citações, imensos parágrafos e artigos escritos no estilo trabalho escolar simplesmente não vai decolar online e nem gerar resultados.

As pessoas estão com pressa e não querem perder o seu tempo lendo.

Usando ferramentas como o Grammarly e o Hemingway melhorei drasticamente a minha escrita.

Com o Grammarly, você pode digitar diretamente na plataforma e testar seu texto para cópia e plágio ou mesmo vocabulário abaixo da média:

pasted image 0 154

E com o Hemingway, o editor automaticamente detectará sentenças que são difíceis de ler ou que tem alternativas mais simples de serem usadas.

pasted image 0 129

Ele pode até mesmo detectar se você está escrevendo na forma passiva ou usando os advérbios de forma errada.

Essas duas ferramentas são as melhores amigas dos escritores e devem se tornar parte massiva da sua estratégia de conteúdo.

12. Invista em conteúdo de marca

Quando você faz uma pesquisa no Google e vê os resultados, qual é o seu primeiro passo antes de clicar?

Você lê apenas os títulos e as chamadas? Ou você olha para a peça inteira para ver de qual site ela é?

pasted image 0 79

A probabilidade é de que, a menos que você seja super novo no mundo do marketing, vai procurar as marcas mais comuns que tem mais influência e credibilidade, correto?

Por exemplo, mesmo se você for novo no mercado e tiver ouvido falar apenas da marca X, você poderá até mesmo conduzir uma pesquisa com a marca para determinado assunto:

Marca x + Guia SEO.

A verdade é que a preferência por marcas ainda está firme e forte.

Um estudo recente em marcas e comportamento de compra dos consumidores confirmou isso, mostrando que 59% odos compradores preferem fazer negócio com marcas familiares:

pasted image 0 168

Cada vez mais, os profissionais de marketing B2B estão listando a percepção de marca como um fator crítico em seu sucesso:

pasted image 0 172

Ter uma forte percepção de marca pode até aumentar sua taxa de abertura para campanhas de email:

pasted image 0 60

Construção de marca não é apenas para grandes corporações com bilhões de dólares de orçamento.

Pequenos negócios no mercado B2B também podem promover suas marcas e deveriam estar investindo de forma pesada em conteúdo de marca.

13. Encontre os melhores conteúdos para uma palavra-chave e faça engenharia reversa com isso

Com tanto conteúdo produzido diariamente, é um tiro no escuro saber se o seu conteúdo irá alcançar o mesmo sucesso.

Uma das formas de preparar-se para grandes conquistas com marketing de conteúdo é analisar as peças de sucesso atuais e tentar replicar o processo para o seu próprio negócio.

Ao tentar conseguir ranking com conteúdo de uma determinada palavra-chave, pode ser assustador olhar para os resultados das buscas.

Por exemplo, uma simples busca até mesmo para essa grande palavra-chave de cauda longa “seo local para pequenos negócios” é uma análise SERP de populares e maciços sites:

pasted image 0 133

Palavras-chave de cauda longa são geralmente apresentadas como as melhores para o ranking, o que é um pouco verdade, mas nem sempre se aplica.

Não quando se trata de indústrias competitivas.

Se o seu nicho é menos competitivo, você pode ter uma chance mais fácil de obter ranking.

Mas quando o assunto é SEO, você estará enfrentando sites maiores com mais perfil de grandes links.

O melhor jeito de atacar conteúdo e novas palavras-chave é fazendo engenharia reversa no processo.

O que eu quero dizer é que você deve olhar para o produto final de determinadas palavras-chave e resultados de pesquisa.

Usando o Explorador de Palavras-Chave do Moz, você pode pesquisar por qualquer palavra-chave para a qual você deseja criar conteúdo:

pasted image 0 125

Aperte o botão Pesquisar e depois analise os resultados SERP:

pasted image 0 115

Como você pode ver, o volume mensal para essa frase de cauda longa não é imenso. Mas ainda assim é competitivo e traz 90% das pesquisas por via orgânica.

A chave aqui é analisar o conteúdo atual que está conseguindo ranking mais alto.

Isso significa todas as peças, estruturas e backlinks do conteúdo atual.

Para começar, copie o primeiro link da análise da SERP e cole no Explorador de Sites Abertos do Moz:

pasted image 0 159

Na caixa de “Links Estabelecidos”, você pode ver a quantidade exata de links que esse post possui.

Role a barra até embaixo e analise quais links ele conseguiu, com foco específico nos sites que fizeram link para ele:

pasted image 0 84

Ao analisar fatores como autoridade de domínio, ele irá dizer qual qualidade de site você precisará para se manter competitivo nas SERPs ao criar conteúdo em um determinado assunto.

A seguir, analise o conteúdo atual da postagem e veja no que você pode melhorar.

Você pode adicionar mais seções? Mais exemplos? Algum estudo relevante, dado ou informação? Você pode deixá-la mais longa?

Encontre qualquer forma de melhorar o seu conteúdo o máximo possível.

Então, você pode se tornar extremamente agressivo em sua estratégia de ranking.

Experimente contactar os sites que estão fazendo link para a postagem de sua competição, perguntando se eles podem conferir a sua postagem e substituir o link.

Não vai funcionar todas as vezes, mas é uma maneira garantida de conseguir alguns links de volta para o seu site.

Faça engenharia reversa dos melhores conteúdos para suas palavras-chave e desenvolva seu próprio plano de jogo para atingir rankings mais altos.

Isso te ajudará também a comparar suas necessidades contra o atual status quo.

Conclusão

Alavancar rankings não é fácil.

Mas é necessário se você pretende ganhar mais leads de táticas de SEO e inbound marketing.

Marketing de conteúdo é sua melhor aposta para conseguir rankings e leads melhores.

Mas nem todos os métodos funcionam. E alguns são uma imensa perda de tempo.

Ao invés de testá-los, siga o que os dados dizem:

Plataformas com explosão de crescimento são perfeitas para direcionar o tráfego.

Invista mais no branding do seu negócio, em engenharia reversa de criação de conteúdo e em estratégia de marketing de conteúdo baseada em métodos comprovados.

Siga essas 13 técnicas baseadas em dados e você estará alavancando seus rankings e tráfego em pouco tempo.

Quais são as suas técnicas baseadas em dados favoritas para alavancar o seu ranking?

 

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/marketing-de-conteudo/

Comentários

comentários

Share This