(32) 3061-1694

Na hora de abrir um negócio, é comum pensar na localização do ponto de venda ou de atendimento. Essa preocupação, porém, já não faz mais parte do planejamento obrigatório de todo empreendedor. Isso porque, com o crescimento do comércio online e informal, nem todo novo negócio precisa começar com um ponto fixo.

Se você faz parte do grupo de donos de negócio que abriram a empresa sem um ponto de venda fixo, recebendo pedidos e pagamento online ou trabalhando como ambulante, já deve ter se perguntado qual a hora certa para ter um ponto de venda fixo, certo?

Para começar a responder essa pergunta, você deve pensar sobre duas questões: onde está o seu público e como estão as finanças da sua empresa. Afinal, ter um espaço próprio para vender ou atender clientes aumenta os custos e as despesas do negócio e você precisará estar onde os consumidores costumam frequentar.

Reflita sobre outras três situações para saber se está na hora de investir em um ponto de venda fixo ou não:

1. Faz parte do seu planejamento?

Se ter um endereço de venda faz parte do planejamento inicial do seu negócio, esse já deve ser um investimento financeiro esperado (e organizado previamente). A importância de planejar cada passo da empresa e de acompanhar seu crescimento existe justamente para que você consiga alcançar o que programou com mais segurança.

2. O que você vende?

Não são todos os tipos de negócio que compensam o gasto com um ponto fixo. O endereço normalmente é escolhido com base na possível clientela da área e na proximidade com pontos de grande circulação de pessoas.

Pensando nisso, o comércio em geral e alguns tipos de serviço são mais beneficiados com o ponto de venda. Se você é manicure, por exemplo, e costuma atender na casa dos clientes, ter o seu próprio endereço pode ser vantajoso. Pesquise o espaço do seu produto no mercado!

3. Análise de custos

É muito importante estar preparado financeiramente para segurar os novos custos e despesas que chegam com um ponto de venda fixo — do aluguel às contas de energia elétrica e água.

Essa análise de custos pode estar dentro de uma pesquisa de mercado mais completa: saiba tudo sobre a localização que você tem interesse, converse com outro dono de negócio que tenha uma experiência parecida com a sua, conheça a concorrência próxima do endereço e, claro, não se esqueça de colocar absolutamente todos os gastos na ponta do lápis!

Fonte: https://www.donodonegocio.com.br/cresca-mais/ponto-de-venda-fixo/

Comentários

comentários

Share This