(32) 3061-1694

Eu escrevi meu primeiro post no dia 24 de julho de 2005. Esse post não está mais no ar porque ficou horrível.

O título era “Vencendo a Guerra do Marketing de Mecanismos de Busca.”

Tinha 412 palavras, nenhuma imagem, nenhum link externo e não oferecia muito valor porque não ensinava nada.

Mas, quer saber, em 2005, esse post era bem bom.

Veja bem, eu não concorria com muitos blogs naquela época. Atualmente, existem mais de 440 milhões de blogs, e em 2011, esse número era de 173 milhões. E em 2005, a Internet ainda era tão pequena que havia só 64 milhões de sites (com uma porção muito pequena deles sendo blogs).

Em outras palavras, meu primeiro post até que era bom, porque alguma coisa é melhor do que nada. As pessoas ficavam felizes de conseguir alguma informação, mesmo que ela não fosse excelente.

Mas ao longo dos anos, o trabalho dos blogs mudou. O que acontecia em 2005 não acontece mais hoje. 

O que significava ter um blog

Um blog era só um blog.

Era um lugar para se compartilhar experiências pessoais com o mundo. Desde fotos de viagens, passando por lugares onde você comeu, até informações pessoais sobre a sua família…

Em 2005, as redes sociais não faziam sucesso. O Facebook foi lançado em 2004, mas não era o que é hoje. E sites como o MySpace focavam quase que totalmente em música.

Conforme as redes sociais foram evoluindo, as pessoas perceberam que seria mais fácil compartilhar histórias pessoais no Facebook e no Instagram do que escrever todo um post para um blog.

instagram stories

Mais de 250 milhões de pessoas compartilham o que elas estão fazendo nas suas vidas pessoais todos os dias, só no Instagram. Você só precisa falar (ou olhar) no seu celular por alguns segundos. É simples assim.

E é por isso que mais de vocês usam redes sociais do que blogs diariamente. 

Só pense da seguinte forma… Se você quisesse atualizar seus amigos sobre a sua vida, seria mais fácil postar algumas fotos no Facebook ou escrever um post em um blog?

Claro que é mais fácil postar as fotos no Facebook. É por isso que o Facebook faz tanto sucesso.

Foi por isso que as pessoas passaram a dar mais atenção ao Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e Snapchat do que aos blogs.

Então por que as pessoas estão criando cada vez mais blogs?

Existem muitas razões pelas quais os blogs têm feito mais sucesso. Como eu falei acima, existem mais de 400 milhões de blogs hoje.

A principal razão pela qual os blogs vêm tendo mais sucesso é que você é um usuário final e continua consumindo o conteúdo que os blogs produzem.

Só nos Estados Unidos, 42,23% das pessoas entre 18 e 49 anos leem blogs.

united states reads

E porque as pessoas querem ler blogs, o Google não tem escolha senão ranqueá-los. A extensão média das páginas listadas na primeira página do Google é de 1.890 palavras:

word count

Existem vários motivos para se criar um blog, mas para alguém que posta semanalmente e está na jogada há 13 anos, as principais razões para se ter um blog são as seguintes:

  1. Você controla seu próprio destino – As redes sociais restringiram o número de amigos que veem seu conteúdo. Com um blog, você tem mais controle sobre o seu destino. Você pode coletar emails para levar as pessoas de volta para o seu site, pode criar uma lista de assinantes que recebem notificações, pode ter seu conteúdo ranqueado no Google… De uma forma geral, é mais fácil ter um fluxo constante de tráfego a partir de um blog do que de uma rede social, porque você não está apostando em uma única fonte de tráfego. Isso é mais importante do que nunca, porque os principais sites que fazem referências na internet estão começando a gerar cada vez menos tráfego para outros sites.
  2. Anúncios pagos são caros – O Google gerou 6 bilhões de dólares em receita de anúncios em 2005 e esse número disparou para 95 bilhões em 2017. Com os preços dos anúncios aumentando continuamente, você não tem escolha enquanto empresa se não encontrar outro canal de tráfego. Um blog é mais óbvio, uma vez que o Google adora ranquear conteúdo em texto. É só ver a Wikipedia, eles ranqueiam para tudo e geram 5,4 bilhões de visitas por mês.
  3. O Marketing agora tem uma abordagem omnichannel – Existem atualmente 1.766.926.408 sites na internet. Em 2005, eram apenas 64.780.617. É um aumento de 2.627%. Isso quer dizer que você, enquanto empresa, tem mais concorrência online, o que dá mais opções aos consumidores. Por que alguém deveria escolher você e não seu concorrente? Bom, o branding conta bastante, se você conseguir fazer com que um consumidor veja ou ouça falar da sua marca 7 vezes eles estarão muito mais propensos a se tornarem clientes. Um blog cria mais um ponto de contato.

Um blog não é um blog, é um negócio

Conforme mais sites estão surgindo, SEO vem se tornando mais competitivo. Sim, tem mais gente usando o Google, mas elas estão usando os mesmos termos populares.

Com o Ubersuggest, nós temos uma base de dados de 646.777.704 palavras-chave.

word database

E dessas palavras-chave, só 15.301.405 geram um volume de busca de 10.000 buscas a mais por mês.

Mais gente vindo para a internet não quer dizer que elas estejam buscando palavras-chave novas. Só quer dizer que os termos populares se tornam ainda mais populares.

É por isso que é mais difícil fazer com que as pessoas entrem no seu site e não no do seu concorrente, porque você está competindo com mais empresas pela atenção desses usuários.

Veja, conforme o SEO vem se tornando mais competitivo, você não tem escolha se não tratá-lo como um negócio. Produzir conteúdo demanda tempo e dinheiro. E aí, quando você tem os visitantes, precisa de mais tempo e dinheiro para convertê-los em clientes pagantes.

Em outras palavras, por ser tão competitivo, você não vai fazer direito a não ser que você invista muito dinheiro (de preferência os dois).

Dê uma olhada no Quick Sprout, o blog de marketing no qual eu não invisto muito dinheiro. Apesar de ser mais antigo que o NeilPatel.com, ele gera muito menos tráfego.

quicksprouttraffic

O blog do NeilPatel.com gera 693% mais tráfego porque eu invisto mais de seis dígitos nele por mês (principalmente no desenvolvimento de ferramentas gratuitas e na criação de conteúdo em áudio e vídeo) e eu o trato como um negócio.

neil patel traffic

Conclusão

Olha, eu não estou tentando te convencer a criar um blog. Mas eu acho que a maioria das empresas deveria ter um blog. E, se você não tem um, é só seguir esse guia para começar o seu.

Um blog é a única maneira de ranquear bem no Google e gerar tráfego sem pagar diretamente usando o Google AdWords ou o Facebook Ads.

Mas, se você quiser que dê certo, você não pode tratar seu blog como um “blog”… Você precisa tratá-lo como um negócio. Se você não fizer isso, não vai dar certo.

Esses são os 3 passos importantes que você deve seguir se quiser que dê certo:

  1. Concentre-se em escrever conteúdo de qualidade com consistência – Não se trata de escrever um ou dois posts incríveis… Você precisa ser incrível sempre. O mercado é competitivo demais, você não pode escrever posts de 400 palavras como eu fazia em 2005. Claro, se você está em um nicho novo sem concorrentes, vá em frente, escreva posts de 400 palavras, mas em algum momento você provavelmente vai ter concorrentes. E, se você não tiver tempo, o melhor é contratar um redator para te ajudar.
  2. Promova seu conteúdo – Quando você tiver conteúdo, você vai precisar promovê-lo. Promover não é fácil, mas eu detalhei em 4 passos para você. É só segui-los que dá certo.
  3. Foque em monetização por último – a maioria dos blogueiros que chega nesse ponto encara um problema grande… Conforme o tráfego deles cresce, a receita fica estagnada. Ter mais visitantes não significa necessariamente um aumento. No fim desse post, eu te ensino a converter esses visitantes em leads e clientes. Siga esses passos.
  4. Não se esqueça da voz – Eu sei que eu disse que você só precisa seguir 3 passos, mas se você seguiu todos eles com sucesso, você precisa começar a pensar na voz. 40% dos adultos usam busca por voz diariamente, então não deixe isso de lado. Siga esse guia para ter certeza que você vai capturar a fatia de mercado da busca por voz antes dos seus concorrentes.

O que você acha do trabalho de blog? Você vai começar a levá-lo a sério?

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/blog-e-um-negocio/

Comentários

comentários

Share This