Neuromarketing--Saiba-Como-O-Cliente-Pensa-e-Use-Isso-a-Seu-Favor-teknabox
Neuromarketing: Saiba Como O Cliente Pensa e Use Isso a Seu Favor
9 de março de 2018
Google-Search-Console--Guia-Completo-Como-Utilizar-o-Search-Console-teknabox
Google Search Console: Guia Completo Como Utilizar o Search Console
14 de março de 2018

Marketing de Rede: O Que é, Como Fazer e Benefícios da Estratégia

Marketing-de-Rede--O-Que-é,-Como-Fazer-e-Benefícios-da-Estratégia-teknabox

Você já ouviu falar sobre Marketing de Rede? Acha que é possível trabalhar em tempo parcial e ainda assim ganhar mais do que ganharia em um emprego de tempo integral?

O marketing de rede é um modelo comercial americano, legal e legítimo, pautado na ideia de distribuir bens ou serviços, no qual o lucro vem da venda de produtos e do recrutamento de novos vendedores.

Parece história de milagres e fórmulas mágicas, não é? As estatísticas de resultados do marketing de rede sinalizam que isso está longe de ser uma falácia.

Muitas pessoas trabalham tempo integral em empregos que demandam um serviço sem desafios, com funções entediantes e salários nada convidativos.

A proposta do marketing de rede – ou multinível – é oferecer aos parceiros lucro ao invés de salário.

Com empenho, paciência e muito profissionalismo você pode criar uma rede de parceiros e revendedores bastante ampla; e ver neste planejamento a quantidade de comissões aumentar inversamente proporcional ao tempo de trabalho demandado.

Parece uma proposta bastante atraente, não é mesmo?

Mas, como grande parte dos negócios alternativos ou fora do padrão estipulado, existem profissionais e amadores. Pessoas que não estão preocupadas com o sucesso do cliente e querem apenas ganhar dinheiro fácil.

Neste artigo, quero mostrar como você pode fazer parte de um negócio pautado pelo método em rede, mas pensando no cliente.

Se o cliente é o foco para as suas campanhas de venda, eu sugiro que você leia meu post Customer Success: Guia Completo Como Reter e Gerar Novos Clientes.

Como um bom empreendedor, você sabe que a perda de lucratividade que ocorre da produção até chegar ao cliente final pode chegar a uma taxa de até 80%. E se esse valor fosse distribuído para o dono do negócio e seus representantes, sem perda de lucro no meio do caminho?

Trabalhar com o Marketing Multinível é exatamente isso.

Ficou curioso?

Então quero mostrar como você pode entrar nesta tendência e, melhor, fazer isso de forma correta, profissional e legítima.

Vamos lá?

Boa Leitura!

O Que é Marketing de Rede no Brasil?

O Marketing de Rede é um modelo comercial americano, pautado na ideia de distribuir bens ou serviços no qual o lucro vem da venda de produtos e do recrutamento de novos vendedores.

Esse sistema é oriundo da idéia de vendas diretas. Com esse pensamento, o produtor vende para um parceiro e este, por sua vez, repassa ao cliente. Percebe que a cadeia de vendas é infinitamente menor?

A ideia de rede é que o produtor crie a sua rede de distribuidores dando suporte, treinamento e assessoria para que estes revendedores – ou parceiros – busquem o cliente no método porta-a-porta ou façam a divulgação de forma automatizada.

Eles ficam responsáveis por fazer a prospecção de novos clientes, nutri-los de alguma forma e fechar a venda. Ao finalizar o processo recebem uma comissão por venda efetuada.

E o produtor investe capital ao criar o produto, desenvolver estratégias e criar técnicas de treinamento. E, naturalmente, recebem uma comissão pelas vendas.

Vamos imaginar que você seja dono de uma empresa que oferece serviço de limpeza.

Você ficou encarregado de contratar empregados e montar todo o treinamento, oferecer uma cartela inicial de clientes e incentivar que eles criem novos contatos durante a prestação de serviço.

Cada cliente que o funcionário consegue trazer para a empresa é prometida uma comissão. Isso para todos que ali trabalham. Bom, um dos funcionários pode pensar: eu tenho o conhecimento, o treinamento e contato com esses clientes.

Por que ao invés de ganhar uma pequena comissão, eu não abro a minha própria empresa e passo a pagar comissões e receber valores maiores pelo meu serviço?

Pronto! Você acaba de perder um ótimo vendedor, o investimento que depositou nele e ainda treinou um concorrente com as suas armas. Percebe que o marketing de redes pode frear essa evasão?

Ao criar uma rede com boas comissões e que todos sejam donos dos seus horários, você incentiva seus parceiros a agirem como tal.

Nos Estados Unidos, este é um mercado que já tem um alto nível de aceitação, por permitir que as pessoas se mantenham nos seus empregos e dediquem um tempo parcial ao marketing de rede – cerca de 20% da população trabalha como revendedor.

No Japão e na China, a taxa das famílias que possuem pelo menos um membro que trabalha neste mercado chega a 40%.

No Brasil, porém, essa taxa ainda é bastante baixa. Muitos brasileiros têm receio do marketing de rede por confundirem-no com o de pirâmide ou por falta de conhecimento a respeito do assunto.

E, como você já sabe, muitas tendências estrangeiras demoram algum tempo para ganhar seguidores brasileiros. Mas um mercado com pouca competitividade pode ser uma ótima estratégia para conquistar seu espaço antes que os concorrentes cheguem.

Marketing de Rede x Marketing Direto

Para entender exatamente como funciona o marketing de rede quero esclarecer algumas dúvidas que muitas pessoas me perguntam.

Falei anteriormente que o marketing de rede é baseado na venda direta, isso quer dizer que o marketing direto é a mesma coisa que o em Rede?

Não! O marketing direto tem uma estratégia diferente em relação a possibilidade do distribuidor entrar em contato e recrutar novos distribuidores. Neste, a remuneração é feita diretamente para o revendedor, sem que isso se torne uma rede.

Já no caso do marketing de rede existe a possibilidade de se criar uma teia de pessoas que vendem o produto e cada uma delas pode conseguir novos vendedores para a empresa.

Como o vendedor tem duas funções – a de vender para clientes e convocar novos vendedores – ele também recebe uma segunda remuneração. Afinal, conseguir novos vendedores aumenta o público e a rede de contato da empresa, nada mais justo que se remunere por isso, certo?

É como se tivéssemos um sistema comercial mais democrático, no qual cada esforço é remunerado. Percebe o quanto o nome rede faz sentido?

Marketing de Rede x Marketing Multinível

Marketing multinível e marketing de rede são sinônimos. Ao ouvir qualquer um destes termos entenda que eles se referem ao mesmo sistema comercial.

A expressão multinível quer dizer que os distribuidores não estão dispostos de forma linear e, sim, por níveis, ou seja, de maneira ramificada.

Marketing de Rede X Pirâmide

Eu diria que essa é a maior dúvida das pessoas que me procuram para saber se investir no marketing de rede é, realmente, um bom negócio.

O marketing de pirâmide é um sistema muito desaprovado pela maior parte do público, mas fique tranquilo, eles não são iguais, muito pelo contrário, diferem em alguns fatores cruciais.

O de pirâmide, também conhecido como esquema de pirâmide ou pirâmide financeira, cria uma cadeia de recrutamento inviável e dependente. A ideia é focada estritamente no recrutamento de novos vendedores.

Diferente do marketing de rede, esse modelo é considerado ilegal em diversos países. Os produtos revendidos costumam ser superfaturados ou sem valor algum para o cliente final. Como uma propaganda enganosa que usa depoimentos dos próprios participantes.

Afinal, muito provavelmente, são os únicos interessados em repassar falsas experiências positivas. Os maiores prejudicados são os distribuidores que ficam na base da pirâmide, que não conseguem recrutar novos vendedores e se prejudicam muito com o processo.

Como identificar um marketing de pirâmide:

  • Os clientes não recebem nenhuma informação sobre a empresa produtora
  • Promessas de rendimentos ilimitados, feitas de forma vaga e sem aprofundamento
  • Comissão e lucratividade vinculadas, exclusivamente, ao recrutamento de novos clientes. Ou seja, você não recebe pela venda do produto e sim ao recrutar novos vendedores
  • Produtos com valores acima do valor de mercado
  • Produtos “inexistentes”, como por exemplo, manuais que ensinem sobre como recrutar vendedores para esse esquema

Fique atento a promessas vagas e exageradas, ok?

Marketing de Rede é Legal?

Sim, o marketing de rede é legal, legítimo e segue as normas do comércio. Devido a confusão que os próprios usuários de marketing de pirâmide costumam imbuir no Marketing Multinível (MMN), muitas pessoas acabam acreditando que ambos são ilegais.

Como em qualquer outro tipo de comércio, as empresas devem estar de acordo com algumas normas, caso contrário, o sistema torna-se ilegal, da mesma forma que um produto X com embalagem clonada de um Y, ou etiquetas de mercado trocadas para que produtos vencidos sejam considerados aptos para consumo.

O Marketing de Rede – ou Multinível – deve seguir as Leis do Comércio, do Consumidor e as Tributárias. Como este é um ramo em franca ascensão, algumas outras providências foram tomadas para regulamentar o sistema de forma que todos sejam protegidos de golpes.

Uma cartilha foi desenvolvida pelo Governo em conjunto com Associações de Proteção Comercial. Nela foram instituídas algumas orientações para que nenhuma regra seja burlada ou interpretada com viés.

Para reiterar a legalidade do sistema de Marketing de Rede, o SENACON em conjunto com o CVM (Comissão de Valores Monetários) publicaram o Boletim 6 SENACON. O documento reitera as diferenças entre a legalidade do Marketing de Rede e a ilegalidade do sistema de Pirâmide.

4 Pilares do Marketing de Rede

Quando pensamos em modelos comerciais sempre linkamos o objetivo do sistema com os pilares para mantê-lo forte e estruturado. O marketing de rede tem um conjunto de pilares que serve como base para que cada nível do sistema consiga atingir seus objetivos.

Se a sua empresa está inserida no MMN e não conhece ou investe nestes 4 pilares você provavelmente está funcionando em um modo aquém do que a sua empresa tem capacidade.

Os pilares são:

A empresa

Quando vamos escolher onde investir nosso dinheiro precisamos fazer uma pesquisa de mercado e analisar todos os pontos e possibilidade daquele destino. O mesmo ocorre com o marketing de rede.

Existem muitas empresas nesse mercado e não necessariamente são empresas confiáveis, competentes ou profissionais. Quando você decidir investir em Marketing Multinível, fique atento se a empresa da qual você será um afiliado corresponde a esses itens abaixo:

  1. Bom histórico
  2. Relevância e representatividade no mercado
  3. Plano de Marketing

A empresa é o primeiro pilar para sustentar o marketing de rede. Naturalmente, ela precisa ser formada por profissionais competentes que construam um planejamento coerente com a situação do mercado.

Uma empresa boa, honesta e dedicada cava o seu espaço dentre tantas sem a mesma competência. Mesmo que a sua empresa seja uma startup ou você queira ser revendedor de uma marca nova, você deve ficar atento a quais atitudes essa empresa tem tomado para preencher os itens acima.

O sistema ou a rede

Quando falamos desse formato de marketing pensamos em diversos tipos de sistema. A rede pode ser extensa ou limitada. Pode haver uma grande variação nas comissões estipuladas e como elas vão ser repassadas para os afiliados.

A variação é natural – e aceitável – dentro de qualquer negócio. Mas a minha sugestão para você que quer ser um afiliado é que escolha uma empresa que tenha esse formato de sistema muito bem delimitado.

Não é a toa que sugeri esse item como um dos pilares. Se a empresa não tem seu formato de rede bem definido ela, muito provavelmente, fará vários ajustes e reajustes, por não saber exatamente onde quer chegar e o que quer formar.

E, pior, sem um planejamento e sem uma delimitação de rede a empresa pode gerar prejuízos e instabilidade para todos os afiliados.

O produto

Tenho certeza que você jamais investiria dinheiro em um produto que não fosse bom, é exatamente por isso que ele é um dos pilares do marketing de rede.

Não existe estratégia de marketing que mantenha uma empresa lucrando a longo prazo se o produto não for bom, atrativo ou trouxer algum valor para os clientes. E não pense que basta dizer que o produto é bom, contratar três ou quatro depoimentos e esperar que as pessoas acreditem.

Hoje, com a facilidade de dispersão de ideias, dificilmente uma empresa consegue abafar os comentários negativos e experiências frustrantes.

Bom, mas e se você gostaria de ser um afiliado, como analisar se aquele produto vale a pena? Eu tenho algumas dicas de algumas perguntas que você deve responder, vamos lá?

  1. Ele tem utilidade?
  2. Ele tem qualidade? Visualmente falando: embalagens, materiais e conteúdo.
  3. Quanto ele vai custar para os clientes? Pense se as pessoas do seu nicho pagariam esse valor pelo produto ofertado. E, principalmente, compare-o com outros do mercado.
  4. Existe uma gama de produtos? A empresa tem um grande portfólio? Você deve notar que as empresas que mais se destacam no MMN são aquelas que possuem um leque maior de produtos.

Liderança

Se você trabalha com prospecção, coach e vendas, com certeza sabe o poder da liderança. Sinto dizer mas se você não tem habilidade de liderança, não tem um líder forte ou não pretende desenvolver essa característica, as chances do seu negócio prosperar são pequenas.

Para não dizer nulas, ok?

O sistema de marketing multinível demanda compreensão das informações básicas e complexas, gestão e relacionamento de equipe e cliente, além de um alto poder de convencimento.

Poucas empresas disponibilizam algum treinamento relacionado a liderança, muitas delas se preocupam tanto em criar vendedores que se esquecem de desenvolver líderes.

Não é a toa que mais da metade das pessoas que procuram o marketing de rede acaba desistindo nos 2 primeiros meses. Elas não são líderes natos e não recebem nenhuma atenção para desenvolver essa habilidade; na hora de recrutar novos parceiros elas simplesmente não conseguem.

Se o seu recrutado não tiver o poder de liderança ele não só não vai conseguir aumentar as vendas do produto, como, muito provavelmente, vai desistir de ser um afiliado. Quero algumas características de líder que você deve estimular nos seus parceiros.

  • Busca por conhecimento, principalmente do plano das empresas, suas metas e valores
  • Saber o momento de falar e o de ouvir
  • Disponibilidade de tempo, atenção e principalmente paciência. Mesmo que seja em meio período, a entrega deve ser de qualidade
  • Desperte motivação – essa talvez seja uma das características mais intrínsecas de um líder, ele precisa contagiar pessoas
  • Ser exemplo

É claro que existem tantas outras qualidades de um líder, mas se você trabalhar com profissionais que tenham facilidade com os itens acima, eu garanto que você terá uma boa liderança na campanha de marketing de rede.

Sistema de Recrutamento

O recrutamento é um dos fatores mais complexos do marketing de rede. Se convencer pessoas sobre a qualidade do seu produto para uso pessoal já é uma tarefa árdua, imagine convencer um profissional que ele deve investir, comprar e revender o seu produto.

O recrutamento normalmente é realizado de duas formas:

  • Porta-a-porta;
  • Pela Internet.

Quando acompanhamos a evolução do marketing, vemos uma clara caminhada para automatização de todas as suas áreas. O recrutamento no marketing de rede não é diferente. Vou falar sobre alguns passo para facilitar essa etapa.

1 – Definir o público-alvo:

Para mim não existe estratégia de marketing sem a definição de um público específico. Saber quem você quer atingir minimiza a taxa de investimento sem retorno. Construir uma persona e definir características dos clientes em potencial é o primeiro passo para uma estratégia bem sucedida.

2 – Ter perfil nas mídias sociais:

E uma dica: crie perfis em quantas redes você puder. Desenvolver um relacionamento com as pessoas que podem se interessar pelo seu produto é extremamente produtivo para o seu plano de Marketing de Rede.

O Youtube é uma ferramenta bastante poderosa, afinal, conteúdos em formato de vídeo são os mais consumidos no Brasil. Facebook, Instagram e Twitter também podem lhe auxiliar na interação com o público.

Dessa forma você pode criar conexões com ele, o que colabora – e muito – para disparar gatilhos mentais. Persuasão, conexão e autoridade são gatilhos infalíveis no Marketing Multinível.

Procure criar postagens automáticas, agendadas para os horários de maior movimento em cada mídia. E procure não ser muito repetitivo, as pessoas – e os gerenciadores – podem considerar o seu conteúdo como spam.

3 – Utilize um blog:

Produzir conteúdo de valor que tenha como objetivo nutrir seus contatos é uma ótima estratégia de marketing de conteúdo e que pode ser muito bem-vinda no marketing de rede.

Com textos de blog você pode evidenciar o problema do seu público, desenvolver quais são as possíveis soluções e demonstrar que o seu produto pode ajudá-lo a solucionar essas questões.

Nem sempre as pessoas se atentam que possuem aquela dor, cabe a você mostrar isso.

4 – Produza uma isca digital:

Se você me acompanha há algum tempo já percebeu o quão úteis são as iscas digitais. Elas são muito utilizadas para transformar clientes em potencial em leads. Você pode oferecer algo de valor para aquele prospect e solicitar um email para envio.

Se você está a procura de outros vendedores, fornecer um conteúdo de valor relacionado ao produto que você quer mostrar pode ser uma boa alternativa para conquistar um contato.

Mas lembre-se, confiança é um dos fatores mais delicados dentro do marketing de rede, se você prometer algo de valor e não cumprir com a promessa, com certeza vai perder a confiança deste contato em potencial.

5 – Tenha uma página de captura incrível

Depois de conseguir fisgar seu cliente em potencial, ele precisa acessar a sua página de captura. E ela precisa ser objetiva, cativante, informativa e muito persuasiva.

Saiba mais sobre páginas de captura no post: Como Criar Landing Pages Super Convertedoras: o Guia Definitivo

6 – Treinamento

Esse é um item tão importante que gostaria de falar sobre em um tópico específico, vamos lá?

Sistema de Treinamento

A fase de treinamento é primordial para você construir uma cadeia de distribuidores homogênea. Pense que você criou esta estratégia em rede para duplicar seus contatos, possibilidades de ganho e área de alcance.

Mas, se você e cada um da sua rede não estiverem remando juntos e para a mesma direção, a sua estratégia não será apenas ineficiente como a possibilidade do nome da sua marca ficar prejudicado é muito grande.

Procure desenvolver um treinamento baseado no seu produto e nos seus objetivos. Existem inúmeros ebooks, workshop e cursos para criar um treinamento perfeito. Se você não tem prática, pesquisar a respeito pode ser uma ótima.

Mas cuidado, fórmulas prontas nem sempre se encaixam com o perfil da sua empresa.

Com um sistema bem estruturado você pode replicar inúmeras vezes a sua estratégia. E, dessa forma, multiplicar todas as suas experiências de sucesso por cada um dos seus distribuidores.

Imagine que o seu potencial para conquistar clientes é de 100 clientes ao mês, se você treinar um distribuidor e ele conseguir o mesmo potencial serão 200 clientes por mês. E se você treinar 3, 5, 10 distribuidores? Percebe que é uma reta crescente bastante lucrativa?

Pois bem, então desenvolva – ou adquira – um treinamento com diretrizes bem demarcadas, padrões de abordagem, ações, vendas e de gestão. Tenho certeza que, dessa forma, você vai criar uma equipe muito bem estruturada.

Como Fazer Marketing de Rede

Bom, agora que você já aprendeu grande parte da teoria sobre marketing de rede, vamos para a prática?

Antes de começarmos, eu gostaria que você compreendesse que a prática sem a teoria é uma atitude que grande parte dos amadores fazem e que, infelizmente, aumenta a taxa de desistência dentro do marketing multinível.

Todo negócio costuma ser mais complicado no começo, mas eu não quero que você passe por fases mais difíceis do que precisa. Portanto, fique atento às dicas e ensinamentos deste artigo, certo?

Algumas pessoas se perdem logo na escolha de um produto para produzir ou na decisão por ser um divulgador dessa ou daquela empresa.

É natural que ao entrar em um novo mercado – ou sistema – você fique inseguro ou que tenha milhões de dúvidas. A minha intenção, no entanto, é, como sempre, sanar a maior parte dessas inseguranças.

Mas caso você não tenha compreendido algo deixe nos comentários, certo?

Vamos às dicas de como fazer marketing de rede!

Faça Um Planejamento Inicial

Esse, na verdade, deve ser o primeiro passo para qualquer negócio, seja ele de vendas direta, tradicional ou qualquer outro tipo.

Aliás, montar um planejamento inicial é fundamental para qualquer tomada de decisão.

Das mais simples e rotineiras, como ir de carro ou metrô para o trabalho. Afinal, você deve saber o tempo de viagem de cada, quanto tempo de antecedência deve sair de casa. Se vai chover, qual dos dois gastos é mais viável considerando todas essas variáveis.

Até decisões maiores como comprar uma casa, ter filhos ou abrir uma empresa.

No marketing de rede não poderia ser diferente. Lembre-se da frase do escritor Lewis Carroll: “ Se você não sabe onde ir, qualquer caminho serve”. Bom, não sei para você, mas para mim qualquer caminho não é uma opção.

Se você quer entrar no mundo do marketing de rede como um distribuidor comece escolhendo uma empresa. Elenque todos os pontos que citei em tópicos anteriores para fazer essa escolha de forma assertiva.

Pense no público que você já tem um contato. Essa empresa produz algo que eles gostariam de consumir, e, principalmente, um produto que eles precisem para sanar suas dores?

Caso a resposta seja sim, o seu planejamento inicial está no caminho correto.

Ao escolher um produto com o qual você se identifique, e que tenha algum público dentro dos seus contatos é muito mais simples criar um relacionamento antes de partir para a fase de vendas.

Pontos que você deve incluir no seu planejamento:

  • Estudo de mercado
  • Criar um planejamento de vendas especifico para cada produto ofertado
  • Criar um planejamento de marketing – quais métodos você vai utilizar para fazer essa divulgação, e que ferramentas você vai precisar para fazer isso da forma mais profissional possível
  • Analise o modelo de negócios da empresa escolhida
  • Crie uma lista de tarefas – trabalhar em casa e com tempo parcial demanda muita organização e comprometimento para que seu tempo tenha o rendimento esperado
  • Trace metas a longo prazo
  • Pondere ter um emprego fixo paralelo ao Marketing de Rede – essa é uma escolha bastante delicada, faça um planejamento que inclua os prós e contras dessa decisão a longo prazo

E lembre-se esse planejamento não deve ser estático. Afinal, o sistema trabalha com ganhos rapidamente escaláveis, o seu planejamento deve estar de acordo com cada fase atingida.

E fique atento às mudanças de mercado, criar um planejamento inflexível pode prejudicar sua estratégia no caso de crises, mudanças de comportamento e ameaças.

Escolhendo Boas Empresas

Um item que demanda sua total atenção, dentro do planejamento de marketing de redes, é a escolha da empresa que você quer divulgar.

Essa escolha está diretamente ligada a diversos fatores do seu planejamento, como: público-alvo, círculo de amigos, suas preferências e objetivos.

Uma sugestão: escolha uma empresa que se encaixe em você e não o contrário, ok? Garanto que você terá uma carreira de sucesso e, melhor ainda, trabalhará com o que realmente gosta.

Depois de analisar estes pontos você, com certeza, terá filtrado o número de empresas possíveis, mas como escolher a melhor?

Bom, se você leu o tópico sobre pilares do marketing de rede já tem algumas diretrizes a seguir, mas quero elencar mais alguns pontos importantes.

  • Conheça a história e os responsáveis pela empresa
  • Verifique se há algum treinamento de equipe
  • Ela tem um planejamento ou alguma cartilha?
  • Analise quais são os comentários que ela possui na rede. Tanto de clientes, quanto de distribuidores

Ao responder essas perguntas você terá na mão poucas e boas empresas. Agora basta escolher qual delas tem os melhores benefícios e os produtos com os quais você mais se identifica.

Escolha Boas Parcerias

Essa é uma das etapas que incentiva cada vez mais pessoas a ingressarem no marketing multinível. Afinal, construir uma rede de bons distribuidores pode multiplicar os seus ganhos por quantas vezes forem possíveis.

Como eu mencionei, a escalagem de ganhos depende apenas de você. Tanto ao selecionar boas parcerias quanto ao treiná-las para seguirem a sua caminhada de faturamento.

Vamos supor que você tenha conquistado 10 clientes, as vendas mensais geraram, através de comissões, R$100,00 cada. Portanto o seu faturamento foi de R$1.000, certo?

Imagine se esses clientes entrem para a sua rede e cada um deles conquiste 5 clientes cada, e você receba R$60,00 por venda. Serão 50 clientes e o seu faturamento será de R$3.000.

Ou seja, com apenas o esforço de treinar suas parcerias você conseguiu triplicar sua renda. Imagine se essas parcerias forem tão boas que consigam replicar seus passos e cada um consegue 10 clientes.

Percebe que dependendo da escolha dos seus membros da rede, e como você os treina, os seu faturamento pode crescer em uma proporção bastante significativa?

Essa é a menina dos olhos do marketing de rede, e o que torna esse sistema tão atrativo.

Divulgue-se em Diferentes Canais

Você já parou para pensar porque o marketing multinível viralizou tanto? Se eu pudesse escolher um responsável por isso diria que pela força das mídias sociais. Os clientes estão no Facebook, Instagram, Youtube.

Seus possíveis parceiros também estão, eu posso lhe garantir. Pessoas que querem consumir e produzir gostam de estar antenadas com o que ocorre – promoções, novos produtos no mercado e oportunidade para receber e partilhar dicas e informações.

Com a possibilidade de divulgação em inúmeros canais da internet, a função de divulgação, que poderia ser extremamente trabalhosa se tivéssemos que fazer de porta a porta ou boca-a-boca, torna-se mais prática.

Ao invés de fisgar os clientes em potencial nas ruas, eventos e nas suas casas, você pode simplesmente conquistá-las no Instagram, por exemplo.

Dicas:

  • Construa um relacionamento com seus clientes em potencial nas mídias sociais
  • Estimule o engajamento e não deixe de responder comentários, críticas e sugestões
  • Escolha um meio de divulgação que combine com você, com o seu círculo de contato e com a empresa escolhida
  • Não atue em apenas um canal, mesclar os meios de comunicação com seus clientes em potencial é uma estratégia mais aconselhável
  • Acompanhe as métricas e resultados de cada um dos canais utilizados para divulgação. Dessa forma você pode entender quais deles trazem retornos maiores

Lembre-se: Trabalho Dobrado e Ganho Dobrado

Sim, essa máxima é ainda mais real no marketing de rede. Quanto mais presente você estiver nas mídias sociais, mais conteúdo você pode criar e publicar e, consequentemente, mais pessoas podem ter acesso aquilo.

A melhor ferramenta da internet é a possibilidade de viralização. Trabalhar duro na divulgação da empresa e de seus produtos fará com que você conquiste mais clientes e parceiros, aumentando, dessa forma, seus rendimentos.

Se você começou neste negócio em meio período isso não quer dizer que ele demande menos esforço do que um trabalho em tempo integral. Muito pelo contrário, em empregos normais você tem um salário e, em alguns casos, uma comissão com um teto fixo.

Independentemente do quanto você trabalhe, é aquele valor que você receberá. No marketing de rede quanto mais trabalho e mais esforço maior será sua remuneração.

Técnicas Para Ganhar Dinheiro com Marketing de Rede

Você deve estar se perguntando: Bom, então se eu seguir estes passos eu vou ganhar muito dinheiro com o marketing de rede?

Sim, a probabilidade de você ter sucesso aumenta consideravelmente com essas dicas acima, mas eu tenho mais algumas técnicas de como você pode se destacar e conquistar a maior fatia desse mercado.

O trabalho no marketing de rede demanda profissionalismo e empenho tanto quanto qualquer outra profissão. Entender que trabalhar meio período é investir seu tempo em algo simples é um grande erro.

Existem, portanto, algumas técnicas que os melhores empreendedores do mundo utilizam para criar e aumentar sua rede.

Afinal, Como Ter Sucesso no Marketing de Rede?

Como em todos os setores do comércio existem inúmeras variáveis que podem garantir o seu sucesso ou dificultá-lo. Mas no marketing de rede existem alguns itens que sempre funcionam e agregam valor para o seu sucesso.

Não quero transformar este artigo em uma fórmula mágica de sucesso, eu acredito que o sucesso só pode vir com muito esforço e determinação. A minha intenção nestes próximos tópicos é que você receba um norte para seguir rumo ao sucesso.

Ansioso?

Então vamos lá!

Trabalhe Bem o Seu Networking

Networking é um item indispensável para criar uma estratégia de marketing de rede eficiente. A formação de uma boa rede de distribuidores depende, diretamente, do criar e fazer contato. Você precisa falar e ouvir pessoas para entender como funciona o mercado.

Suas conexões colaboram para que você possa criar um planejamento estratégico, compreender o que as pessoas estão fazendo, o que elas estão deixando de fazer e que o seu público pode sentir falta.

Se você é uma pessoa introvertida e tímida, eu sugiro que comece já a treinar o networking. Comece logo para que isso se torne um hábito daqui um tempo. Infelizmente, no marketing multinível, você não tem como delegar o networking.

É necessário estar e falar com as pessoas do seu nicho, dessa forma você pode aumentar sua rede de distribuidores e clientes, além, é claro de trocar experiências e conhecimentos que os livros não podem lhe adiantar.

Seja Proativo e Não Reativo

Quando mencionei anteriormente que ter perfil de líder pode facilitar sua jornada no marketing de rede deixei bem claro que esse posicionamento é fundamental na construção da sua rede. Tanto de clientes quanto de distribuidores.

Ser proativo é uma das características que todo líder tem. Eles costumam tomar o problema para si e correr atrás da solução, dessa forma aprendem mais e, naturalmente, geram mais desenvolvimento tanto pessoal quanto para a empresa com a qual trabalham.

Muitos profissionais costumam esperar o problema chegar até eles, percorrer toda uma grade de pessoas e só então decidem fazer algo reativo. Ou seja, elas reagem a um problema já na fase crítica.

Enquanto que o profissional proativo tenta antecipar possíveis questões e falhas, encontram a solução e quando possível tentam fazer com que isso renda bons frutos, o reativo espera…

Espera que o problema surja, que a resposta apareça e, em último caso, tentam reagir.

Não seja esse profissional, ele não vai muito longe no marketing de rede.

Identifique Interesses em Comum

Traçar pontos em comum é muito interessante para criar padronagens. e digo isso, principalmente, em relação a sua rede de distribuidores.

O líder – ou como alguns profissionais chamam upline – com certeza, identificou que você tinha interesses em comum com ele e sua equipe. Essa técnica é útil, porque, naturalmente, nós acabamos nos esforçando mais quando trabalhamos com pessoas que pensam como nós.

Identificar interesses em comum é uma ótima técnica para estimular o trabalho em equipe. Em ambientes corporativos, lojas e demais trabalhos “tradicionais” é comum que haja um distanciamento entre as pessoas, principalmente se houver uma cadeia hierárquica muito rígida.

Normalmente, o profissional que está na base da hierarquia e o que está no topo não possuem muitos interesses em comum, certo?

Por experiência própria, eu sei que isso não maximiza a produtividade e a troca entre as partes. No marketing de rede é fundamental que a sua rede tenha interesses em comum, afinal, vocês devem acreditar na necessidade e utilidade daquele produto.

E, quanto mais intimidade você tiver com o setor mais fácil será usar o poder de persuasão. Portanto, crie uma rede de apaixonados!

Contribua Com Algo de Valor Fora do Óbvio

Essa talvez seja a técnica que demanda mais criatividade e pesquisa. Criar algo novo em um mundo extenso de produtos e serviços pode ser uma tarefa muito complexa. Afinal, o que ainda não foi produzido?

Ao pesquisar o mercado e viver o nicho que você escolheu trabalhar é natural que você veja algumas aberturas que ainda não foram preenchidas. E isso pode lhe estimular a criar conteúdos que fujam do óbvio.

Vamos supor que você tenha escolhido trabalhar com cosméticos, é um mercado bastante competitivo, quais tipos de conteúdos você pode criar para sinalizar aos clientes em potencial que o seu produto é a melhor escolha para ele?

Talvez criar workshops de auto maquiagem, ou vídeos com a evolução que você teve ao usar esses produtos. Tente criar e doar conteúdos com o máximo de valor, isso fará com que o cliente pense: Essa empresa realmente tem bons produtos, bons profissionais e eu quero isso!

Falando assim pode parecer algo simples. Mas não se engane, você só vai conseguir sair do óbvio quando tiver muito conhecimento e prática. Que tal começar já?

Encontre um Propósito Por Trás do Relacionamento

A minha última estratégia está relacionada diretamente com o seu cliente em potencial. Por que você quer entrar em contato com ele?

Se a sua resposta for “para vender” eu sugiro que tente acompanhar mais minhas postagens.

Enquanto o seu único objetivo for vender você vai continuar fazendo as mesmas coisas e obtendo os mesmos resultados. Vender deve ser uma consequência e não o seu propósito.

Crie um relacionamento com o seu cliente em potencial porque você conheceu a dor dele e quer, de alguma maneira, solucionar aquela questão. Ouça as pessoas e divida o seu conhecimento, a venda vai ocorrer quando o cliente estiver preparado, certo?

Vantagens de Investir no Marketing de Rede

Agora que você já sabe tanto a teoria quanto a prática do marketing de rede eu quero elencar as vantagens e desvantagens desse sistema.

A primeira vista pode parecer um mar de coisas boas, certo? Bom, na verdade as vantagens são inúmeras, mas como todo sistema existem alguns contras que você deve ficar atento.

Mas vamos começar pela parte boa.

Autonomia de Trabalho

Muitas pessoas começam no marketing de rede para complementar a renda. Isso é possível porque o sistema permite que as pessoas escolham o tempo que querem dedicar a esta função.

Antigamente, sem a Internet, ou quando ela não tinha esse poder que tem hoje, esse tipo de sistema de rede demandava que os participantes fossem pessoalmente atrás dos clientes e parceiros. O que, naturalmente, demandava mais tempo e esforço.

Mas hoje você pode escolher fazer a sua divulgação online, que é uma estratégia mais prática e pode ser feita homeoffice e pelo tempo que você tiver disponível. E melhor, nos horários que você puder.

Além dessa autonomia de espaço e tempo, você ainda pode escolher como fazer a sua divulgação. Empresas grandes e reconhecidas costumam disponibilizar treinamentos e traçam alguns caminhos que você pode percorrer.

Mas a decisão em relação a como, quando e onde fazer é sua. Inclusive é você quem decide se quer ficar na meta ou ultrapassá-la, investindo mais ou menos tempo como divulgador.

Suporte de Grandes Empresas

Quando abrimos um novo negócio a etapa mais difícil é fazer com que as pessoas olhem para a sua marca e mais, acreditem em você.

Quando você decide trabalhar com o marketing multinível e escolhe uma empresa conceituada no mercado para fazer a divulgação, naturalmente, o nome e a credibilidade que ela conquistou em anos é transferida para você.

As pessoas se sentem mais seguras em adquirir produtos dos quais já ouviu falar e sabe que existe um nome e profissionais de peso por trás daquele revendedor.

Além de gerar mais segurança para o cliente, você também pode se beneficiar diretamente com esse fato. Afinal, para quem está começando ter um suporte de uma grande empresa diminui os riscos de você cometer erros por insegurança e desconhecimento, certo?

Win Win! Todos saem ganhando.

Modelo Escalável de Ganhos

Como mencionei em tópicos anteriores, o marketing de rede é um sistema que não tem um teto, por exemplo você não vai ter um limite de 100 clientes, ou 10 parceiros. Este limite é imposto por você, segundo o que consegue administrar.

E no caso de clientes, de acordo com o seu estoque. Isso na teoria, ok? Volto a essa questão no tópico sobre desvantagens do sistema.

Mas quanto mais você divulgar a empresa mais contatos você terá e maiores serão suas comissões.

No marketing multinível o sucesso não está pautado em horas trabalhadas e sim na capacidade que você tem de formar uma equipe produtiva e competente.

Enquanto que nos sistemas tradicionais existem poucas pessoas fazendo grandes vendas, em expedientes de dupla jornada, o marketing de rede quer que muitas pessoas trabalhem por períodos menores e façam isso a longo prazo.

A sua rede vai estar em constante crescimento e, consequentemente, seu ganhos também.

Desvantagens de Investir no Marketing de Rede

Bom, nem tudo são flores, certo?

Não existe nenhum sistema, mercado ou estratégia que não tenha suas limitações, o marketing de rede não foge a regra.

Mas eu posso adiantar que muitos fatores estão ligados a erros de desenvolvimento e aplicação, e não necessariamente a formulação dessa estratégia.

Desvantagens:

  • Na prática as redes possuem um teto

A ideia de que esse sistema terá crescimento progressivo e sem fim é um pouco equivocada. Afinal, todo mercado tem seu nível de saturação. Se a sua rede crescer indefinidamente em uma região vai chegar em um ponto que você terá mais vendedores que consumidores.

E isso seria desastroso, correto?

Se você quer entrar no marketing de rede porque acha que suas conquista serão infinitas eu sugiro que pare um pouco para analisar a concorrência.

Mercados bem sucedidos e com alto índice de aceitação por parte dos clientes e dos distribuidores também costumam ser mais concorridos.

Se fortalecer e criar uma lista de contatos não é algo que você faz do dia para a noite. Então mantenha seus pés no chão e saiba que esse modelo tem uma taxa de saturação.

  • Recrutamento desenfreado

O marketing de rede tem uma fama ruim em alguns locais devido a profissionais que se dizem MMN mas usam o sistema de pirâmide. Se você agir como um desses profissionais as pessoas vão lhe considerar como um spam ambulante.

E, com certeza, você perderá muito em credibilidade.

  • Taxa alta de desistências

Quando você recebe promessas milagrosas e de lucros sem limite é natural que queira aproveitar, certo? Bom, é o que muitas pessoas fazem, e quando não encontram o milagre acabam desistindo.

Como recrutador, eu sugiro que você seja honesto e extremamente realista com os seus distribuidores. Isso vai cooperar para que suas taxas de desistências sejam mais baixas.

Em resumo, se você for um bom profissional e trabalhar com honestidade os pontos positivos sobressaem aos negativos, não é mesmo?

Principais Empresas de Marketing de Rede

Com certeza você já viu algumas empresas de marketing multinível que tiveram um sucesso viral, certo?

Pense em carros com adesivos ou de cores diferentes e você vai conseguir imaginar no mínimo 3. Neste tópico quero falar um pouco sobre as que possuem maior atuação no mercado.

Hinode

Esta marca é um dos principais exemplos de empresas com produtos variados, ela trabalha com perfumes, essências, produtos de emagrecimento e muitos outros. A ideia é oferecer produtos com custos menores e que sejam similares aos importados.

A margem de lucro dos consultores é cerca de 50%, ou seja, elas adquirem o produto por um valor menor e revendem pelo valor cheio. O que, naturalmente, tem atraído muita gente para essa rede.

Inicialmente, a Hinode encarou o grande desafio da credibilidade, fez promessas altas e ousadas e muita gente achou que aquilo não duraria muito tempo. Bom, eles cresceram muito e investiram bastante em divulgação e, hoje, estão se consolidando cada vez mais.

Polishop

Quero citar essa marca pelo seu histórico e potencial em melhorar. A Polishop é reconhecida no mercado há algum tempo, mas perdeu muitos líderes e divulgadores devido a falta de incentivos.

Mas, segundo a própria empresa, algumas mudanças estão por vir. Vamos torcer, não é mesmo?

Amway

A Amway é um grupo empresarial formado por diversas marcas. E, novamente, vemos que a variedade é um ponto forte das maiores empresas de marketing de rede. Os produtos são tantos que é impossível você não se identificar com um – ou vários.

São disponibilizados produtos de nutrição, beleza, produtos de limpeza e até uma linha odontológica.

A alta rentabilidade, variedade e qualidade dos produtos – além do baixo investimento inicial – são ótimos atrativos para quem quer começar neste mercado. Para se cadastrar você paga uma pequena taxa que é revertida em forma de produto.

Não existem pedidos mínimos e você não precisa fazer compras todo mês.

A empresa tem uma proposta ainda mais ousada, uma política de devolução caso os clientes ou distribuidores não fiquem satisfeitos com o produto.

Jequiti

A Jequiti faz parte do Grupo Silvio Santos, ou seja, em relação a credibilidade e força da marca você não precisa se preocupar, não é mesmo?

A Jequiti oferece para os seus distribuidores vários benefícios, como vale saúde, desconto e outros prêmios, mas fique de olho que eles costumam estar linkados com o nível que você ocupa na rede.

Herbalife

A Herbalife foi uma das primeiras empresas de marketing multinível que ganharam muita visibilidade no Brasil. Está a mais de três décadas no mercado e possui uma rede grande de distribuidores.

Como a questão da saúde, bem estar e emagrecimento estão sempre muito em voga, este setor é um dos mais fortes e estáveis.

Conclusão

Chegamos ao fim dessa jornada do marketing de rede e eu tenho certeza que você está considerando investir nesse sistema, não está?

Bom, qualquer um estaria, não é? Trabalhar meio período, ganhos escaláveis, possibilidade de trabalhar com produtos que gosta e com as marcas que você confia parece realmente uma ótima estratégia.

Neste artigo procurei construir um manual completo sobre o marketing de rede – ou multinível – desde a parte teórica até a prática.

E fiz questão de alertá-lo sobre técnicas que se dizem de rede, mas na verdade são de pirâmide. Fique atento às minhas dicas para diferenciar esses dois sistemas, lembre-se que o marketing de rede é legítimo e legal, enquanto o de pirâmide é proibido em muitos locais.

Disponibilizei algumas dicas valiosas de como você pode alcançar o sucesso que deseja. Como escolher a empresa de divulgação e ótimos parceiros distribuidores, por exemplo.

Como faço questão de ser honesto com você, listei os benefícios e também algumas desvantagens de se trabalhar com marketing multinível.

Depois de conhecer algumas gigantes do mercado de marketing de rede você ficou entusiasmado para entrar nesse sistema?

Esse texto foi útil? Conte-me nos comentários quais dicas você mais gostou e se você faz parte de alguma empresa desse sistema!

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/marketing-de-rede/

Comentários

comentários

Tiago Curcio
Tiago Curcio
É Coach e empreendedor nas áreas de saúde e tecnologia. Especialista em Inteligência de Negócios e em Programação Neurolinguística (PNL), adora pedalar e ficar com a família.

Os comentários estão encerrados.

Orçamento