O que é SEO?
28 de maio de 2018
O que é Domínio e Plataforma?
1 de junho de 2018

Como funciona o ranqueamento no Google?

Sempre que falamos de mídias sociais, surgem diversas dúvidas em relação aos termos usados na rede. Ranqueamento no Google é algo fundamental ao fazer um site e muito pouco explicado. O ranqueamento é a posição que o seu site irá se posicionar nas buscas do Google. A importância disso é bem simples: Quando você olha o resultado das olimpíadas, você não sai procurando qual a posição cada atleta ficou. Você observa no máximo os 10 primeiros e segue para o próximo assunto. Da mesma forma é o google. Ninguém vai até a segunda página, então você precisa aparecer na primeira.

Segundo o próprio Google, são 200 fatores levados em consideração para ranquear um site. Mas listamos os três fatores que consideramos mais importantes para você lembrar.

 

Leia também O que SEO?

 

Produção de Conteúdo

Conteúdo não deveria ser novidade para ninguém, mas muita gente da pouca importância ou acredita que colocar qualquer coisa vai atrair o seu público. Não poderia estar mais enganado.

Hoje, os robôs do Google são tão inteligentes que praticamente leem os conteúdos das páginas como seres humanos. Eles são capazes de distinguir se um texto publicado tem realmente a ver, ou não, com a palavra-chave pesquisada. Isso é ótimo para quem produz texto e se importa com o conteúdo e uma péssima notícia para aqueles que tentam burlar o SEO de páginas incluindo milhares de palavras-chave em seus códigos.

O segredo nesse item é bem simples: ESCREVER. Pesquisar o que é interessante para o seu público alvo e colocar um conteúdo bom e relevante.

 

Velocidade de carregamento

Quando você entra em um site para ler uma matéria e ela não abre imediatamente, o que você faz? Se esquece a matéria e vai ler outra coisa, o seu comportamento é o mesmo da maioria das pessoas.

O Google entende que esse comportamento precisa ser levado em consideração e por isso ele prioriza, ranqueando melhor, site que carregam em maior velocidade.

 

Uso em dispositivos móveis

Hoje, só no Brasil, temos cerca de 2 aparelhos de celular para cada brasileiro. Não por acaso, mais da metade das pessoas utilizam mais a internet nos smartphones e/ou iphones do que nos computadores ou notebook.

Seguindo essa tendência, em 2016, o buscador do Google fez uma grande alteração. Ele migrou para a priorização mobile-first nas buscas e no modo de ranquear. Ou seja, ele armazena primeiro páginas que possuem uma versão mobile e depois a sua versão web.

 

Só com esse pequeno artigo, você já pode perceber quantas coisas é importante considerar para alcançar os seus objetivos com o seu site.

 

Tem alguma dúvida? Não sabe o que significa algum termo usado na internet? Comenta aqui embaixo que vamos te ajudar!

 

Equipe Teknaabox

Comentários

comentários

Os comentários estão encerrados.

Orçamento