(32) 3061-1694

Quem tem uma pequena empresa, como o Microempreendedor Individual (MEI), pode até enxergar a ideia de ter um software de gestão empresarial como um investimento desnecessário. Mas conquistar um lugar no mercado, mantendo um crescimento contínuo e saudável, requer um olhar atento para cada área da empresa.

E usar um sistema ERP ajuda justamente na manutenção dos processos administrativos e operacionais que movem o dia a dia de uma empresa, com a facilidade de ter tudo em um só lugar — desde a contratação de funcionários até fluxo de caixa, controle de estoque, ficar em dia com as pendências fiscais e gerenciar as folhas de pontos. 

Vale lembrar que fazer a gestão da sua empresa é tão ou mais importante do que todo o processo de decisão de empreender e de finalmente abrir o negócio próprio. Então descubra como escolher o melhor software de gestão empresarial!

O que é um sistema ERP?

ERP é um sigla em inglês para Enterprise Resourcing Planning — que, em português, pode ser traduzido como Planejamento de Recursos Empresariais. Um sistema ERP é um software de gestão integrada, como um programa de computador, que reúne e gerencia os processos de todas as áreas de uma empresa. 

O sistema ERP controla os recursos financeiros, de estoque, comercial, de vendas, de cobranças, contábeis e fiscais, por exemplo. O software costuma ter uma “camada” ou módulo para cada setor, que muitas vezes pode se adequar ao tipo do negócio. 

Resumindo, o software de gestão empresarial é um lugar seguro para guardar os dados mais importantes sobre os recursos de um negócio de maneira organizada. E na era da tecnologia, o tratamento dos dados é cada vez mais imprescindível para o crescimento sustentável de um negócio.

Por que ter um sistema de gestão?

Como o software de gestão empresarial organiza todos os processos da empresa em um só lugar, ele é capaz de trazer uma visão ampla do funcionamento e da saúde do negócio. Por isso, ter umsistema de gestão ajuda o empreendedor na hora de saber onde cortar gastos e onde é possível aumentar a produtividade da empresa.

Um software eficiente também evita que a empresa perca o controle de processos como entrada e saída de mercadorias, evolução e queda do número de vendas, pagamento de dívidas e presença de funcionários. Esses são alguns exemplos de toda a operação diária de um negócio.

Ainda, é importante ter um sistema de gestão para acompanhar o crescimento da empresa, integrando áreas e transformando conhecimentos específicos em uma visão panorâmica do status do negócio. Essa visão vai pautar as escolhas na hora de tomar importantes decisões para o futuro da empresa, como, por exemplo, saber a hora de contratar um novo funcionário ou investir em uma máquina nova para aumentar a produção.

O que saber antes de escolher o melhor software de gestão empresarial?

Depois de entender que um sistema ERP será necessário em seu negócio, é hora de comparar as opções disponíveis. Existem algumas características básicas que devem ser observadas por qualquer dono de negócio antes de começar a usar um software de gestão empresarial, seja para pequenas empresas ou companhias de portes maiores. Saiba mais!

1. Orçamento

Gastar mais dinheiro do que a empresa pode nunca é um bom negócio. Começar um sistema de administração já com uma dívida, por exemplo, traria mais problemas do que soluções, certo? Antes de investir em um software de gestão empresarial para pequenas empresas, faça as contas e não dê um passo maior do que consegue. 

2. Implementação

Pense em como será o processo de implementação deste software de gestão empresarial. Além dos custos, instalação, visual e nível de dificuldade para os usuários aprenderem a mexer são requisitos que importam e devem estar alinhados com o perfil da empresa.

Verifique com o sistema ERP que você pretende contratar como é a usabilidade do software, prazos e dificuldades comuns na integração. Sistemas que oferecem um período de testes são ótimos para que você tenha certeza se o software atende sua empresa, ou não, com a segurança de não perder dinheiro.

3. Segurança

Conheça a empresa responsável pelo desenvolvimento do software de gestão empresariale certifique-se dos mecanismos de segurança com os quais ela trabalha.  Afinal, muitas vezes será feito o tratamento de dados pessoais de clientes, assim como de informações confidenciais do próprio negócio. Também é importante saber sobre a estabilidade e atualizações do software para ter certeza que o seu sistema ERP estará sempre em dia com as novas tecnologias. 

Dica esperta!

Entre as funcionalidades básicas que o melhor software de gestão empresarial deve ter para ajudar na performance de uma empresa estão emissão de nota fiscal e de boletos bancários, gestão de estoque, controle financeiro e comercial e a produção de relatórios. Tudo isso fica ainda melhor quando o software de gestão empresarial é responsivo ou tem um aplicativo, ou seja, funciona também pelo celular.

Existe um sistema ERP gratuito?

Muitas vezes, decidir ter um software de gestão empresarial requer investimento financeiro. Mas esse não é um cenário único, já que existem algumas opções de sistema ERP gratuitos. Com a simplificação e a democratização da tecnologia, é possível encontrar um software com boas ferramentas de gestão para te ajudar com a administração do seu negócio. 

O chamado MarketUp é um sistema ERP gratuito para micro e pequenas empresas. Mesmo gratuito, o software de gestão empresarial não impõem um limite no uso das funcionalidades, que incluem o gerenciamento de compras, a criação de um catálogo dos produtos das empresas e integração com terminais de pagamento — como as máquinas de cartão. 

Outras duas opções oferecem um programa de controle financeiro empresarial gratuitoque pode ser implementado com mais funcionalidades mediante o pagamento de uma mensalidade. O ERP Lite Free Plus e o Bitrix24 têm diversas funcionalidades para a gestão empresarial integrada de uma pequena empresa. 

Qual o melhor ERP?

Omelhor ERP é aquele que mais se encaixa nas condições de operações do negócio. Para saber qual a opção mais certeira, vale pesquisar com base no setor de atuação. O comércio, por exemplo, costuma precisar de um software de gestão empresarial com integração com uma loja virtual ou até com o caixa que o consumidor vai interagir. 

Os sistemas para empresas com um número muito grande de vendas de produtos ou serviços podem precisar de uma ferramenta integrada de gestão empresarial com muito espaço no banco de dados. Já o ERP para pequenas empresas pode ter um volume menor de dados e de usuários.

Pesquise muito para encontrar o melhor ERP de acordo com a realidade do seu negócio!

Como escolher o melhor ERP online?

Os novos e melhores sistemas de ERP onlinenormalmente salvam os dados em nuvem e são mais simples e leves de implementar. Mas é preciso tomar alguns cuidados para conseguir escolher o melhor ERP online disponível hoje no mercado.

Isso porque um sistema de gestão integrada, justamente por conter absolutamente todos os andamentos dos processos diários de uma empresa, não pode ser instável. A acessibilidade da tecnologia, que permite que apenas com uma conexão wi-fi o dono do negócio faça toda a gestão da sua empresa, não pode ser arruinada por uma queda no sistema ou muita intermitência, por exemplo.

Por isso, na hora de escolher o melhor ERP online tente conversar com pessoas que já utilizam a plataforma e saiba qual empresa desenvolveu e faz a manutenção do sistema!

Opções de software de gestão empresarial para pequenas empresas:

1. ContaAzul

A plataforma de gestão empresarial ContaAzul trabalha como um sistema ERP online para pequenas e médias empresas. É possível ter acesso a um painel de controle com uma visão geral dos processos de cada área, integrar o software com o banco e fazer o controle das vendas do pedido até a emissão da nota fiscal.

software de gestão empresarial para pequenas empresastambém permite a criação de usuários que podem ter acesso ao sistema, como os donos do negócio e seus funcionários. Cada perfil no ContaAzul pode ter acesso a módulos e documentos diferentes, com foco nas atividades desempenhadas. O acesso é controlado por senha. 

No quesito segurança, o ContaAzul trabalha com os mesmos certificados dos bancos online, no qual aparece aquele pequeno cadeado no canto direito da barra do navegador indicando que o tratamento dos dados na plataforma é seguro. Eles são processados no Amazon Web Service (AWS), solução amplamente reconhecida no mercado de tecnologia por sua garantia de segurança e estabilidade.

O sistema de gestão permite que o empreendedor faça um teste grátis por três dias. Depois, os valores dos planos vão de R$ 89,90 a R$ 249,00 por mês.

2. Sistema Bling

O Bling é um ERP para micro e pequenas empresas com bastante foco em lojas virtuais. Entre as funcionalidades oferecidas pelo Sistema Bling está a emissão de nota fiscal e de boleto, o controle de estoque, o gerenciamento de vendas e a gestão financeira.

Além disso, com o software de gestão empresarial para pequenas empresas, também é possível fazer integração com os Correios — o que permite que os produtos de um e-commerce, por exemplo, tenham etiquetas com as quais os clientes podem rastrear as entregas. O Sistema Bling tem planos que começam em R$ 25,00 por mês para dois usuários e opções para 15 usuários para quem pode desembolsar R$ 100,00 mensais.

O dono do negócio que quiser testar o Bling sem pagar nada tem até 30 dias para saber se as funcionalidades do sistema de gestão estão adequadas às necessidades da empresa.

3. TOTVS (pronuncia-se Totus)

A empresa de tecnologia multinacional tem entre seus produtos um software de gestão empresarial ERP que atende doze segmentos, como o de varejo, construção, saúde e agronegócio. No plano financeiro, por exemplo, o software de gestão empresarial gerencia as contas a pagar e a receber, faz automatização bancária, fluxo de caixa, tesouraria e análises. 

O ERP da TOTVS inclui todas as outras funcionalidades essenciais para um sistema de gestão da contabilidade, da área fiscal, do estoque e do comercial. Além disso, o software também tem módulo jurídico com ferramentas como gestão dos contratos, e a opção de call center, com cobrança, venda e atendimento feito pelo telefone.

Para contratar o sistema de ERP da TOTVS,o primeiro passo é agendar uma visita com um representante da empresa, que explicará as soluções do ERP antes da escolha final do modelo de contratação e da negociação dos valores, até chegar ao projeto de implantação.

4. Tiny ERP

Voltada para o microempreendedor, a Tiny ERP foi criada em 2012 em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. Por 30 dias é possível experimentar grátis funcionalidades do software de gestão empresarial para pequenas empresas que são divididas em e-commerce, comércio, serviço e indústrias.

Com o sistema de gestão para comércio, por exemplo, há ferramentas de emissão de nota fiscal, gestão de relacionamento com o cliente, balanço de lucros, fluxo de caixa e demonstrativo de resultados. 

Os planos disponíveis começam em 1 usuário, com 50 MB de espaço para dados e a possibilidade de cadastrar dois vendedores por R$ 50,00 por mês. Quem conseguir investir mais no Tiny ERP, pode desembolsar até R$ 500,00 mensais para contemplar a necessidade de atender a um alto volume de pedidos, com até 7 usuários, 2 GB de dados e 14 vendedores. 

5. Cake ERP

O sistema de gestão Cake ERP é dedicado (mas não exclusivo) às empresas de beleza, vestuário, acessórios, calçados, eletrônicos e de bebidas. Tem como funcionalidades as gestões financeira, de vendas, de compras e de estoque. Quem tiver um comércio pode aproveitar as ferramentas de Frente de Caixa – PDV e a integração com e-commerce.

software de gestão empresarial para pequenas empresas da Cake ERP oferece 10 dias grátis para teste. Depois disso, é possível contratar um plano entre R$ 39,00 e R$ 259,00 mensais. O que muda entre cada uma das opções é o número de funções disponíveis, desde o limite de usuários que podem ter acesso ao sistema de gestão até quantas notas fiscais é possível emitir. Dependendo do tamanho da empresa, dá para usar a versão gratuita que contempla apenas 1 usuário, relatórios gráficos e gestões financeira e de vendas.  

6. e-Millennium

O sistema integrado de gestão da e-Millennium usa o conceito chamado de Omnichannel, voltado para empresas do varejo. A estratégia integra os setores online com os presenciais de uma empresa, como quando um consumidor usa um aplicativo para comprar um produto e escolhe retirá-lo na loja física.

Com o software de gestão empresarial da e-Millennium, é possível ter acesso aos módulos comercial, fiscal, financeiro contábil, de gestão de relacionamento com o cliente, SAC, manufatura e de inteligência empresarial. A plataforma é paga.

7. eGestor ERP

software de gestão empresarial para pequenas empresas é um dos que funcionam na nuvem, sendo totalmente online, sem necessidade de instalação. O acesso ao eGestor ERPé feito somente pela internet, onde é possível gerenciar o controle financeiro da empresa, manter em dia o estoque, saber como foram as vendas e prestações de serviços, emitir notas fiscais e boletos.

A empresa responsável pelo eGestor ERP é a Zipline, que atua no mercado desde 2001. Ela oferece 15 dias de teste para que o empreendedor verifique se a ferramenta é a melhor solução para o seu negócio.

Fonte: https://www.donodonegocio.com.br/cresca-mais/software-gestao-empresarial/

Comentários

comentários

Share This