(32) 3061-1694

Não é segredo que pode levar um bom tempo para conseguir ranquear na primeira página do Google.

E a cada ano que passa, parece que surgem cada vez mais elementos a serem considerados à escalada sem fim para a primeira página.

Mas com todas as mudanças e atualizações, existem alguns elementos do SEO com os quais você pode contar que sempre te ajudarão a melhorar sua posição em uma página de resultados.

Um desses elementos é o permalink.

Há uma boa chance de que, mesmo que você não saiba o que é um permalink, você já tenha aprendido algumas das melhores práticas.

Essa parte do seu site e como ela contribuí para o seu SEO não pode ser subestimada, e vale a pena se aprofundar um pouco mais em como usar isso de maneira eficaz.

Então nesse post eu quero oferecer um guia que te ajudará a estabelecer permalinks que funcionarão como pilares do seu conteúdo por anos.

E para começar, quero mostrar para você o que é um permalink e por que você deve começar a otimizá-los imediatamente.

Como os permalinks afetam o SEO

Permalinks são as URL completas  que usuários e mecanismos de busca veem ao navegar pelo seu site.

permalink

Como o nome sugere, permalinks são permanentes mesmo que você atualize o conteúdo na página.

Você pode pensar nele como algo parecido com seu endereço físico.

Você tem um número, o nome da rua, cidade, estado e o CEP, nesse caso.

A não ser que você se mude, o seu endereço continuará o mesmo para sempre.

O mesmo tipo de princípio se aplica a um permalink, mas nesse caso, você está falando sobre seu site.

Ele tem um conjunto de partes distintas que diz ao navegador da web em qual página entrar e apresentar na tela.

Na verdade, existem pelo menos seis partes distintas de uma URL.

Você tem o protocolo:

url 1

Isso informa ao seu navegador como transferir dados pela Internet.

O nome do domínio vem a seguir do protocolo:

url 2

É aqui que o seu site entra no jogo e onde é navegado.

E então você verá um port:

url 3

De modo geral, esse elemento é omitido pois é um símbolo redundante do protocolo.

Depois vem o nome de arquivo ou nome do post:

url 4

Isso dita o local no seu site para onde o usuário está navegando.

Se eles estão navegando para um post de blog ou página de produto, essa é a parte do seu URL que informa o navegador ou os rastreadores do Google para onde ir.

A partir daqui, você tem um conjunto de parâmetros:

url 5

Você pode pensar nessa parte do URL como uma conversa entre o seu site e um mecanismo de busca.

Se você usar tags canônicas ou robot.txt para o seu SEO, aqui é onde a mágica acontece.

E por último, mas não menos importante, está a âncora:

url 6

Esse é um atalho que permite o usuário pular para uma seção particular do seu conteúdo imediatamente ao carregar a página.

Então com o permalink, é preciso decidir quais elementos você quer incluir no uso diário no seu site.

É aqui que o debate sobre otimizar permalinks começa.

Para quais diferentes formatos o seu permalink pode ter, dê uma olhada na opção Permalinks no seu painel do WordPress.

640px options permalinks

Mas por que tudo isso é importante?

Primeiro de tudo, o Google considera que os URLs que você usa no seu site são um fator de ranking.

Isso significa que os permalinks que você usa e a estrutura que você decide adotar é, em última análise, um sinal SEO.

Junto com o fato de que URLs são feitas para sinalizar sobre o que é o conteúdo de uma página, é absolutamente vital se certificar de que os seus permalinks estão ajudando em vez de prejudicando.

urls

Os meus permalinks são personalizados para combinar com o título do meu conteúdo.

É apenas uma das diversas formas que você pode usar para sinalizar para os rastreadores do Google o quão relevante e confiável é sua página.

Mas como com vários tópicos de SEO, existem alguns aspectos técnicos que você precisará considerar para garantir que seus permalinks estão contribuindo para a sua estratégia geral de SEO.

Eu quero te mostrar seis dicas comprovadas que te ajudarão a garantir que seus URLs estão impulsionando o seu SEO e ajudando você a alcançar a primeira página do Google.

Ao seguir essas dicas, você conseguirá criar uma estratégia de longo prazo que poderá ser útil por vários anos.

E para começar, você deve escolher uma estrutura estável para os seus permalinks que nunca muda.

Dica #1: Tenha uma estrutura consistente

Decidir como estruturar seus URLs pode ser difícil.

Você já viu as diferentes opções que o WordPress te oferece, mas qual é a melhor para o seu SEO?

Você deve usar as configurações padronizadas, ou incluir o nome do seu post?

Essas são questões que os webmasters têm se perguntado por anos enquanto a resposta está debaixo do nosso nariz desde 2010:

Nesse vídeo, o Matt Cutts do Google diz o que ele pensa ao olhar para uma estrutura de um URL.

Em resumo, ele afirma que escolher uma estrutura no lugar de outra não exatamente se correlaciona com uma influência direta de SEO.

Em vez disso, sua estrutura de URL é mais uma questão de UX.

A melhor forma de abordar a criação de uma estrutura para o seu URL é pensar nela do mesmo modo que uma arquitetura do seu site.

Quando você constrói um site, quer que suas páginas criem um fluxo natural para os seus usuários. Isso é conhecido como arquitetura de informações.

EN Informationsarchitektur

Ao criar a arquitetura do seu site, você precisa construir seu site de modo que um usuário possa facilmente encontrar o que está procurando.

Isso inclui criar uma hierarquia de links que seguem um formato similar à sua arquitetura

Ao construir essa hierarquia, é preciso fazer o que for melhor para os seus usuários.

Para o bem da experiência do usuário, o seu plano de jogo deve ser estabelecer uma estrutura universal e se manter nela.

Pense nesse processo como pensaria em um silo no seu site.

Em muitos casos, um site com uma arquitetura ruim e permalinks não otimizados pode parecer com uma jarra cheia de bolinhas de gude desordenadas.

jar mixedmarbles

A arquitetura de informação e estrutura de permalink no seu site devem tentar organizar essas bolinhas em jarras diferentes.

jar marbles redjar marbles greenjar marbles yellow

Ou deve, pelo menos, colocar tudo em uma jarra só de forma que seja fácil de perceber o que é o que.

jar marbles siloed

Essa metáfora se aplica tanto para suas páginas de produto quanto para o seu conteúdo.

À medida que você constrói essa estrutura de site otimizada para o usuário, você deve também se preocupar com como seus URLs seguem esse fluxo e ajudam os usuários a melhor entenderem seu site.

Por exemplo, você poderia dividir cada seção em categorias com base no nível do seu site em que aparecem:

3 example site structure

Quando os seus permalinks seguem um formato similar ao da estrutura do seu site, isso permite que tanto os mecanismos de busca quanto os usuários usem o seu site melhor.

Ao fundir a estrutura do seu permalink com a arquitetura do seu site, o seu usuário deverá poder criar muito mais estruturas de conteúdo detalhadas que permitirão que todos os aspectos do seu site se desenvolvam.

Se você quer um ótimo exemplo de como isso pareceria, dê uma olhada em como os criadores do Moleskine criaram a estrutura do próprio site.

mskine

Quando você navega para uma página que apresenta uma linha particular dos produtos deles, eles dividem o URL em um caminho específico.

Isso ajuda o usuário a entender onde eles navegaram no site e permite que o Google entenda a estrutura do site de forma precisa.

E então, quando um produto é clicado, o URL se divide em uma descrição hifenizada do produto com base em palavras-chave.

mskine 2

Novamente, isso facilita para o usuário saber o que esperar da página.

E o Google entende exatamente o que está na página, como mostrado nessa captura de tela dos resultados de busca para “Caderno Amarelo”. Notebook.”

mlskn

Ao criar uma estrutura definida, o Moleskine ajuda tanto usuários quanto o Google a entenderem onde eles estão dentro do site.

Esses sinais iniciais do URL acabam criando uma experiência do usuário mais fácil e os colocaram no topo da SERP.

moleskin

Se a estrutura estivesse desordenada e confusa, ambas as partes teriam dificuldade em navegar e entender o site.

Você também deve evitar URLs dinâmicas geradas pelo serviço de gerenciamento de conteúdo do seu site que parecem com isso:

dynamic

Mesmo que os mecanismos de busca não tenham dificuldade em indexar esse tipo de URL, não é o URL mais fácil de ler ou tentar lembrar.

Ele também não permite a inclusão de palavras-chave ou estabelece a arquitetura de site que estou te mostrando, o que significa que o seu SEO vai ser prejudicado.

Felizmente, existem ferramentas que você pode usar como a Mod Rewrite Generator do Generate It!.

Tudo o que você precisa fazer é colocar o URL dinâmico e deixá-la criar uma outra versão.

mod rewrite

Depois que o URL estiver reescrito, você pode adicionar ou remover caracteres.

Quando estiver satisfeito, clique para finalizar e siga os passos para garantir que seu novo URL estático está funcionando no seu site.

mod rewrite 2

Criar uma boa estrutura de URL no seu site é a melhor abordagem, e pode potencialmente te ajudar a conseguir resultados como esse.

No mínimo, irá te ajudar a lembrar onde os produtos ou conteúdos estão no seu site, e, sem dúvida, fará com que todas as outras dicas desse post sejam mais fáceis de implementar.

Dica #2: Use uma URL rica em palavras-chave

Depois de descobrir a estrutura de URL para os seus permalinks, é preciso começar a considerar como você irá incorporar palavras-chave nos seus URLs para melhorar seu SEO.

Assim como as palavras-chave que você usa no seu blog ou páginas de produtos, palavras-chave nos seus permalinks ajudam o Google a entender o conteúdo na sua página.

Então sempre que possível, é uma boa ideia usar uma palavra-chave em um permalink.

Criar uma estratégia de palavra-chave consistente em URLs valeu a pena no longo prazo como visto em um estudo de caso.Screen Shot 2017 10 30 at 1.06.59 PM 1000x419

A marca conseguiu ranquear para mais de 3.000 palavras-chave orgânicas e até mesmo viu um grande aumento em tráfego orgânicos à medida que as estratégias começaram a entrar em vigor.

Screen Shot 2017 10 30 at 1.06.36 PM 1000x420

A partir de hoje, eles recebem mensalmente mais de 2.000 visitantes por causa da estratégia geral de palavra-chave.

Mas como determinar quais palavras-chave você deve usar para ajudar seu SEO?

Nesse caso, eu recomendo usar uma ferramenta como o SEMrush para encontrar estatísticas de volumes de busca para diversas palavras-chave.

Digamos que você tenha um site que você planeja usar para vender pianos.

Você poderia simplesmente digitar “pianos” na barra de busca.

semrush

Você será direcionado para um painel onde poderá selecionar correspondência de frase ou palavras-chave relacionadas que dividem o volume de busca para cada palavra ou frase mensalmente.

semrush 2

Ao clicar em qualquer relatório, você verá também uma análise mais detalhada das suas opções de palavras-chave.

semrush 3

Use essa lista para criar sua própria estratégia de palavras-chave.

Você também pode se aprofundar ao buscar novamente algumas das palavras-chave que você encontrou na busca.

Certifique-se de também incorporar palavras-chave de cauda longa e de baixa competição.

Quando for criar sua página de conteúdo ou produto, use uma palavra-chave relevante no seu URL para ajudar a sinalizar ao Google o assunto da sua página.

Ou, você também pode comprar um URL que tem uma palavra-chave específica para a qual você quer ranquear.

Depois de escolher a palavra-chave principal para qual você quer ranquear, vá para o Google Domains e veja se o URL está disponível para compra.

piano

Nesse caso, eu decidi procurar pelas palavras “upright piano”.

Mesmo que uprightpiano.com não esteja disponível, outras opções como .net ou .co estão à venda.

Ao comprar esse URL, você envia um sinal imediato para o Google e seus visitantes sobre o conteúdo do seu site.

E se você não consegue encontrar o URL que quer, eu recomendo dar uma olhada nesse guia.

Ao criar um URL de correspondência exata, você ficará em uma posição melhor para superar seus concorrentes desde que mantenha um site de alta qualidade.

matt cutts domain match tweet

URLs de correspondência exata costumavam ser uma estratégia ampla que levou sites menos otimizados a ranquear melhores que outros.

Mesmo que esse não seja mais o caso, ela ainda pode te ajudar a se destacar para o Google e potencialmente te posicionar melhor que seus concorrentes.

Um exemplo excelente disso é o site de ofertas Hotels.com.

Quando você buscar por “hotels” no Google, eles aparecem na primeira posição.

hotels

Embora isso não te dê uma posição mais alta imediatamente, é outra forma do seu URL dar uma vantagem mínima com as condições certas.

E mesmo que você não use uma correspondência exata do URL, encontrar as palavras-chave certas para incluir nos seus permalinks vai te ajudar a começar a ranquear para mais palavras-chave e a ver mais crescimento orgânico.

Seus URLs serão mais memoráveis e você sempre terá sua palavra-chave escolhida incluída em todas as páginas do seu site,

Dicas #3: Use URLs mais curtas

Quando começar a ajustar a sua estrutura de permalink, sempre tente usar um URL mais conciso para ajudar seu SEO.

O URL médio em uma página de ranking número um tem apenas 59 caracteres.

Isso não dá muito espaço com o qual trabalhar, mas pode ter um grande impacto no seu SEO.

Esse mesmo estudo também compartilhou um experimento que mostrou como a diminuição do título e URL de uma página provocou um salto para a página inicial do Google em apenas 15 minutos.

Title Length vs Position

Ao manter a média de oito palavras ou menos no seu título e URL, há uma grande aumento no ranqueamento de página acompanhando isso.

Em um vídeo recente, uma das pessoas da audiência me perguntou essa mesma questão.

Eu expliquei que um URL menor, rico em palavra-chave tende a ranquear mais alto no Google.

Você receberá mais consultas de marcas, e terá mais casos em que os seus visitantes se lembrarão do URL completo que visitaram.

Um profissional de marketing até relatou um salto para a primeira página do Google quando a marca dele diminui o URL da landing page em apenas 25 caracteres.

Isso significa que os usuários provavelmente compartilharão mais ou voltarão depois.

Eu também explico como longos URLs podem arquivar seu tópico e podem, potencialmente, fazer o Google ignorá-lo ou ranqueá-lo para buscas menos inclusivas.

Então usar as práticas certas ao encurtar um URL pode ajudar seu SEO.

Mas ao encurtar seus permalinks, você não pode simplesmente usar um serviço como o Bitly.

O Bitly é um encurtador de URL popular que te ajuda a rastrear cliques no seu site ou mídia social ao converter o URL para um versão mais curta.

bitly example

Esse tipo de encurtador de URL era bem popular quando o Twitter ainda usava o limite de 140 caracteres, mas ele não é tão bom para o SEO de permalink.

Tudo o que esses links encurtados fazem é funcionar como um redirecionamento 301 que permite que um terceiro te ajude a rastrear os links.

Embora você não perca todo o link juice com um desses, ele não é tão impactante em seu SEO como usar o seu próprio permalink.

Em vez disso, considere usar uma estrutura mais curta como a opção de nome de post nas suas configurações do WordPress.

Isso te ajuda a enfatizar sua palavra-chave para o mecanismo de busca para o qual está tentando ranquear, e alcança o objetivo principal de ter um URL menor.

É por isso que eu uso meu nome como minha marca.

short url

No total, o URL do meu site tem apenas 21 caracteres.

Levou anos, mas as pessoas agora buscam consistentemente por Neil Patel quando querem encontrar meu conteúdo.

Screen Shot 2018 05 23 at 3.45.12 PM

Se eu utilizasse um URL maior ou diferente, eu poderia ter mais dificuldade em ranquear para o meu próprio nome.

E quando você olhar mais além nas minhas páginas do blog, perceberá que meus URLs ainda são tão curtos quanto possível.

short

Eu os mantenho relevantes ao tópico do post e evito usar stop words para manter o URL o mais curto possível.

Stop Words

Embora isso arrisque um URL mais estranho, isso certifica que nada além do meu domínio e informações relevantes de post apareçam.

É apenas outra forma de deixar seu URLs curto.

E, por fim, essa prática pode ajudar seu SEO de permalink e impulsionar seu tráfego de busca orgânico.

Dica #4: Você nem sempre precisa de um www. ou um .com

Esse fato pode te surpreender, mas as tags comuns que a maioria das pessoas usa para um site não são necessárias para SEO de permalink.

Na verdade, um estudo de caso descobriu que páginas com um .com tinham mais dificuldades em ranquear na primeira página do Google do que outras extensões de domínio.

2017 05 02 10 45 31 DNA SEO Study Infographic Final.pdf

Isso significa que pode ser melhor para você considerar comprar algo diferente da versão .com do seu domínio.

E usar a extensão “www” no seu site depende só de você também, mas deve ser consistente.

Esse elemento depende do que você definiu como seu Domínio Preferido no Google Search Console.

É só selecionar as opções de configurações do site no painel.

gsc

E então decidir se você quer que o domínio preferido do seu site inclua ou exclua o www.

gsc 2

Você pode, então, remover a extensão “www” nas configurações gerais do seu WordPress para garantir que tudo esteja consistente.

art062 ss 03 new

Ao fazer isso, é sinalizado ao Google que ele deve priorizar e apresentar seu site sem a extensão www.

Embora isso seja em grande parte por questão estética, é outra forma de encurtar seu URL e otimizar a sua experiência de usuário.

Considere tirar o www. ou usar um domínio que não utilize o tradicional .com se isso permitir que você mantenha um URL mais curto ou inserir palavras-chave que são mais fáceis de serem lembradas pelo seu público.

Dica #5: Evite datas no seu URL

Se você perguntar para a maioria dos SEO o que eles acham de datas no URL, eles lhe dirão que elas nunca foram muito úteis.

E um estudo de caso recente apoia essa crença.

Harsh Agrawal do Shout Me Loud recentemente decidiu testar os efeitos de adicionar retroativamente datas à conteúdos antigos.

Ele voltou e adicionou datas em posts desde 2008 até os dias atuais, e imediatamente viu declínio acentuado no tráfego orgânico.

Date stamp effect on SEO

Lembre-se de que isso foi feito em conteúdo antigo que vinha fornecendo taxas de tráfego constante há anos.

Ao simplesmente adicionar uma data, os usuários aparentemente começaram a optar por procurar o que eles viam como conteúdo mais relevante e atualizado.

O Harsh também viu uma queda nos rankings gerais de palavras-chave, o que apenas consolidou os resultados desse teste.

Keyword ranking drop

O principal a se lembrar aqui é que as pessoas tendem a procurar por posts mais atualizados, o que pode afetar o seu tráfego orgânico e sua taxa de rejeição à longo prazo.

Não colocar data na sua estrutura de permalinks pode te ajudar a conseguir uma posição mais alta nos rankings e a receber mais tráfego orgânico com o tempo.

Se você quiser incluir uma data, publique-a no post do blog e certifique-se de atualizar o conteúdo frequentemente para mantê-lo recente e relevante para o público.

Dica #6: Comece a usar HTTPS

Usar HTTPS é uma boa ideia no geral quando se trata do seu site.

Esse protocolo usa um certificado SSL para dar aos usuários da web mais tranquilidade ao compartilhar dados potencialmente confidenciais em um site.

E é essencial para o seu SEO de permalink porque ele é sinal de SEO desde 2014.

Mas mudanças recentes tornaram o HTTPS mais importante do que nunca para marcas online.

Em abril de 2017, o Google anunciou que estaria aprimorando o sistema de alerta do navegador Chrome em sites que usam somente o protocolo HTTP.

Eles criaram notificações bem visíveis com o propósito de avisar seus usuários sobre a segurança do site em que se encontram.

https

Então quando um usuário vê um pop up vermelho na barra do URL, é menos provável que eles compartilhem as informações pessoais com você.

Isso significa que em vez de interagir com seu site e compartilhar o contato ou informações de cartão de crédito, eles irão sair do site.

Isso acaba prejudicando o seu SEO ainda mais, então vale a pena ter o trabalho extra de utilizar o HTTPS no seu site.

Se você quiser um serviço que faça tudo isso por você, eu recomendo procurar no Let’s Encrypt para garantir que todas as informações de usuários fiquem seguras.

Ao utilizar um sistema de verificações complexo, eles distribuem certificados SSL que ajudam a manter o seu negócio e seus clientes seguros..

le

Desde o início de 2017, eles alcançaram a média de meio milhão de certificados SSL por dia e chegaram a mais de 1.2 milhões em dezembro de 2016.

le 2

Ao adicionar o certificado SSL ao seu site, você estará fazendo um favor ao seu SEO e ao seu público.

Essa peça extra te ajudará a construir a presença do seu site com confiança na sua experiência do consumidor e segurança nos anos que vierem.

O que fazer se você não consegue mudar sua estrutura de URL

Para marcas que já estabeleceram URLs mas querem melhorar o SEO de permalink, você pode estar um pouco nervoso sobre mexer na sua estrutura de permalink.

E isso não é sem uma boa causa.

Você sempre deve ter muito cuidado ao fazer mudanças significativas no seu site, pois você não quer prejudicar seu SEO existente.

Felizmente, ainda existem ações a serem tomadas que permitirão que você mude a sua estrutura de URL sem perder rankings orgânicos anteriores.

Em primeiro lugar, você precisa decidir sobre sua nova estrutura e fazer as mudanças necessárias no WordPress.

Depois, você precisará criar redirecionamentos 301 para garantir que o seu conteúdo antigo seja direcionado para o URL certo.

E apesar do que você pode ter escutado, redirecionamentos 301 não perdem ranking de página.

Isso significa que você pode configurar seus redirecionamentos 301 com um serviço como o Pretty Links sem arriscar seu ranking duramente conquistado.

add new link 1

Você só precisa adicionar seu URL ou o antigo permalink, e então alterá-lo para a nova versão do Pretty Links.

Uma marca até fez experimentos com os redirecionamentos 301 removendo vários dos conteúdos antigos.

Remove Redirect 2

Eles viram uma queda imediata no tráfego por causa disso e começaram a ver melhorias ao recolocá-los.

Você pode recuperar bastante conteúdo antigo com redirecionamentos 301 e criar uma estratégia de permalink que ajudará seu negócio à longo prazo.

Como parte de uma estratégia de SEO de permalink melhor, você estará melhor situado para focar em outras questões de SEO que podem te ajudar a escalar os rankings de mecanismos de busca.

Conclusão

SEO de permalink pode não estar no topo da sua lista de afazeres de SEO, mas isso não significa que ele não seja importante.

Seus URLs tem um impacto direto e duradouro no SEO do seu site, então vale a pena ser metódico ao tentar chegar na primeira página do Google.

Comece determinando a estrutura que você quer usar e então mantenha seus URLs o mais consistente possível.

Você também deve tirar um tempo para fazer pesquisa de palavras-chave e garantir que está tentando ranquear para as palavras e frases certas.

Também é uma boa ideia comprar um URL rico em palavra-chave já no começo, se possível.

Depois de estruturar e descobrir suas palavras-chave, seu próximo objetivo é manter seus URLs tão curtos quanto for possível.

Isso deixará seus permalinks memoráveis e fáceis de se entender.

Você também pode considerar tirar extensões de domínio como www ou .com para deixar seu URL ainda mais curto.

Depois, você deve evitar usar datas no seu URL.

Essa prática nunca ajuda, e os dados indicam que pode até prejudicar seu SEO.

E por fim, comece a usar HTTPS para assegurar a experiência do usuário no seu site.

Todas essas dicas ajudarão a impulsionar o seu SEO de permalink e a criar estratégias de longo prazo que trarão resultados positivos.

E se você está em dúvida sobre mudar seu site antigo para uma nova estrutura, não hesite em usar redirecionamentos 301 apropriados.

No final, você terá uma estratégia de SEO mais afinada e uma estrutura uniforme para o seu site que facilitará o crescimento futuro.

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/permalink/

Comentários

comentários

Share This