(32) 3061-1694

Pode acabar sendo uma frustração gastar tanto tempo e dinheiro em link building para SEO.

Nos primeiros dias, nada acontece. Mas isso é esperado.

Depois, passam algumas semanas, meses e mesmo anos, e ainda assim nada acontece.

Como assim?

Eventualmente, você descobre que todos os backlinks que você gastou tanto tempo e dinheiro construindo eram links nofollow.

E, por causa disso, nenhum link importa.

Esse, pelo menos, é o seu medo. É isso que você teme que vá acontecer se você passar muito tempo criando links nofollow.

Idealmente, você quer se beneficiar do SEO e do seu trabalho de link-building. De fato, popularidade de links é um dos principais fatores para posição no ranking de mecanismos de busca.

pasted image 0 495

O que significa que você definitivamente não vai querer gastar muito tempo e dinheiro achando que você está construindo links para descobrir mais tarde que não estava.

Isso, afinal, é o medo de construir links nofollow.

Eles são a maldição das pessoas que tentam expandir seu SEO. Como você não tem certeza de como eles afetam seu site, você não sabe como proceder.

O ponto é, profissionais de marketing em toda a parte têm medo de links nofollow.

“Ah! Eles usam links nofollow. Não perca seu tempo aqui”, profissionais de marketing dizem com frequência.

Mas será que isso é verdade?

Você sabe que link building é uma estratégia poderosa para melhorar seu SEO e que 99,2% dos 50 melhores resultados nas SERP têm pelo menos um backlink apontando para o site deles.

pasted image 0 488

Mas e links nofollow?

Eles te ajudam de alguma forma? E se eles forem ruins, o quão ruins eles são?

Será que você realmente deveria ter medo deles?

Essas são as perguntas que eu pretendo responder de uma vez por todas nesse post.

Ao final, eu quero que você entenda exatamente o que é nofollow e por que esses links não são nem de longe tão ruins quanto as pessoas fazem parecer.

Porque o negócio é o seguinte. Você quer acabar em alguma dessas posições nos resultados do Google.

digital marketing Google Search

Você não quer ficar no fim da página, e muito menos ficar na página 5, 10, 100, ou até 1.000.

E, acredite ou não, links nofollow podem te ajudar a chegar lá.

O que são links nofollow?

Você já deve ter ouvido muita coisa sobre links nofollow.

Mas talvez você não entenda exatamente o que eles são.

O que, exatamente, são links nofollow?

Bom, para explicar isso, preciso primeiro que você entenda o que é um link dofollow.

Um link dofollow é um link normal, que dá à pagina a que ele está fazendo referência um pouco mais de link juice. O Google usa esses links para determinar quais sites ranquear e quais não ranquear.

Eles são, como você provavelmente já sabe, chamados de backlinks.

E existem dois tipos de backlinks. Dofollow e nofollow.

Links dofollow ocorrem quando a pessoa que cria o link não mexe na versão HTML do hyperlink. Nesse sentido, esses links são backlinks “normais”.

Links nofollow, por sua vez, ocorrem quando a pessoa que os cria mexe no HTML para intencionalmente dizer ao Google para não dar ao website referenciado nenhum link juice a mais.

pasted image 0 478

No entanto, o link ainda funciona como um hyperlink normal. Se alguém clica nele, ainda é levado para o seu site.

A única diferença entre um link dofollow e um nofollow é que o nofollow diz para o Google não associar o site referenciador ao site referenciado.

Por essa razão, de forma geral, links nofollow não constroem nenhuma (ou constroem menos) autoridade de domínio do que seus paralelos dofollow.

Agora, claro, você provavelmente está se perguntando se você construiu links nofollow sem querer.

Felizmente, descobrir isso é incrivelmente fácil.

Você pode baixar gratuitamente a extensão NoFollow do Chrome para rapidamente verificar quais links são dofollow e quais são nofollow.

Eu a usei para dar uma olhada no Entrepreneur, por exemplo, e descobri que muitos dos links deles são nofollow.

pasted image 0 469

Quando eu chequei o SmartBlogger, porém, eu descobri que a maioria dos links deles são dofollow.

pasted image 0 474

Logicamente, então, seria mais inteligente para o seu negócio criar backlinks do SmartBlogger do que do Entrepreneur, não seria?

Bom, não necessariamente.

Na verdade, saber criar links nofollow pode ser uma ótima maneira de gerar tráfego, turbinar o SEO, alavancar o movimento nas redes sociais e marketing de influência e criar um efeito dominó na sua estratégia de link-building.

Em outras palavras, links nofollow não são nem de longe tão ruins quanto parecem.

Vou mostrar 5 razões para isso.

1. Tráfego aumentado de backlinks e links de segundo nível

Já que links nofollow não fazem nada para impedir as pessoas de clicarem neles, um dos seus principais benefícios é o tráfego extra em potencial para o seu site.

Se você gera um backlink do Entrepreneur, por exemplo, uma publicação que não usa praticamente nenhum link dofollow, esse link ainda tem bastante valor.

Por quê?

Porque o Entrepreneur tem um público gigante, e todos esses leitores agora têm a oportunidade de visitar seu site.

Além disso, se o texto âncora para o link no artigo do Entrepreneur menciona o nome da sua marca, você também acabou gerando bastante consciência de marca.

Claramente, esse link nofollow está longe de ser inútil.

E, com links de segundo nível, esse potencial se torna ainda mais lucrativo.

Links de primeiro nível são os backlinks normais. Links de outros sites para uma de suas páginas.

pasted image 0 467

Um link de segundo nível é parecido, só que mais abaixo na cadeia de comando. Um link de segundo nível não leva direto para o seu site, mas para uma página que está linkando para o seu site.

Eu sei, isso fica meio abstrato.

Fica mais ou menos assim:

pasted image 0 499

Ainda está confuso?

Tudo bem. Deixa eu te dar um exemplo.

Veja um artigo do SmartBlogger linkando para outro site de tecnologia. Esse é o backlink de primeiro nível.

How to Start a Blog in 2018 New Method That s 20X Faster Smart Blogger

Contudo, se eu clicar nesse link e for para a página referenciada, eu também posso ver que o WordPress foi mencionado no link do site de tecnologia.

Esse é então um backlink de segundo nível.

O WordPress recebeu o link de primeiro nível no site de tecnologia e um link de segundo nível do SmartBlogger.

WordPress quietly powers 27 of the web TechRepublic

Eu sei o que você está pensando.

Por que o link building de primeiro e segundo nível é tão importante quando o assunto são links nofollow?

A razão é simples. Embora links nofollow te deem menos SEO juice direto do que links dofollow, eles podem gerar tanto tráfego quanto.

E com link building de segundo nível, eles podem gerar ainda mais.

Claramente, esse tráfego todo está longe de ser inútil. Portanto, o mesmo se aplica para o link nofollow que direcionou esse tráfego.

2. Alavancagem de SEO para suas páginas referenciadas

Esse subtítulo pode ser meio enganoso.

Por que você teria uma alavancagem de SEO nas suas páginas que receberam um backlink nofollow?

Afinal, o objetivo da tag nofollow não é exatamente impedir que o Google atribua autoridade de domínio para a página referenciada?

Bom, é. Mais ou menos.

Essa é a ideia, pelo menos.

Mas acontece que o Google sabe disso.

As pessoas que constroem o algoritmo secreto do Google sabem que donos de sites estão tentando usar links nofollow para proteger o próprio SEO não ajudando o SEO de outros sites.

Mas o negócio é o seguinte. O Google também sabe que você ainda está linkando para eles, independentemente do link nofollow.

E, uma vez que eles sabem disso, a real capacidade dos links nofollow para restringir a construção de autoridade de domínio é, no mínimo, incerta.

Se você receber um link nofollow de um blog famoso, isso não significa automaticamente que o link não vai fazer nada pelo seu SEO.

Na verdade, muitos estudos de caso online apontam na direção oposta.

Foi feito um teste para determinar o impacto de links nofollow e percebeu-se uma clara correlação entre o uso de links nofollow e um aumento nos rankings.

pasted image 0 480

Além disso, leve em consideração que 20% a 40% do total de backlinks das páginas que ranqueiam primeiro no Google são links nofollow.

Claramente, esses links nofollow são bem mais úteis do que a maioria das pessoas pensam.

Você quer escalar nos rankings, certo?

Você quer aproveitar o fato de que 93% de todas as experiências online começam com um mecanismo de busca e que 75% das pessoas nunca avançam para a segunda página de resultados.

pasted image 0 476

Como você pode ver, links nofollow podem te ajudar a aproveitar esse potencial de SEO.

E eles não fazem isso de forma indireta, mas direta mesmo.

É bem provável, já que o Google sabe sobre links nofollow, que eles tenham feito alguma coisa no algoritmo deles para ainda beneficiar as páginas referenciadas, apesar da tag de HTML nofollow.

Talvez links nofollow não ofereçam tanto SEO juice quanto links dofollow.

Mas afirmar que eles não incrementam de jeito nenhum sua autoridade de domínio é tão ridículo quanto dizer que o Google não sabe o que sites que atribuem nofollow estão tentando fazer.

3. Sinais Sociais

Muito provavelmente, você já sabe o quanto as mídias sociais podem contribuir para o seu sucesso online.

Afinal, todo mundo anda falando disso.

Fala-se sobre a frequência com a qual você deveria postar em qual plataforma e por que isso vai aumentar seu público, consciência de marca e até gerar tráfego, leads e conversões para o seu site.

Mas você sabia que todas essas contas de redes sociais podem te ajudar a desenvolver seu SEO?

Na linguagem de SEO, isso se chama sinais sociais.

E o Google usa sinais sociais para determinar o quão atualizado, popular e ativo está seu site.

pasted image 0 502

Claro, cada rede social é um pouco diferente. Mas, em sua maioria, os sinais sociais são nofollow.

Veja alguns links nofollow no Facebook:

pasted image 0 507

E alguns links nofollow no Twitter:

pasted image 0 482

No Pinterest, contudo, a história é um pouco diferente. Como você pode ver pelos links em verde abaixo, parece que o Pinterest realmente usa links dofollow.

pasted image 0 468

Isso, claro, vai beneficiar seu SEO bem mais do que uma rede social que oferece links nofollow.

Mas independentemente da tag “do” ou “no” na frente do “follow,” esses sinais sociais ajudam seu SEO diretamente.

De fato, existe uma clara correlação entre os primeiros dez resultados e a presença desses sites nas redes sociais.

pasted image 0 485

Mas não é só sobre o quão presentes esses sites estão nas mídias sociais. É também sobre o quão ativos eles são.

pasted image 0 464

Naturalmente, isso faz sentido.

Quanto mais ativo você for nas mídias sociais, mais links você vai receber para o seu site, principalmente se você estiver compartilhando conteúdo de blog do seu próprio domínio.

Isso significa que, cada vez que você postar, para cada atualização nas redes sociais e cada compartilhamento que você gerar, você cria links nofollow que ajudam no seu SEO.

Quem disse que links nofollow não servem para nada?

Bom, talvez alguém que nunca ouviu falar de sinais sociais.

4. Marketing de influência

Você já ouviu falar de marketing de influência, certo?

Se você não ouviu, não tem problema.

Me dê um instante para explicar o que é e logo você entenderá.

Depois, eu vou te mostrar como o marketing de influência está relacionado a backlinks nofollow e como isso ajuda na sua estratégia de marketing.

O marketing de influência está tentando acessar o público de alguém com muitos seguidores que se interessarão pelo seu negócio ou produto.

Idealmente, depois de trabalhar com o influenciador para divulgar sua marca para o público dele, alguns desses seguidores vão entrar para o seu público, te dando acesso direto a eles sem precisar da permissão do influenciador.

E é uma estratégia incrível para gerar tráfego, leads e conversões.

A razão é simples. As pessoas confiam nos influenciadores.

81% dos consumidores nos EUA confiam em recomendações de blogs, e 71% dos consumidores estão mais inclinados a adquirir um item se virem uma recomendação dele nas redes sociais.

pasted image 0 472

E é por isso que empresas gigantes vêm usando o marketing de influência já há um bom tempo.

Veja, por exemplo, esse post do Instagram da Gap:

pasted image 0 491

Ou esse vídeo da British Airways em que eles convidam 100 influenciadores para embarcar em um voo e fazer um brainstorm sobre como solucionar problemas do mundo.

OK. OK. Então você entende que o marketing de influência é relevante para gerar leads, tráfego e conversões.

Mas o que isso tudo tem a ver com links nofollow?

Bom, o marketing de influência prova que links nofollow não são inúteis.

Pense nisso. Com frequência, em campanhas em marketing de influência, os backlinks gerados são nofollow.

Mas, claro, seria idiota presumir que esses mesmos links são inúteis. Você recebe acesso a um público gigante, cria um público próprio e provavelmente ainda vende alguns produtos.

Muitas empresas já usaram campanhas de marketing de influência para construir links nofollow.

E elas fazem isso porque essas menções e referências são incrivelmente valiosas, independente das suas raízes nofollow.

Você pode usar a mesma estratégia.

5. O efeito dominó do link building

Sabe quando você alinha dominós no chão da sala? E aí você empurra o primeiro, que bate no segundo e por aí em diante?

É bem divertido, não?

Mas é mais que divertido.

Representa uma verdade importante no mundo do link building.

Duas coisas especificamente.

  1. Se você não empurrar o primeiro dominó, os outros nunca vão cair.
  2. Se você não tem mais dominós depois do primeiro, você não vai ver o efeito dominó acontecer.

Aplicando isso ao universo de SEO e link building: se você não tem backlinks, você não pode gerar mais backlinks dos backlinks atuais.

Porque o negócio é o seguinte: quando você tem muitos backlinks no mundo digital, mais pessoas te encontram, independente do fato de os links seguirem ou não seguirem tags.

pasted image 0 465

E quando as pessoas te encontram, elas podem te usar como um recurso.

Afinal, quem faz mais pesquisa do que um profissional de marketing de conteúdo tentando escrever um post para o seu blog?

Isso significa que, com mais links vêm… Bom, mais links.

Link building é uma espécie de ciclo auto renovatório. Quanto mais links você tem, mais links você recebe.

E não importa em nada se esses backlinks são nofollow ou dofollow.

Provavelmente é por isso que tantos sites com uma posição alta no ranking têm uma quantidade gigante de backlinks.

pasted image 0 466

Esses sites não se preocupam com dofollow ou nofollow.

Eles simplesmente constroem links, sabendo que um link nofollow pode rapidamente se tornar um link dofollow em outro site se a pessoa certa o vir.

Minha recomendação?

Espalhe seus links por toda a Internet e permita que o efeito dominó aconteça.

Um link leva a outro e a outro e a outro…

Conclusão

Seu objetivo final não é construir seus rankings de SEO.

Isso mesmo. Não é.

E você já sabe disso. Seu objetivo final é gerar leads, tráfego, conversões e receita. SEO só acaba sendo uma das melhores maneiras de alcançar esses objetivos.

Mas link building oferece muito mais vantagens do que só SEO juice. Com link building, você pode direcionar tráfego direto para o seu site, por exemplo.

Então, quando esse tráfego se torna visita, você ganha leads e clientes.

E links nofollow fazem isso tão bem quanto links dofollow.

Então, como não gostar deles?

Além disso, essa é só uma razão pela qual links nofollow são tão importantes. Aumento no tráfego, SEO, marketing de influência e efeito dominó são todas razões pelas quais links nofollow valem tanto seu tempo e orçamento.

Muita gente deve ter te falado o contrário, que links nofollow são inúteis.

Felizmente, essas pessoas estão erradas.

Claro, eles podem não te gerar tanto SEO juice quanto seus paralelos dofollow, mas ainda geram tráfego e melhoram seu SEO.

Por que você acha que links nofollow valem seu tempo e dinheiro?

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/links-nofollow/

Comentários

comentários

Share This