O Que É e Como Funciona os Anúncios no Facebook
Facebook Ads: O Que É e Como Funciona os Anúncios no Facebook
9 de junho de 2018
Verifique Estes 8 Itens de SEO Antes de Lançar Um Novo Site
Verifique Estes 8 Itens de SEO Antes de Lançar Um Novo Site
14 de junho de 2018

Youtube para E-Commerce: A Arte de Vender Sem Vender

https://neilpatel.com/br/blog/youtube-para-e-commerce

E se eu te dissesse que você tem acesso ilimitado a uma plataforma de marketing e-commerce garantida – e ela fosse de uso gratuito?

Você tem.

Visitantes do YouTube assistem quase 5 bilhões de vídeos todos os dias. É o canal perfeito para promover consciência de marca e construir uma base de seguidores fiéis.

Mas sua popularidade é uma faca de dois gumes.

Bilhões de visitantes atraem diversos criadores de conteúdo. Pode ser difícil se destacar em meio a multidão – não apenas de sua concorrência, mas das massas de criadores de conteúdo como um todo.

Felizmente, com a estratégia certa a postos, você pode se sobressair em meio às multidões de YouTubers ávidos para gerar lucro.

Porque você definitivamente deve tirar vantagem do poder de venda do YouTube.

Afinal de contas, ele é o terceiro site mais visitado do mundo.

Vou te mostrar como tirar vantagem da plataforma de modo profissional para aumentar suas vendas pelo Youtube para o e-commerce.

O que faz do YouTube uma ferramenta de venda tão eficiente?

Nos negócios, é melhor mostrar em vez de contar.

O YouTube é a plataforma perfeita para mostrar sua marca a uma grande audiência para que ela lembre de você quando for hora de comprar.

Se 63% dos profissionais de marketing dizem que o desafio número 1 deles é gerar novos leads e 43% dos consumidores querem ver mais conteúdo em vídeo, uma plataforma de vídeo como o YouTube é o modo perfeito de conectar essas necessidades.

pasted image 0 283

O problema é que o YouTube é tão popular e tão saturado com criadores de conteúdo e canais que pode ser um desafio conseguir que seus vídeos cheguem até os espectadores certos.

O que quero dizer com “saturado”?

Existem mais de 50 milhões de referências ativas na base de dados do YouTube.

O que isso significa para você?

Significa que sua mensagem está competindo com outros 50 milhões de vídeos únicos por atenção.

A boa notícia é que existem também mais de um bilhão de usuários ativos no YouTube, assistindo por volta de um bilhão de horas de conteúdo por dia.

A audiência está lá. Você só tem que alcançá-la.

Aqui estão algumas dicas para fazer do YouTube para e-commerce uma de suas ferramentas de venda mais eficientes.

1. Seja fiel à sua marca

O seu canal é uma extensão do seu site e é como deve parecer para que seus clientes em potencial te reconheçam imediatamente independente de onde te encontrarem.

Seja consistente, tanto em seu site, perfis sociais ou plataformas de vídeo.

Em média, leva 5-7 impressões de marca antes que alguém lembre de você. Para que um visitante tenha uma impressão de sua marca e se lembre de você no futuro, ele precisa ver sua história pelo menos cinco vezes.

É por isto que é essencial parecer a mesma empresa em cada plataforma.

Cria uma história coerente, o que cria uma conexão cognitiva entre você e seu leitor.

Dê uma olhada neste exemplo de uma história de marca atraente da Toms.

pasted image 0 272

Boas histórias não apenas conectam clientes. Elas se conectam com clientes. A Toms coloca a afirmação de sua missão em destaque em seu site:

Melhorando vidas, fazendo boas ações e ajudando pessoas em necessidade.

É memorável.

Agora, veja o Canal do YouTube da Toms:

pasted image 0 269

Existe um reconhecimento imediato de seu logo, paleta de cores e elementos básicos de branding, mas eles também incluem sua afirmação de marca em sua playlist de vídeos.

O canal deles parece e dá a sensação de ser uma extensão da marca.

Aqui está outro exemplo do meu site:

pasted image 0 277

Compare ele ao meu canal do YouTube:

pasted image 0 290

Mesma aparência e sensação, não é mesmo? É tudo intencional para que os pesquisadores reconheçam meu conteúdo em um instante.

Então como você faz a mesma coisa?

Primeiro, tenha a certeza de dar uma olhada nos recursos de customização do YouTube e adicione atributos de marca ao seu canal.

pasted image 0 268

O YouTube facilita a personalização do seu canal com logos, imagens e elementos de design que se estendam de sua marca.

Segundo, não subestime a importância de usar palavras-chave para sobrecarregar sua identidade de marca.

Dentro dos próximos dois anos, vídeos irão contar como 80% de tráfego de Internet de consumidores.

80%.

As palavras-chave certas reforçam sua marca e ajudam os consumidores certos a encontrar você em canais de vídeo como o YouTube.

Se você fizer certo, não demora muito para encontrar essas palavras-chave.

Se está apenas começando, tente uma ferramenta gratuita de busca de palavras-chave como a Ubersuggest. Veja como funciona:

pasted image 0 275

Inserindo um termo de busca simples como “marketing b2b”, recebo uma lista impressionante com 267 palavras-chave entre as quais escolher:

pasted image 0 294

O Ubersuggest permite que você facilmente refina a partir daí para encontrar a lista certa de palavras-chave para a sua marca:

pasted image 0 297

Agora que você encontrou sua identidade de marca e as palavras-chave certas para apoiá-la, é hora de pensar em conteúdo.

2. Encontre um ritmo de conteúdo

Não subestime a importância de postar regularmente.

Se você não posta com frequência suficiente ou posta de modo muito aleatório, sua audiência irá perder o interesse rapidamente e se esquecer de você.

Primeiro, você precisa determinar seus objetivos de marketing de conteúdo.

É construir uma lista de email? Levar clientes até o seu site de e-commerce?

Identifique os seus dois ou três objetivos principais para ajudar a aprimorar a estratégia certa.

Não consigo enfatizar o suficiente a importância deste passo.

72% dos profissionais de marketing de conteúdo creditam o desenvolvimento de uma estratégia de conteúdo como fator chave no sucesso geral de sua empresa.

pasted image 0 288

Depois, identifique seus maiores desafios. O que está te impedindo de vencer com marketing de conteúdo?

Para ajudar no brainstorm, aqui estão alguns dos principais desafios segundo profissionais de marketing de conteúdo. Você se vê aqui?

pasted image 0 282

Não se desespere.

Simplesmente aborde um desafio por vez. Reconhecer o que deve ser corrigido é meio caminho andado.

Por exemplo, se o seu principal desafio é produzir conteúdo o suficiente, tente criar alguns modelos ou processos repetitivos para te ajudar a gerar mais posts sem tanta dificuldade.

Uma vez que tiver abordado e reconhecido seus desafios, é hora de colocar as mãos na massa.

Você tem um banco com conteúdo excelente.

Tem as palavras-chave certas.

Então quando é a melhor hora para postar para garantir que o seu conteúdo não acabe em um buraco negro?

Obviamente, você deve postar quando o tráfico online estiver em seu nível mais alto. Veja essas estatísticas:

pasted image 0 285

Como você pode ver, o tráfego normalmente é mais alto mais no fim da semana e no final de semana.

Entretanto, considere sua audiência. Quando é mais provável que ela esteja livre e disponível para assistir seu conteúdo?

Se você não tem certeza de como encontrar as melhores horas de postagem para a sua marca, pode usar uma ferramenta grátis como a YouTube Analytics. Veja como usá-la:

pasted image 0 276

3. Construa uma base de seguidores

O seu objetivo principal é gerar tráfego que converta em mais vendas, mas não pode fazer isso sem uma audiência.

Quanto mais inscritos tiver, mais visualizações e compartilhamentos terá. Quanto maior a audiência, maior a credibilidade e consciência de marca.

A “popularidade” do YouTube envolve muitas coisas.

Para ter sucesso, você irá precisar entender a persona que está tentando alcançar.

Em vez de tentar acertar todos os públicos do universo do Youtube cegamente, se conecte com a audiência certa logo no início.

O número de inscritos irá seguir automaticamente.

Dê uma olhada neste exemplo do cuidados faciais da Banish.

pasted image 0 284

Daisy Jing, a CEO da Banish, percebeu que ela precisava criar uma conexão autêntica com os espectadores que estavam enfrentando o mesmo problema que ela estava tentando resolver: acne.

Ela não postou um vídeo de marketing chamativo. Em vez disso, ela se conectou com seus espectadores do modo mais vulnerável e aberto possível – e funcionou.

A Banish já gerou mais de $3 milhões em lucros apenas com inscritos do YouTube.

Uma vez que tiver construído uma base de seguidores, sua próxima tarefa é manter eles interessados em sua marca.

4. Crie vídeos de como-fazer

Será que vídeos de como-fazer realmente conseguem gerar lucro? Sem dúvida.

50% dos inscritos do YouTube entre as idades de 18-34 dizem que parariam o que estivessem fazendo para assistir a um novo vídeo de um de seus canais ou marcas preferidos.

pasted image 0 271

Então como você lucra com essa fidelidade no mundo do e-commerce?

É simples: ensine outras pessoas como usar o seu produto.

Os resultados falam por si mesmos.

Até 85% dos consumidores possuem mais probabilidade de comprar um produto após assistir um vídeo sobre ele.

E até 58% dos consumidores dizem que empresas com vídeos sobre produtos são mais confiáveis do que as que não tem.

Vídeos de como-fazer frequentemente são chamados de “vídeos explicativos” porque explicam (idealmente em dois minutos ou menos) o que sua marca representa ou como usar seu produto.

Dê uma olhada nestes 17 exemplos de sites de e-commerce que dominaram a arte de vídeos de como-fazer e de demonstrações de produto.

Uma vez que pegar o jeito de criar vídeos sobre como-fazer e já ter produzido vários, tente colocar eles em uma playlist em seu canal do YouTube como eu fiz em meu canal.

pasted image 0 274

Isso te promove como expert com toneladas de ótimo conteúdo e torna a experiência do usuário mais fácil para os seus espectadores.

Conforme sua marca cresce, você pode aproveitar vídeos que você nem mesmo criou para atrair clientes ao seu site de e-commerce.

5. Aproveite avaliações de produto

Avaliações autênticas e honestas de produto constroem credibilidade.

Na verdade, 84% dos consumidores confiam em avaliações de produto tanto quanto confiam na recomendação de um amigo ou familiar.

Qual é a receita para um vídeo excelente de avaliação de produto?

Primeiro de tudo, mostra aos consumidores por quê eles precisam do seu produto e como ele vai melhorar suas vidas. As melhores avaliações de produto focam em soluções – não em vender.

67% dos espectadores do YouTube assistem vídeos de avaliação informativa de produtos para ajudar com uma decisão de compra.

pasted image 0 281

Dê uma olhada nestes ótimos avaliadores de produtos do YouTube como inspiração.

pasted image 0 286

Cada um tem milhares, se não milhões de inscritos se conectando para ouvi-los avaliar produtos e falar sobre as marcas que gostam.

Por que eles são tão populares?

Todos eles seguem uma fórmula: educação, storytelling e recomendação – todos centrados em torno de uma marca ou produto que estejam dispostos a promover.

Se você estiver pronto para se engajar com influenciadores do YouTube para que avaliem seus produtos, tenha a certeza de fazer algumas pesquisas no início para encontrar influenciadores compatíveis com sua marca.

Se estiver vendendo produtos para aventureiros, um influenciador do YouTube que avalia moda de alta costura provavelmente não se conectará com sua audiência.

Existem ferramentas, como o Social Bluebook, para ajudar você a se conectar aos canais certos.

Ele te mostra métricas chave de canais de influenciadores, incluindo informações sobre seguidores e notas de engajamento.

pasted image 0 295

Agora que você sabe como usar avaliações de produtos a seu favor e as vendas estão decolando, você deve criar algo interessante para que sua base de clientes se mantenha engajada e posicionar a si mesmo para vendas repetidas.

6. Poste um FAQ de produto

Um modo simples de apresentar sua marca às pessoas é criando um FAQ curto (5-10 perguntas) sobre os seus produtos ou serviços.

Se os clientes tiverem que se esforçar demais para aprender sobre o seu produto ou como usar ele, eles nunca irão comprar de você novamente.

Respondendo perguntas frequentes antes que elas sejam até mesmo perguntadas, você está abordando objeções e preocupações em potencial de compradores.

Isso cria o caminho para consumidores satisfeitos e vendas futuras.

Algumas coisas para ter em mente:

Todos os vídeos, incluindo FAQs, funcionam melhor se forem curtos (30 segundos ou menos é melhor).

pasted image 0 278

Espectadores retém 95% do que veem em um vídeo, comparado a 10% do que leem.

FAQs são um modo simples de abordar questões frequentes do suporte ao consumidor no futuro para que seu time de suporte fique livre para tratar de assuntos mais complexos.

Clientes mais satisfeitos que sentem que você se importa em resolver os problemas deles são mais prováveis de comprar de você novamente.

Conforme planeja seus vídeos de FAQ, teste uma ferramenta gratuita como a TubeBuddy para fazer uns testes A/B em suas miniaturas de vídeo, duração e taxas de visualização.

pasted image 0 292

Você está entrando em seu ritmo do YouTube e começando a deixar sua marca famosa.

É hora de capitalizar a partir dessa popularidade pela qual trabalhou tanto.

7. Faça promoção em parceria com outros canais

Promoção em parceria é um dos jeitos mais rápidos de fazer seu canal do YouTube crescer.

Ao trabalhar com um canal estabelecido para promover seu próprio conteúdo, você consegue dobrar a visibilidade e aumentar muito sua credibilidade.

Pense sobre isso.

Se 500 horas de vídeos do YouTube são postados a cada 60 segundos, você deve estar em destaque no maior número possível destes vídeos , certo?

pasted image 0 289

Um modo fácil de começar é adicionar links para outros canais em suas telas finais e comentários e pedir a esses canais para fazer o mesmo por você.

Veja a Samsung, por exemplo. Eles fizeram parceria com o canal influenciador do YouTube Unbox Therapy para promover o novo monitor para jogos da Samsung.

pasted image 0 279

Um simples vídeo de unboxing conseguiu mais de 130,000 curtidas, 20,700 comentários e 3.6 milhões de visualizações.

Similar a avaliações de produtos, promoções em parceria enfatizam recursos e funcionalidade de seus produtos.

Qual é a diferença?

A promoção em parceria requer um pouco de “quid pro quo“. Canais que ativamente fazem promoções em parceria de marca esperam que você faça o mesmo por eles.

É por isto que é crucial fazer algumas pesquisas para garantir que você esteja contatando os canais certos. Do contrário, os seus vídeos irão parecer tentativas de venda baratas.

Pior ainda, você vai estar preso promovendo de volta canais que não tem nada a ver com sua marca.

Por outro lado, você deve se posicionar de modo inteligente para atrair os canais certos que queiram fazer promoção em parceria com você.

Para evitar quaisquer erros, utilize uma ferramenta como a Social Blade para dar uma olhada em outros canais em seu nicho.

pasted image 0 273

Uma vez que tiver dominado a promoção em parceria, o que vem a seguir?

Bom, todo o ótimo conteúdo e excelente promoção em parceria do mundo serão jogados fora se você não disser aos seus espectadores o que você quer que eles façam.

8. Não esqueça do seu CTA

Não assuma que os seus espectadores saibam o que você quer. Dê direções claras a eles.

Calls-to-action específicos influenciam o comportamento de espectador.

Quer que eles visitem sua loja? Baixem conteúdo? Se inscrevam? Comprem seu produto?

Diga a eles.

pasted image 0 293

Não tenha medo de experimentar com jeitos diferentes de incluir um CTA convincente em seus vídeos do YouTube.

Se o seu vídeo tiver pelo menos 25 segundos de duração, tente usar uma tela finalcomo essa:

pasted image 0 270

Uma tela final é basicamente um grande alvo onde seus espectadores podem clicar.

Mantém eles engajados com seu conteúdo e os leva em um caminho de informação que você cria.

Os cards são outra ferramenta para complementar os seus CTAs do YouTube.

Eles são exatamente o que parecem – caixas pré-formatadas ou “cards” que aparecem em seu vídeo como esse da Content Sparks:

pasted image 0 296

Você pode inserí-los em qualquer lugar em seu vídeo (começo, meio, fim) e usar qualquer tipo de CTA que quiser.

Creator Academy possui um vídeo de como-fazer excelente para ajudar você a configurar os cards em seus vídeos.

pasted image 0 291

Ainda não tem certeza se você deve melhorar seus CTAs?

O YouTube possui uma taxa de conversão de 1.16% para canais que pedem para os espectadores agirem.

pasted image 0 287

No espaço do YouTube para e-commerce mega competitivo, cada conversão conta.

9. Promova seu conteúdo

Não dependa de seus clientes em potencial para que encontrem seu canal por eles mesmos.

Você gastou diversas horas criando conteúdo e refinando seu canal. É hora de chamar atenção para o seu conteúdo.

Um modo simples de aumentar seu alcance é promovendo o seu canal do YouTube em outros meios.

Tente inserir um link para o seu canal em um email, ou incluir um link para um vídeo do YouTube em seu último blog post.

Você é o melhor defensor da sua marca. Use o seu conteúdo em vantagem própria.

Veja este exemplo do meu blog:

pasted image 0 280

Eu direciono os visitantes de volta ao meu conteúdo de quatro maneiras diferentes, diretamente de minha home page.

E você notou meu vídeo antes nesse post?

Eu tenho quase 88,000 inscritos no YouTube porque busco por oportunidades de ser inclusivo.

Mais cedo nesse artigo nós falamos sobre como são necessárias de 5-7 impressões de marca para que um consumidor se lembre de você, lembra?

Seguindo esta lógica, faz sentido que campanhas que integrem quatro canais digitais ou mais tenham um desempenho melhor do que campanhas sem parceria ou apenas entre dois canais em 300%.

Se quiser fazer um teste com alguns canais, escolha um e avalie o seu progresso.

Veja o email, por exemplo. Ele é quase 40 vezes melhor em conseguir novos clientes do que o Facebook e Twitter.

Comece a incluir alguns links do YouTube em suas newsletters de email e então analise suas taxas de inscrição e visualizações para ver como está indo.

Após ter dominado a dupla email/YouTube, escolha outro canal e comece o processo de promoção novamente.

Conclusão

Menos de 10% dos pequenos negócios o utilizam, e ainda assim o YouTube é uma das plataformas de mídia social mais poderosas que existe.

Ele alcança audiências em todo o mundo, e é acessível a qualquer organização, independente da indústria.

Se você não está aproveitando o mercado de mais de um bilhão de usuários do YouTube, está perdendo a oportunidade.

Enquanto é verdade que o YouTube está super saturado com criadores de conteúdo e canais, também nunca foi mais fácil de levar seu conteúdo até a audiência certa se você se dedicar um pouco.

Aproveite as ferramentas que o YouTube disponibiliza para você gratuitamente. Comece customizando seu canal para criar impressões de marca duradouras.

Uma vez que tiver criado conteúdo atraente, faça com que a audiência certa o veja através de vídeos explicativos, avaliações de produtos e promoções em parceria inteligentes.

Ao incorporar o branding certo, calls-to-action convincentes e um fluxo de conteúdo consistente, você irá separar sua marca da multidão e começar a ver leads geradores de lucro para o seu site e-commerce.

Quais são alguns dos modos que você usa o YouTube para gerar negócios para o seu site e-commerce?

Fonte: https://neilpatel.com/br/blog/youtube-para-e-commerce/

Comentários

comentários

Tiago Curcio
Tiago Curcio
É Coach e empreendedor nas áreas de saúde e tecnologia. Especialista em Inteligência de Negócios e em Programação Neurolinguística (PNL), adora pedalar e ficar com a família.

Os comentários estão encerrados.

Orçamento