(32) 3061-1694

A maioria dos profissionais de marketing e empresários que procuram começar um site focam apenas em design.

Eles querem que impressione as pessoas. O design deve apelar para as massas e criar headlines com sua beleza.

Mas não é o mais importante quando se trata de gerar tráfego e vendas reais.

Ao lançar um novo site, você tem uma chance nova de capturar uma tonelada de tráfego orgânico.

Mas em um mercado competitivo onde o SEO é a prioridade para os profissionais de marketing, é fundamental que você comece com o pé direito.

Otimizar o seu site para tráfego orgânico não é fácil. E não pode ser ignorado.

Certifique-se de checar esses oito itens de SEO antes de lançar o seu novo site, começando com a melhoria da velocidade do site.

1. Velocidade é fundamental para o sucesso

A velocidade é crucial para reter visitantes, e as saídas irão destruir o seu SEO. Mas a maioria das não tem um site adequado. Então, se o seu site é rápido, você já está um passo a frente da maioria das empresas.

Mais de 70% das páginas recentemente analisadas pelo Google em um estudo levaram sete segundos para carregar o conteúdo acima da dobra.

Para o conteúdo abaixo da dobra levou um total de dez segundos.

Em média, a maioria das landing pages levaram 22 segundos para carregar completamente. Mas mais do que a metade de todos os visitantes de sites mobile irão sair de uma página se ela demorar mais do que treze segundos para terminar de carregar.

Isso é um grande problema.

Para tornar as coisas piores, à medida em que o tempo de carregamento de página aumenta de um para sete segundos, as chances de um visitante de site mobile sair da página sobe para 113%.

pasted image 0 322

O número de elementos em uma página, que podem aumentar o tempo de carregamento, também podem afetar as taxas de conversão.

Quando a quantidade de imagens, textos e títulos em uma página sobe de 400 para 6000, a probabilidade de ocorrer uma conversão cai em 95.6%.

Felizmente, você pode usar a ferramenta teste meu site do Google para aumentar a velocidade.

Antes de tornar suas páginas mais velozes em todos os dispositivos, você terá que inserir a sua URL.pasted image 0 300

Assim que tiver inserido o endereço mobile do seu site, clique em “Analyze”. Então, será capaz de ver a nota de velocidade de site da sua página para mobile e desktop.

pasted image 0 319

É só clicar nos botões “Desktop” ou “Mobile” para alternar sua visão.

pasted image 0 299

Se a sua pontuação puder ser melhor, o Google te fornecerá dicas e sugestões aplicáveis para melhorar sua velocidade.

pasted image 0 317

Se você não estiver colocando o mobile antes do desktop, é melhor começar logo. Aqui está o porquê.

2. Mobile vem primeiro

Mais pessoas estão acessando a web com aparelhos mobile do que nunca. As pessoas usam mobile com mais frequência do que desktop ou por tablet em todo o mundo.

Screen Shot 2018 03 20 at 4.52.39 PM

No passado, o Google indexou sites pelo conteúdo em versões desktop. Porém, em disso, ele está começando a indexar e avaliar suas páginas com base nas experiências mobile.

Se as experiências desktop e mobile do seu site são similares, a troca provavelmente não vai influenciar tanto nos seus rankings.

Como um exemplo, abaixo estão as experiências desktop e mobile da mesma página. Perceba como o mesmo exato conteúdo aparece em ambas:

pasted image 0 311

Entretanto, a indexação primeiro por mobile pode fazer com que você tenha um ranking mais baixo se você tiver um site com conteúdos diferentes entre versões mobile e desktop.

pasted image 0 306

Quando a troca para o mobile-first acontecer, o Google usará a versão mobile, à direita, para indexar e rankear as páginas, e nela está faltando uma tonelada de conteúdos da esquerda.

Isso é conhecido como um design não-responsivo.

Se você está planejando usá-lo, talvez queira fazer algumas mudanças.

Pesquisas mobile não vão apenas ajudar com os rankings. Elas também levam a mais compras.

Pelo menos 76% das pessoas que buscam por um item pelo smartphone visitam as empresas dentro de um dia e 28% dessas buscas/visitas acabam em compra..

pasted image 0 331

Você também deve focar em melhorar o design mobile geral do seu site. Quando o seu site mobile é mais fácil de navegar, suas taxas de conversão aumentarão.

O HubSpot testou isso ao trocar para layouts mais diretos, o que levou a uma diminuição nas taxas de rejeição em 27%.

pasted image 0 325

Isso prova que realmente existem certos momentos onde você deve “manter as coisas simples.” Deixe seus menus, opções de busca, links e filtros o mais facilmente acessível quanto possível.

Menos é mais. Especialmente quando tratamos da entrada de pagamento.

Quem quer passar uma tonelada de tempo inserindo um número de cartão de crédito de 16 dígitos? Ninguém. E se um consumidor não estiver perto do cartão quando forem comprar?

Facilite para os consumidores que estão retornando fazer compras com um recurso “Deslize para comprar”.

Amazon introduziu isso para acompanhar o botão “Compre Agora” no seu app mobile.

pasted image 0 298

Wish também usa um recurso “Deslize para Pagar” no aplicativo mobile.

pasted image 0 312

A facilidade de uso irá levar a mais conversões porque você está literalmente tornando as compras tão fáceis quanto o deslizar de um botão para os seus consumidores.

Outro grande item de SEO para seguir é criar conteúdo antes de lançar o site.

3. Crie conteúdo antes do lançamento (e poste regularmente depois)

Se você quer conseguir mais tráfego orgânico, é preciso usar marketing de conteúdo.

Uma das únicas maneiras de usar palavras-chave de forma eficaz é pelo seu conteúdo. E o blog é a forma mais fácil e rápida de fazer isso.

Antes do seu site entrar no ar, reúna conteúdo. Escreva dezenas de artigos com foco nas suas principais palavras-chave antes de colocar o site no ar.

Por quê? As pessoas querem ver que o seu site é ativo e legítimo.

Se você não tem conteúdo, as pessoas não confiarão em você ou não conseguirão te encontrar em primeiro lugar.

Dados do HubSpot  mostram que empresas com mais de 16 posts de blog por mês conseguem quase 3.5X mais tráfego do que empresas que publicam apenas zero a quatro posts por mês.

blog monthly traffic

E à medida que o número de posts que uma empresa publicou no geral aumenta, o tráfego inbound também.

As empresas com mais de 400 posts de blog recebem cerca do dobro de tráfego que as empresas com 301-400 posts recebem.

blog total traffic

Conteúdo de forma longa podem te dar um ranking ainda mais alto. Almeje por no mínimo 1,900 – 2,000 palavras por post para melhores resultados.

pasted image 0 327

Depois, configure o Google Analytics e o Search Console para que você possa rastrear as análises de site.

4. Configure o Google Analytics e o Search Console

Análises são a chave do crescimento em SEO.

Se você não sabe o que está acontecendo com o seu site, não tem como arrumá-lo. E se você não sabe o que está funcionando, não pode se certificar de aplicar em todas as páginas.

Entender o tráfego orgânico e de onde seus links estão vindo é essencial.

Uma vez construído seu site, configure o Google Analytics para rastrear como as pessoas usarão e descobrirão sua página.

Você pode visualizar de quais canais o tráfego está vindo, o número de sessões, o percentual de sessões de canal que contribuiu para o total, e mais.

pasted image 0 328

Com essa informação, você pode otimizar o seu site para palavras-chave específicas, corrigir erros e continuar com os métodos que têm sucesso.

Instalá-lo antes de lançar significa que você começará a coletar dados já quando seu site for ao ar para que você possa otimizá-lo o mais rápido possível.

Para instalá-lo, visite Google.com/Analytics e se inscreva com sua conta do Google.

Depois de configurar seu site, cole seu código único de rastreamento do Analytics dentro dele.

Se você construiu o seu site com o WordPress, você também pode adicionar o código com o plugin Google Analytics by MonsterInsights.

pasted image 0 314

Depois de configurar o Google Analytics, adicione o seu site ao Search Console do Google para relatórios mais detalhados.

 

pasted image 0 308

Você pode ver dados como tráfego de busca, quem está linkando mais para sua página, qual é o seu conteúdo mais linkado, e como os seus dados estão sendo linkados.

Você também pode visualizar informações de palavra-chave, procurar CTR para cada palavra-chave, impressão total de palavra-chave, e mais.

Para adicionar o seu site ao Search Console do Google, vá para Google.com/Webmasters.

Você pode começar a usar o Search Console imediatamente se o seu site já tiver um link para uma conta do Google Analytics.

Uma vez que o seu site começar a rankear palavras-chave e receber tráfego, você terá todas as informações que precisa. Dê uma olhada semanalmente para ver novas oportunidades de otimização de SEO.

Se você não pensou sobre SEO on-page ainda, agora é a hora.

5. Domine o SEO on-page

Se você está começando um novo site, não há motivo para esperar até precisar de uma auditoria SEO para otimizar seu SEO on-page.

Escolha uma palavra-chave para cada página. Ajuda começar com palavra-chave de baixo volume que você pode aumentar o interesse ao longo do tempo.

Depois, escreva tags de título que atrairão mecanismos de busca. Cada página do seu site deve ter sua própria title tag. Inclua modificadores como “2018” ou “best” para alcançar pesquisas de cauda longa diferentes.

pasted image 0 302

Mantenha as title tags mais curtas do que 55 caracteres para que elas não sejam cortadas nos resultados de pesquisa.

Use URLs curtas e fáceis ao construir páginas que também incluam a palavra-chave alvo. Por exemplo, use www.yourwebsite.com/target-keyword em vez de of www.yourwebsite.com/2334905.

Se você quer aumentar as taxas de clique, sempre use meta descrições. Mantenha-as mais curtas que 160 caracteres para que toda a descrição apareça nos resultados de pesquisa.

pasted image 0 318

Você também deve otimizar para resultados de pesquisa do Google Imagens. Adicione imagens nas suas páginas. Crie gráficos personalizados com o Canva ou Stencil e adicione-os aos seus posts.

pasted image 0 323

Você deve incluir palavras-chave alvo nos nomes de arquivos de imagem. Adicione texto alternativo rico em palavras-chave em todas as suas imagens quando fizer o upload.

Reduza as taxas de rejeição fazendo os tópicos das suas páginas claros.  Adicione as palavras-chave alvo às primeiras 100 palavras do seu artigo. Utilize palavras-chave nas tags de cabeçalho para um aumento ainda maior no seu SEO.

Inclua pelo menos dois links outbound para sites com maior autoridade em todas as peças de conteúdo que você criar.

Adicione links internos, também. Inclua pelo menos dois ou três links internos para outros artigos em cada nova peça que você escrever.

Também ajuda usar os botões de compartilhamento social que fornecem uma prova social rápida e facilitam para os leitores o compartilhando em plataformas.

Certifique-se de que os botões de compartilhamento social são fáceis de ver, como os usados pelo Search Engine Journal.

pasted image 0 330

Use o plugin do WordPress DiggDigg para adicionar botões de compartilhamento social rapidamente.

Finalmente, cheque duas vezes o seu SEO quando estiver no ar com a ajuda de uma auditoria de SEO como o SEOptimer.

pasted image 0 313

Palavras-chave de cauda longa podem te ajudar a converter vendas. Faça algumas pesquisas antes de lançar seu site para ganhar a vantagem sobre seus concorrentes.

6. Faça pesquisas de palavras-chave de cauda longa

Palavras-chave de cauda longa são aquelas palavras-chave mais longas que são ultra específicas em relação ao que você vende ou sobre o que fala.

Quando clientes as usam, eles já sabem exatamente o que procuram. Ao utilizá-las, você terá como alvo aqueles que já estão prontos para comprar, o que significa ainda mais conversões.

pasted image 0 303

No ano passado, eu gerei 173,336 visitantes qualificados apenas usando frase de palavras-chave de cauda longa. Isso é um aumento de 91%.

Você pode alcançar o mesmo sucesso.

Encontrar palavras-chave de cauda longa é fácil com uma ferramenta como a Moz Keyword Explorer. Insira um termo ou frase para começar.pasted image 0 320

Foque em métricas como volume, dificuldade ou quantia de cliques orgânicos.

Colete seus resultados e tenha como alvo palavras-chave que são altas em volume e baixas em dificuldade. Elas te trarão os melhores resultados.

pasted image 0 301

Moz também te dará sugestões de palavras-chave diferentes relacionados ao que quer que você procure.

pasted image 0 315

Depois, foque em otimizar todas as suas landing pages para SEO.

7. Otimize suas landing pages para SEO

Uma landing page com um bom design pode aumentar suas vendas e gerar leads.

Quanto mais landing pages seu site tiver, mais oportunidades você terá para conseguir tráfego de pesquisa.

Mas não existem muitos sites que usam landing pages específicas para capturar usuários.

De acordo com o MarketingSherpa, 44% dos cliques para empresas B2B vão para uma homepage em vez de uma landing page.

Sua homepage é extremamente importante, mas nem sempre é o melhor lugar para criar um relacionamento forte com os buscadores.

Aqui está um exemplo da landing page do “Produto” do Kissmetrics.

pasted image 0 326

Os gráficos profissionais, layout moderno e tema de cores escuras levam a página a outro nível.

E então, à medida que você desce, você aprende ainda mais sobre os recursos dos serviços. Um vídeo acompanha cada seção de texto.

pasted image 0 310

A marca também tem CTAs claros e notáveis nas páginas.

pasted image 0 324

Se você ainda não está convencido sobre como uma landing page de sucesso pode ser, preste atenção.

Especialistas em Taxas de Conversão fizeram $1 milhão para a Moz apenas com uma única landing page e alguns emails.

pasted image 0 309

Empresas com mais de 40 landing pages recebem 500% mais conversões.

Mas boas landing pages não precisam ser limitadas a apenas uma página. Veja esse exemplo do KlientBoost:

pasted image 0 304

A landing page é interativa e atrai os visitantes com perguntas. Primeiro, você seleciona suas metas e lista onde faz propaganda.

A landing page então pergunta uma série de questões, que também servem como as questões pré-qualificativas da empresa para encontrar novos leads.

pasted image 0 321

No final do questionário, é preciso inserir informações de contato para enviar sua proposta grátis.

pasted image 0 307

Alguns visitantes podem abandonar a página neste ponto se eles não quiserem ser contatados, mas aqueles interessados irão em frente e preencherão o formulário.

Essa é uma landing page simples multi-páginas que pode te ajudar a ganhar milhares de novos leads qualificados mensalmente.

Aqui está como se certificar de que sua landing page é otimizada para SEO.

Encontre uma palavra-chave de cauda longa com os passos listados no item de SEO número 6 e use-a na sua landing page.

Certifique-se de adicionar title tags, palavras-chave adicionais e tag de meta descrição.

Garanta que o conteúdo nas landing pages é útil. Você precisa incluir títulos que mantenham os leitores engajados.

O objetivo de cada frase e título é levar os leitores para a próxima linha.

Quando você tiver um título bom, complete um título secundário engajador e um texto bem escrito.

Não faz mal adicionar um depoimento, um CTA, e um botão CTA, links e imagens. Coloque todas essas informações acima da dobra se puder. Você pode até mantê-la em um só página.

pasted image 0 329

Para resumir, os elementos principais para uma landing page de alta-qualidade são:

  1. Um título engajador que usa a palavra-chave algo
  2. Um segundo título chamativo
  3. Texto útil e informativo com palavras-chave de apoio
  4. Um depoimento ou outra forma de prova social
  5. Um CTA (para se inscrever para o seu serviço ou produto, download de uma isca digital, etc.)
  6. Um botão de CTA para acompanhar seu CTA
  7. Links inbound ou outbound para aumentar os resultados da sua landing page na SERP
  8. Imagens de alta qualidade
  9. Não ter navegação (você não quer os usuários saindo da página!)

Finalmente, o último item de SEO, faça um XML Sitemap

8. Crie um XML Sitemap

O que exatamente é um XML sitemap?

XML significa “Extensible Markup Language”. Para simplificar, ele lista todas as URLs que fazem um site.

Depois, ele mapeia como o site é estruturado e o que ele inclui.

Por isso o nome sitemap.

Mecanismos de busca usam rastreadores para indexar seu site e organizar as informações dele. É por isso que você precisa de um sitemap.

pasted image 0 305

Esses rastreadores podem ler toneladas de dados sobre suas páginas, mas o mapa facilita para que os rastreadores façam isso de forma eficiente e rápida. Ele age como uma “Mesa de Conteúdos” para suas páginas.

Depois do rastreador fazer isso, o seu site tem uma chance maior de conseguir um ranking melhor mais rapidamente.

Quando você criar um XML sitemap, envie-o para o(os) mecanismos de busca da sua escolha para que eles rastreiem suas páginas mais rápido.

Para criar um sitemap online, você pode usar o XML-Sitemaps.com. Você pode indexar o máximo de 500 páginas de graça com essa ferramenta, mas você terá que pagar uma taxa mensal de $3,49 depois disso.

Depois de gerar o sitemap, adicione o seu site ao Bing Webmaster Tools e ao Google Webmaster Tools. Isso permitirá que esses mecanismos de busca rastreiem as páginas.

Se você já tem uma conta do Google, apenas se inscreva no Webmaster Tools e adicione seu site.

Vá para Otimização > Sitemaps e clique em “Add/Test Sitemap” para enviar seu sitemap.

pasted image 0 316

Conclusão

A maioria dos negócios está preocupada com o design quando vai lançar um novo site, o que é importante.

Mas não vai gerar a maioria do seu tráfego e vendas. É por isso que você precisa focar em SEO antes mesmo do seu site ir pro ar.

A velocidade é o fator número um que pode fazer seu site funcionar ou não. Se demorar mais de 3 segundos para suas páginas carregarem, você perderá muito tráfego. Conhecido como clientes potenciais.

Use a ferramenta PageSpeed Insights do Google para testar sua velocidade. Melhore seu site com as sugestões dadas pelo Google.

Depois, foque em otimizar para mobile. A indexação mobile-first irá considerar a versão mobile do seu site em vez da versão desktop ao se tratar de rankings.

Certifique-se de que seu site mobile está mostrando o mesmo conteúdo que o seu site desktop.

Crie toneladas de conteúdo de forma longa antes mesmo de lançar o site, e poste regularmente depois. Crie pelo menos 16 posts por mês com 1.900 a 2.000 palavras para melhores resultados.

A partir daqui, configure o Google Analytics e o Search Console para que você tenha uma visão melhor do tráfego que você estará recebendo.

Faça uma auditoria completa de SEO antes da sua página ser lançada. Adicione title tags, meta descrições, imagens e mais.

Faça pesquisas de palavras-chave de cauda longa e adicione-as às suas páginas para maiores conversões.

Se você não considerou suas landing pages ao otimizar o SEO, você precisa. Crie múltiplas landing pages que irão focar em necessidades específicas.

Use títulos engajadores que tenham palavras-chave alvo, texto informativo, prova social, CTAs, links inbound e outbounds, e tente manter todas essas informações acima da dobra.

Por fim, crie um XML sitemap e envie-o para as ferramentas do Bing e do Google. Isso facilitará para os mecanismos de busca rastrearem e indexarem suas páginas.

Quais desses itens de SEO você já tirou da sua lista antes de lançar seu site?

 

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/itens-de-seo/

Comentários

comentários

Share This